Sintomas de envenenamento em cães

Sintomas de envenenamento em cães

Se o seu cão começar a apresentar um comportamento estranho e você observar sintomas de envenenamento em seu animal, é preciso atuar com rapidez.

Quando se trata de situações que ameaçam a vida, cada minuto é importante e todos queremos o mesmo, que seu animal de estimação viva! Assim, leia cuidadosamente o texto abaixo e esteja preparado caso seu cão esteja sofrendo.

No entanto, antes de continuar, se você chegou até este artigo porque acha que seu animal de estimação está envenenado, deixe de ler e ENTRE EM CONTATO COM O SEU VETERINÁRIO AGORA!

Os sintomas de envenenamento em cães

Cada um dos diferentes tipos de envenenamento que podem acometer os cães possuem, por sua vez, sintomas diferentes. Todos sabemos que nossos cachorros acabam comendo muitas coisas que não deveriam comer, por isso é nosso dever deixar os objetos perigosos longe deles. A seguir, vamos apresentar a você os diferentes tipos de sintomas associados ao envenenamento de um cão.

Batimentos cardíacos irregulares

Cães com batimentos cardíacos irregulares e outros sintomas cardíacos sem histórico anterior de problemas no coração podem ter consumido algum tipo de medicamento ou planta. Isso inclui estramônio (conhecida como trombeteira), flor-da-fortuna (kalanchoe), serralha, louro-da-montanha e oelandro.

Insuficiência renal

O envenenamento com anticongelante pode fazer com que seu cão sofra de insuficiência renal, assim como uma incapacidade de produzir urina. Algumas plantas também podem causar danos nos rins. Entre elas estão o comigo-ninguém-pode, o lírio da Páscoa, folha-de-prata, taioba e filodendro (cipó imbé).

Cachorro doente

Danos no fígado por envenenamento

Medicamentos como o paracetamol e plantas como a crotalária podem agredir o fígado dos animais. Tenha cuidado, pois estas plantas são muito comuns na decoração de interiores.

Hemorragias por envenenamento

Se o seu cão apresentar hematomas, sangue nas fezes, sangramento nasal ou anemia repentina, é muito provável que tenha consumido veneno de rato. No entanto, o consumo de produtos que podem ser facilmente encontrados em seu jardim ou em sua cozinha, podem gerar os mesmos sintomas. Comer cebola em excesso, alho, trevo ou samambaia podem fazer seu cão desenvolver anemia ou até mesmo morrer.

Sintomas neurológicos de envenenamento em cães

Os cães podem ter convulsões e outros sintomas neurológicos ao ingerir uma das seguintes substâncias (tenha em mente que a lista é muito grande, portanto incluímos apenas as principais e a dose varia de acordo com o nível de toxidade de cada elemento):

  • Antidepressivos;
  • Álcool;
  • Aspirina;
  • Produtos de limpeza;
  • Detergente;
  • Gasolina;
  • Maconha;
  • Repelente de pulgas;
  • Tabaco.

A exposição a picadas de animais venenosos pode causar reações adversas nos cães. Por isso, o melhor é manter o seu animal de estimação longe de cobras, aranhas, sapos e rãs. As plantas podem causar sintomas neurológicos, portanto é melhor que permaneçam fora de seu alcance.

Cachorro no veterinário

Objetos ou situações perigosas para os cães

A seguir, listamos uma série de objetos que podem envenenar o seu animal de estimação e gerar sintomas gastrointestinais:

  • Lixo;
  • Tinturas com chumbo;
  • Hera;
  • Azevinho;
  • Mordida de serpentes;
  • Chocolate;
  • Medicamentos;
  • Fitolaca ou caruru-de-cacho.

Caso o seu cão tenha ingerido uma destas substâncias, pode apresentar sintomas gastrointestinais como diarreia, perda de apetite e vômito.

Sinais de envenenamento do cão

Se o seu cão está sofrendo algum dos sintomas abaixo, o ideal é que procure ajuda imediatamente:

  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Convulsões;
  • Sangue nas fezes;
  • Letargia;
  • Perda de apetite;
  • Hematomas;
  • Sangramentos nasais;
  • Batimentos cardíacos irregulares;
  • Incapacidade de urinar.

Conselhos para levar em conta

Deixe gravado na agenda de seu telefone o número do seu veterinário, assim como o do veterinário de emergência. Também escreva os nomes em algum lugar onde possa encontrá-los com facilidade em sua casa.

Caso desconfie que seu cão tem sintomas de envenenamento, não hesite em ligar. Entre em contato com o seu veterinário, explique a situação e peça conselhos sobre como agir.