Em seus pequenos corações, há espaço para grandes sentimentos

Os sentimentos dos cachorros

Ter um animal de estimação é ter um amigo, um companheiro de esportes, um consolo em suas lágrimas, um acompanhante em sua doença, alguém que o fará rir e o ensinará a amar. Muitas pessoas até costumam dizer a frase “Quando mais conheço as pessoas, mais amo os animais”

Ao contrário dos seres humanos, nossos animais de estimação não têm lugar em seus corações para sentimentos ruins como raiva, rancor ou egoísmo. Os seus pequenos corações estão cheios de bons sentimentos.

Certamente, vivendo em um mundo carente de amor e outras boas qualidades, é de se agradecer poder estar junto de alguém que, apesar de ter um dos menores corações, demonstra esse e outros bons sentimentos, mesmo sendo um apenas um animal.

Que sentimentos há em seus corações?

Generosidade

Criança beijando gato

Sim, já sei que você está pensando que seu cão não quer compartilhar nada com ninguém. Bem, é perfeitamente normal que ele não queira ver sua comida, sua água e seus brinquedos junto de outros cães ou desconhecidos. Você emprestaria o seu carro a alguém que não conhece? Claro que não! Mas quando foi que seu cão negou algo a você?

Além disso, generosidade não se trata apenas de bens materiais, mas de tempo, energia e tudo o que alguém tem em mãos que possa compartilhar com os outros. Não é isso que o seu animal de estimação faz com você? Claro que sim!

Empatia

Colocar-se no lugar de outra pessoa não é fácil. Não obstante, muitas pessoas têm a capacidade de fazê-lo. Os pequenos corações de nossos animais de estimação são perfeitamente capazes de desenvolver essa habilidade.

A empatia, porém, vai além de simplesmente sentir piedade ou imaginar como o outro se sente. Vem sempre acompanha de atitudes. É necessário desejar fazer algo para ajudar a essa pessoa. E é isso que o seu cão tem feito em todo esse tempo que vocês compartilham. Ele irá consolá-lo quando o vir chorar, sentará ao seu lado na cama quando estiver doente, dará pulos ao seu redor para fazê-lo rir quando estiver com raiva, ou pedirá carícias quando estiver estressado.

Perdão

Não importa como você tenha falado com ele, não importa se deu uma palmada por algo de mau que ele tenha feito ou se tenha dito para sair porque exigia sua atenção e você não estava com ânimo. Ele sempre atenderá ao seu chamado e tudo será esquecido em menos de um minuto. E você sabe por quê? Por amor.

Se eu tiver presentes, mas não tiver amor, de nada vale.

Se alimento a outros, mas não tenho amor, de nada me aproveitaria.

Se faço sacrifícios, mas não tenho amor, de nada serve.”

-Provérbio Bíblico Século I-

Amor

cachorro e pessoa

Sem dúvida, o amor é o maior dos sentimentos que os animais possuem em seus pequenos corações. Deveria ser o motor que move o mundo. Mas, infelizmente, foi deixado de lado em troca do dinheiro.

No entanto, os animais não entendem de moedas, notas ou ambições. Eles se preocupam apenas em corresponder ao amor que lhes é dado, agradecendo aos cuidados oferecidos, amando incondicionalmente até a morte, sua ou de seu dono.

Paciência

Você já notou a paciência que o seu cão demonstra quando está rodeado de crianças pequenas? Podem subir em cima dele, pegando seu rabo ou suas orelhas ou forçá-lo a abrir a boca, ele não faz nada, apenas deixa com que as crianças se divirtam. Eles podem passar horas ou noites inteiras sob o berço de um bebê, protegendo e cuidando dele.

Essas são algumas das demonstrações de bons sentimentos que os nossos animais de estimação carregam em seus corações. Sem dúvida, esta análise nos motiva a nos autoexaminarmos e pensar em desenvolvermos nós mesmos essas qualidades. Que triste saber que os animais têm esses sentimentos são belos em seus corações, enquanto que há pessoas incapazes de demonstrar nem que seja um dele