Setter inglês, características e cuidados

Setter inglês

O Setter inglês é uma raça de cães de caça, que deve seu nome precisamente à maneira como pega suas presas. Esta é uma raça muito antiga, embora atualmente seja mais comum encontrá-lo nos lares do que como cão de caça.

Este cão, se tiver uma boa estimulação física que lhe ajude a reduzir os níveis de energia, costuma se adaptar bem a espaços reduzidos, além de ser muito bom com os proprietários novatos.

Como cão de família, ele se caracteriza por ser confiável, muito amigável, bom com outros cães (embora lembre-se de que neste fato incide fortemente a socialização), embora não seja considerado um bom guardião, porque costuma confiar muito nas pessoas, inclusive nos desconhecidos.

Características

Características do Setter inglês

Os Setter são cães de tamanho mediano, chegando a pesar entre 20 e 36 quilos. Os machos tendem a ser um pouco maiores do que as fêmeas, e têm uma expectativa de vida que varia entre os 11 e os 15 anos.

Esta raça é muito enérgica, e por isso serão perfeitos para uma família ativa ou para um dono jovem, ainda que seja necessário cuidar de animais menores, pois seu forte instinto caçador fará com que ele queira perseguir gatos e roedores.

É um cão inteligente e ágil, e é fácil de treinar se a sua energia for superada e se o treinador tiver um pouco de paciência.

Não é tão alegre quanto o Setter irlandês nem tão distante com os desconhecidos como o Gordon Setter. Em termos gerais, pode-se dizer que é uma raça gentil, amável e afetuosa, dedicada à sua família, sociável com os desconhecidos, e se dá muito bem com crianças.

Em espaços fechados eles podem permanecer tranquilos, mas fora deles eles gostam de correr e brincar com outros cães e pessoas. Uma corrida diária, uma brincadeira sem coleira em uma área protegida, ou uma caminhada enérgica em um parque ou em um local de vida selvagem próximo são simplesmente o ápice da felicidade para estes cães.

Adestramento

Embora ele costume ser carinhoso e sensível, o Setter inglês pode ser um pouco teimoso. Para balancear esta tendência, deve-se ter um adestramento amável mas firme desde a primeira etapa de vida do filhote, e estabelecer limites para que ele saiba exatamente o que você espera dele. Isso fará com que a sua convivência com este cão seja perfeita.

Evite as técnicas de adestramento muito duras. Uma colher de açúcar como forma de prêmio ou um presente quando ele fizer algo que você goste funcionarão muito melhor do que uma voz irritada.

Ele tem tendência a tomar decisões independentes, pois foi criado durante séculos para trabalhar a distância do caçador. Isso significa que é preciso encontrar maneiras interessantes para prender a sua atenção.

Cuidados

Devido ao fato de que são muito atléticos, eles se destacam em atividades tais como a agilidade e a obediência. Também podem ser treinados como cães de terapia, com a sua disposição tolerante e o amor das pessoas.

Os Setter ingleses são geralmente saudáveis, mas como todas as raças, são propensos a certos problemas de saúde. Nem todos os Setters irão desenvolver alguma ou todas estas doenças, mas sempre é bom ficar atento à sua saúde. Aqui iremos apresentar as principais doenças que eles podem desenvolver.

Displasia de quadril

Esta é uma condição hereditária na qual o osso da coxa não se encaixa perfeitamente à articulação do quadril. Alguns cães mostram ter dor e podem coxear em uma ou ambas as pernas traseiras, mas é possível que não apresentem nenhum sintoma de mal-estar.

Apesar do fato de que a maioria dos casos de displasia de quadril é hereditária, ela também pode ocorrer por fatores ambientais, tais como o rápido crescimento provocado por uma dieta alta em calorias ou lesões ocorridas ao pular ou cair.

Hipotireoidismo

Setter inglês

O hipotireoidismo se deve a um nível anormalmente baixo de hormônios produzidos pela glândula da tireoide. Um sinal leve da doença pode ser a infertilidade. Os sinais mais evidentes são a obesidade, lentidão mental, níveis baixos de energia, pálpebras caídas, e ciclos de calor irregulares.

A pelagem do cão se torna áspera, quebradiça, e começa a cair, enquanto a pele se torna dura e escura. O hipotiroidismo pode ser tratado com medicação diária, que deve continuar durante toda a vida do cachorro. Um cão que recebe tratamento para a tireoide diariamente pode viver uma vida plena e feliz.

Surdez

A surdez é bastante comum e pode representar muitos desafios, tanto para o cão quanto para o seu dono. Algumas formas de surdez e a perda de audição podem ser tratadas com medicamentos e cirurgia, mas no geral, ela não pode ser curada. A paciência e o tempo são necessários para um cão surdo, e há muitas maneiras de ajudá-lo no mercado, como coleiras vibrantes, para tornar a vida mais fácil tanto para você quanto para ele.

No geral, esta raça é fácil de cuidar, por isso são tão bons para donos principiantes. Eles só precisam de uma dieta apropriada para as suas etapas de desenvolvimento, atenção veterinária constante, um trato afetuoso e muita atividade ao ar livre.

Imagens cortesia de Jan e Foggy Bummer.