A saúde cardiovascular e os benefícios de se ter um cão

Cães e saúde cardiovascular

Sabia que ter um cão pode beneficiar sua saúde cardiovascular? Segundo cientistas, ser dono de um animal, especialmente um cão, pode reduzir o risco de um ataque cardíaco e acidente cerebrovascular; já que as pessoas com cães realizam maior atividade física, apresentam ótimos níveis de colesterol, pressão arterial e uma menor incidência de obesidade.

Mas isso não é tudo. Em um nível emocional, ser dono de um animal pode diminuir a depressão, o estresse e a ansiedade.

Diminui o estresse

Mulher brincando com cachorro

Em um estudo realizado, pesquisadores descobriram que quando se realiza uma tarefa estressante, as pessoas experimentaram menos estresse quando seus animais estavam com eles, do que quando um cônjuge, um familiar ou amigo íntimo estava perto.

Do mesmo modo, passar algum tempo com um animal de estimação aumenta o nível do hormônio oxitocina, frequentemente referido como o “hormônio do amor”, um neurotransmissor que aumenta a confiança e reduz o medo.

Reduz a pressão arterial

Ter um cão tem o potencial de melhorar a saúde cardiovascular em geral, reduzindo a pressão arterial, especialmente em pacientes hipertensos ou de alto risco, já que emocionalmente estar em contato com um animal reduz os níveis de estresse, um dos muitos fatores que podem disparar os níveis de pressão arterial.

Alivia a dor

Acredite ou não, os cães podem ser o melhor remédio, especialmente quando uma pessoa está tratando de dor crônica, como enxaquecas ou artrite. Ser dono de animal reduz a ansiedade. Quanto menos ansiedade, menos dor.

Diminui o colesterol

Outro resultado saudável para o coração é reduzir o colesterol. As pessoas que possuem cães – e os homens, em particular – têm níveis de colesterol e triglicérides significativamente mais baixos o que os que não têm animais de estimação. E não é para menos.

Os cães necessitam de exercício e, para muitos de nós, passear com o cão é uma parte importante de nossa própria rotina de exercícios, o que faz com que os donos de cães sejam menos sedentários e mais ativos.

Para aproveitar o benefício físico e mental, realize pelo menos 30 minutos de caminhada a pé ou duas caminhadas rápidas de 15 minutos, por dia.

Melhora o estado de ânimo

As pessoas que têm cães, além de terem uma melhor saúde cardiovascular, também gozam de um melhor estado de humor do que aquelas que não têm animais. Encontram-se menos deprimidas e costumam ser mais alegres. Os cães são um grande consolo. Eles fazem com que nos sintamos mais felizes, mais tranquilos e mais amados, tudo o que conduz a uma melhor saúde em geral.

É por isso que muitas vezes os cães são utilizados em terapias para tratar transtornos de estresse pós-traumático, já que ser dono de um animal não só significa assumir certas responsabilidades, mas eles também são uma fonte de carinho e de atenção.

Ajuda as pessoas a se socializarem

Embora possa parecer um pouco contraditório, ser dono de um cão, na verdade aumenta as oportunidades de uma pessoa de se socializar. Quando saímos para passear com um cão, segundo os estudos, aumentamos a socialização com as pessoas e muitas vezes melhoramos a percepção que alguns vizinhos do bairro têm de nós, já que uma pessoa que passeia com um cão está acostumada a ser vista como mais amigável.

A próxima vez que você for com o seu amigo de quatro patas em um parque para cães, lembre-se que você não está só matando o tempo, você também está melhorando sua saúde.

Previne as alergias e melhora a imunidade

Ser donos de cães pode melhorar a imunidade e prevenir as alergias. As crianças que crescem em fazendas e ao redor dos animais, não têm alergias. Portanto, não tenha dúvidas e dê de presente um animal para o seu filho ou para a sua filha.

Ajuda as crianças a se desenvolverem

Bebê e cachorro

As crianças que crescem em um lar com animais de estimação, como os cães, beneficiam-se de inumeráveis maneiras, especialmente em seu desenvolvimento emocional. Quando um menino ou uma menina são donos de um cão, aprendem a se expressar de muitas maneiras e a se relacionam muito melhor.

Os animais também são enormemente benéficos para as crianças que sofrem de transtorno de autismo, déficit de atenção e hiperatividade. Para quem tem este transtorno estar aos cuidados de um pet melhora suas responsabilidades.

Também, nas crianças autistas, a experiência sensorial da celebração e de acariciar um cão, poderá ser muito reconfortante.