Saiba o que um cachorro sente quando os donos saem de casa

Cão esperando seus donos

Alguma vez você já se perguntou o que acontece com o seu cão quando ele fica sozinho em casa? Se você não tem uma resposta para essa pergunta é porque, quando você volta, certamente, tudo está como você deixou. Nesse caso, é mais provável que o seu animal de estimação tenha ficado quieto, dormindo ou entretido com seus brinquedos.

No entanto, outras pessoas obtêm uma resposta rápida e direta e pensam logo nas várias destruições dos móveis, papéis, roupas, etc. Inclusive com urina e fezes encontrados nos lugares mais improváveis e, geralmente, os vizinhos comentam que o cão passou um bom tempo latindo.

Certamente, estes animais estão sofrendo de ansiedade de separação, um distúrbio que atinge 18% dos cães.

Evidências do que um cachorro sente quando os donos saem de casa

Bulldog em casa

Em um artigo publicado no Journal of Veterinary Behaviour, foi divulgado o trabalho de um grupo de cientistas que gravaram imagens de 30 cães de diferentes idades, enquanto eles estavam sozinhos durante aproximadamente 90 minutos.

Então, eles descobriram que os animais que não tinham tido sintomas anteriores de ansiedade de separação mostraram um comportamento passivo, de descanso ou sono durante a maior parte do tempo.

Outros comportamentos menos comuns foram as brincadeiras e atenção ao ambiente ao redor – e em muito menor grau – ocorreram gemidos, uivos ou latidos.

Por outro lado, um estudo realizado por especialistas da Universidade de Bristol, na Inglaterra, mostrou que 85% dos animais que foram deixados sozinhos nas casas passaram por algum distúrbio. Desde ansiedade de separação a um aumento no cortisol no sangue, um hormônio do estresse.

Nos últimos meses, ficou popular um vídeo postado no YouTube no final do ano passado e que já registrou mais de 17 milhões de acessos. O vídeo mostra a angústia sofrida por um cão quando foi deixado sozinho na casa.

O animal uiva de forma devastadora ao olhar pela janela enquanto o dono se afastava, ele acaba indo para a cama do dono, sem parar de chorar, procurando o cheiro de seu criador, para conseguir um pouco de calma.

As imagens foram obtidas através de uma câmera colocada na coleira do cão, já que o dono queria saber o que acontecia de errado com seu animal de estimação quando ficava sozinho. Ao visualizar a gravação, o dono do cão disse que parecia a coisa mais triste que ele já tinha visto em sua vida. Ele acrescentou: “Eu não posso deixá-lo sozinho novamente.”

A verdade é que o ritmo da vida moderna nos leva a ficar cada vez mais tempo longe de casa por várias razões, tendo que deixar, inevitavelmente, nossos animais de estimação sozinhos. É nessa fase que alguns deles começam a sofrer de ansiedade de separação.

nós não podemos nos aprisionar ao lado dos animais de estimação pela culpa que sentimos, tampouco é uma opção válida abandoná-lo ou entregá-lo em um abrigo, como acontece em alguns casos, diante dos danos que eles provocam em nossa casa.

Dicas para a hora em que deixar o seu cachorro sozinho

Cão em casa

Se o seu animal de estimação faz parte do grupo que não suporta ficar sozinho, consulte o veterinário com urgência. Ele irá dizer quais os passos você deve seguir e, se necessário, vai receitar algum tipo de medicação.

O importante, em todo caso, será começar a buscar uma forma para que seu companheiro sofra menos. Para isso, é importante adotar medidas como:

  • Mude sua rotina diária, para não associar certas ações com sua saída;
  • Leve seu animal para passear para que ele possa relaxar e se cansar durante o dia;
  • Proporcione brincadeiras para distraí-lo;
  • Ponha uma música suave para que ele se sinta acompanhado;
  • Embora possa parecer insensível, ignore seu cão quando você sair e quando você chegar em casa; só assim você vai diminuir a ansiedade e excitação do animal;
  • Acaricie e dê carinho somente quando ele se acalmar.

Leve em conta que, ensinar um cão a ficar sozinho em casa, é um processo que leva tempo e perseverança. Você deve ter muita paciência e tolerância, ignorando seus erros e recompensado com carícias e prêmios cada progresso alcançado em direção a esse objetivo.

Então, certamente você poderá sair de casa sem se preocupar com a ansiedade que isso causará no seu animal.