Salve o seu cachorro! Não o solte da coleira!

Um erro crasso cometido quando se está educando um cachorro, é acreditar que ele tem autodeterminação suficiente para permanecer ao seu lado, enquanto você o leva passear pela rua. Os cachorros são predadores e seu instinto é imprevisível, mesmo tratando-se de cachorros bem educados, por isso é melhor que você escute os conselhos e não o solte da coleira.  

A coleira dá controle

perro con correa 2

Os cachorros são predadores e irão correr atrás de uma presa em qualquer oportunidade. Embora seja mais fácil controlar os cachorros que receberam adestramento, não significa que isso é uma garantia. Na rua, os animais têm muitos estímulos diante dos quais podem reagir de forma inadequada e, se você não o levar na coleira, não terá como controlá-lo, ou pelo menos não no exato momento em que a situação requer. Abaixo estão listados alguns destes estímulos:

Outros animais: Um dos principais motivos de perda de animais de estimação é que, ao levá-los para passear, correm atrás de outro animal e o dono não os pode alcançar. Isto também provoca a quase totalidade das brigas entre os animais de estimação e também é causa de brigas entre vizinhos.

– Pessoas: Tem-se reportado um importante número de ataques a pessoas, em especial a crianças, por parte de cachorros que estavam na rua sem supervisão, especialmente aqueles bem socializados. Geralmente, as crianças são mais invasivas e não têm tanta experiência analisando a linguagem corporal de um cachorro. Um incidente deste tipo pode acarretar muitos problemas legais e, até mesmo, a morte de seu animal de estimação.

– Bicicletas, motos e carros: Os veículos são uma grande tentação para os cachorros, e isto é potencializado conforme a raça. Por exemplo, uma causa comum de morte em cachorros pastores (Border Collie, Pastor Alemão e Pastor Ovelheiro) é o atropelamento. Os cães que foram domesticados para o pastoreio têm um forte instinto de perseguir as coisas e, nas cidades, perseguirão carros, sendo esta uma atividade muito perigosa para eles.

Barulho: Há cachorros muito nervosos e com uma capacidade auditiva muito mais desenvolvida que a nossa, é normal que os cachorros reajam mal diante deste estímulo. A buzina dos veículos, os caminhões, os gritos ou a pirotecnia são coisas que podem assustá-los e fazer com que saiam correndo.

Alguns conselhos

perro corriendo

Como você pode ver, é possível evitar muita coisa sendo responsável e tendo o controle do seu animal de estimação, utilizando a coleira em todos os momentos. Além disso, um aspecto que você deverá ter em conta é o legal.

A legislação dos países varia muito neste aspecto e, embora existam algumas mais flexíveis, há outras que trazem seções dedicadas à guarda responsável dos animais de estimação, que variam desde simples normas de convivência, até códigos que regulam os aspectos relacionados à qualidade de vida que os animais devem ter.

Um dos elementos sobre os quais se exerce mais controle é precisamente o uso da coleira e, dependendo da raça, o uso da focinheira. Basicamente o que se pretende através desta normativa é evitar muitos dos conflitos oriundos de deixar os cachorros soltos. 

Se você deseja ver seu cachorro correr livremente – e isto não é ruim! – procure uma grande zona verde, não um parque pequeno, mas de preferência um que esteja fechado para que não tenha por onde escapar.

Existem lugares, especialmente em cidades densamente povoadas, que cumprem com estas características, mas primeiramente assegure-se que seu cachorro está bem socializado, não corra o risco de deixar sem coleira um cachorro com problemas de agressividade.  

Além disso, tenha em conta que, durante os passeios, o centro de atenção de seu animal de estimação deve ser você. Leve uma bolinha ou brinquedo e alguns lanchinhos, assim você poderá brincar com ele mantendo-o focado em você, ou seja, se estiver concentrado, não terá a tentação de sair correndo atrás de algo ou alguém.

Você também deverá acostumá-lo a caminhar com você sem remover a coleira, este simples exercício reduzirá os níveis de ansiedade e o impulso de sair correndo atrás da primeira coisa que veja se mover.

Lembre-se de que seu cachorro necessita de treinamento, um cachorro que responda as suas ordens facilitará muito as coisas durante os passeios.