Saiba tudo sobre os chihuahuas

chihuahuas

O chihuahua é uma dessas raças que ou você ama ou odeia. Entretanto, são poucas as pessoas que podem resistir a seus encantos e evitar abrir um sorriso quando veem um pela rua. Hoje vamos contar mais sobre esta raça, tanto física como interiormente. É certo que você se apaixonará pelos chihuahuas!

Origem dos chihuahuas

Embora o assunto da origem desta raça ainda não esteja muito bem definido, tudo parece indicar que eles provêm do México e que seus antecessores são os Techichi, cães criados pelos indígenas mexicanos centenas de anos atrás. Você sabia que há um Estado chamado Chihuahua no México?

Pois bem, perto do século XX, os habitantes de um povo pertencente a este Estado começaram a vender estes cães que, na verdade, saíram de uma mistura dos Techichi, e os venderam como se fossem a mais antiga representação destes cães com traços astecas.

Isto pareceu a agradar os viajantes americanos, que logo começaram a chamá-los de chihuahuas, devido a sua procedência.

Características

movimentos-de-cauda-do-cao-chihuahua

A característica mais conhecida destes simpáticos cães é sem dúvida seu tamanho. São pequenos, mas musculosos e suas patas são magras, porém fortes. Sua cabeça é redonda, algumas vezes extremamente grande em relação a seu corpo.

Eles podem ser encontrados virtualmente em quase todas as cores: branco, preto, marrom chocolate, dourado…

Personalidade

Há quem acredite que os chihuahuas têm uma personalidade difícil, mas o certo é que não há nada mais longe da realidade. O chihuahua é um cão muito carinhoso e sociável, se desde pequeno o dono o educar para isso.

Sua personalidade dependerá da família humana e do ambiente que o rodeia. Embora apesar de que possa vir a ser amoroso, o chihuahua é conhecido por ser teimoso e fazer sempre o que quer. É muito observador e se separará de tudo aquilo de que não gosta. Estar com outros chihuahuas é algo que ele irá adorar.

Cuidados especiais

São muitas as coisas que se falam sobre os chihuahuas quanto a seus cuidados. Ideias como as que eles têm o estômago delicado e alguns outros mitos que, pouco a pouco, a gente foi acreditando.

Porém, um chihuahua não necessita de mais cuidados do que o de um cão normal. Gosta de correr, brincar e de um pouco de ar livre, mas é um cão que se adapta muito bem ao interior do lar. Apenas se deve tomar cuidado de não mimá-lo em excesso, pois ele poderá se tornar malcriado e implicante. De resto, é só desfrutar da companhia de seu chihuahua!

Conselhos para comprar um chihuahua

Você já sabe que somos a favor da adoção, mas infelizmente os cães de raça, como é o caso dos chihuahuas, se transformaram em um lucrativo negócio, por isso será muito difícil que você possa vir a adotar um, você terá que comprá-lo.

Antes de comprá-lo, leve em conta vários fatores, especialmente se você fizer a aquisição pela Internet, algo que não lhe recomendamos, pois o amor à primeira vista com seu pet surge cara a cara e não pelo computador.

Se fizer a compra pela Internet, considere o seguinte:

os-chihuahuas-tremem

  • Comportamento do vendedor. Não considere apenas o preço, leve em conta se o vendedor está disposto a fazer um acompanhamento, isso lhe dará garantias de que o cão realmente está bem.
  • Visite fóruns e o que eles dizem a respeito desse criador.
  • Assegure-se de que o lugar é legal e, portanto, que os filhotes têm todo o necessário e obrigatório para serem vendidos.
  • Tente ter provas de que eles não têm doenças hereditárias.
  • Assegure-se de que não terá o seu filhote entregue antes de dois meses de vida, pois esse é o tempo que ele deve passar com sua mãe.

Se o comprarem em uma loja, estas lojas normalmente não têm problemas legais, por isso o primordial será ver qual o chihuahua que mais lhe atrai. O importante neste caso é o imprinting, quer dizer, estar seguro de que o cão recebeu um bom processo de socialização com outros cães e pessoas.

Isto você notará em sua forma de agir quando você se aproximar, pois um cão que não tem bom imprinting se mostrará tímido e assustado. Não pense que por vê-lo tranquilo ele será um filhote melhor. Um filhote deve ser amigável, ágil e inquieto, pois não deixa de ser um bebê.