O que é a síndrome urológica felina?

Que a saúde é a coisa mais importante é uma grande verdade. Uma maneira de cuidar disso é reconhecer qualquer sinal de que alguma doença se aproxima para ser capaz de agir rapidamente.

Hoje, no Meus Animais, vamos falar de uma doença que acomete os gatos: A síndrome urológica felina. Tome nota!

A síndrome urológica felina

A síndrome urológica felina é a inflamação da uretra devido a uma cistite ou uma uretrite.

Seus principais sintomas são urinar frequente, com vestígios de sangue e, também, pode ocorrer uma obstrução total ou parcial da uretra do animal.

Como detectar a síndrome urológica felina

Gato na caixa de areia

A síndrome urológica felina não é algo de menos importância, portanto não devemos remediar, ela pode ser fatal para o nosso gato caso ele não receba um tratamento específico.

A melhor maneira de diagnosticar a doença é através da observação pelo dono de certos sinais de alarme que acometem o animal.

Por este motivo, não podemos rejeitar qualquer indicação que possa sugerir que algo não vai bem.

Pode ser que o animal mude o seu comportamento quando for urinar. Ele tem dificuldades para urinar, urina mais vezes do que o normal e, muitas vezes, fora do lugar de costume, também apresenta vestígios de sangue na urina.

Esta pode ser a prova de que o seu gato tem a síndrome urológica felina.

Também poderemos suspeitar que o nosso gato sofre dessa doença caso ele tenha vomitado, tornado-se apático e perdido a vontade de comer. Se isso acontecer, é de vital importância que prontamente o levemos ao veterinário para que ele possa avaliar o estado de saúde de nosso animal de estimação.

Fatores de risco para a síndrome urológica felina

Há algumas causas que tornam mais provável o surgimento da síndrome urológica felina:

Idade

Como acontece com tantas outras doenças, as possibilidades desta síndrome surgir, aumentam com a idade do gato.

Peso

A obesidade pode ser outro fator desencadeante.

Sexo

Embora seja verdade que a doença ocorre em ambos os sexos, mas por uma questão de anatomia, ela é mais frequente no sexo masculino e, além disso, apresenta mais complicações.

Dieta

Uma vez que a inflamação é o resultado da presença de cristais na urina, a forma como alimentamos o nosso gato pode ser decisiva. É mais provável que os gatos que comem muita comida e que ingerem pouco líquido sofram desta síndrome.

Como prevenir a síndrome urológica felina

Gato em fonte

Quando temos um gato, como qualquer outro animal de estimação, podemos desfrutar de uma série de benefícios provenientes da convivência com ele. Mas, como tudo nesta vida, isto vem com grandes responsabilidades.

Voluntariamente, decidimos adotar o animal e, ao mesmo tempo, concordamos em realizar todas as ações que implicam em atendê-lo da melhor forma possível.

Portanto, é essencial tomarmos os cuidados necessários para evitar que qualquer coisa prejudique o nosso amigo e, neste caso, a síndrome urológica felina. Portanto, temos que fornecer uma boa dieta para que não se acumule magnésio em sua dieta, que pode ser o problema.

Também é essencial ter um cuidado extremo no que tem a ver com higiene, sua caixa de areia deve ser limpa e nós temos que fazer um esforço para que ela se mantenha sempre limpa.

Não se esqueça que é necessário que os felinos urinem bastante e, por isso, é muito importante que eles bebam bastante água.

Neste ponto, temos que enfatizar que um excesso de alcalinidade na urina tem um impacto direto no surgimento da síndrome urológica felina. As causas podem ser variadas, desde o tipo de alimento até a quantidade de infecções causadas pelas bactérias.

O que fazer se o seu gato contrair a síndrome urológica felina

Pode ser que, apesar de todos os nossos esforços, o nosso animal desenvolva a doença. Neste caso, especialmente se o trato urinário estiver obstruído, o bichano não vai esvaziar sua bexiga, o que poderá ser um problema muito sério.

Se isso acontecer, é fundamental tomar medidas imediatamente e levar o gato ao veterinário, com urgência.

É normal que seja necessário que o animal passe alguns dias hospitalizado, já que ele terá que ser hidratado corretamente, restaurar seus níveis de sangue e eliminar qualquer cálculo que possa estar impedindo o fluxo da urina.

Mas ele, em breve, irá superar isso e novamente poderá desfrutar de um excelente estado de saúde, você vai ver.