Situações que geram confusão no seu cachorro

Situações que geram confusão

Quando vivemos com nossos cães, existe uma série de eventos e erros que cometemos que costumam gerar confusão nas suas cabeças, algo que é extremamente delicado já que pode afetar a sua relação e convivência com eles.

Se você não deseja que isso aconteça, aqui te apresentaremos as ações que mais confundem os cães para que você aprenda a evitar situações desagradáveis com o seu querido animal.

Não deixar que ele se aproxime de algo ou de alguém

Homem segurando cachorro

Uma situação muito comum para quem possui um amigo de quatro patas é quando seu amiguinho sente muita vontade de se aproximar de outra pessoa, outro cão ou algum objeto que simplesmente chame a sua atenção. Nesses momentos temos a tendência de controlá-los com a coleira ou proibir a aproximação.

O que é uma verdadeira surpresa é que essas ações, longe de ser o que você esperava, tem como resultado o aumento da ansiedade e da vontade dos nossos animais de estimação de se aproximarem do objeto que está chamando sua atenção, o que gera uma grande confusão na sua cabeça ao notar que seu dono está o proibindo ao invés de incentivar o seu desejo.

Nesse cenário o mais recomendável é fazer o uso de alguma ordem já aprendida anteriormente para evitar que ele cometa esta ou outras ações que você não deseja. Por isso é necessário adestrá-lo desde filhote para evitar problemas desse tipo no futuro.

Seja carinhoso com eles quando estão assustados ou nervosos

Acontece com todos nós que quando o nosso cãozinho está muito assustado ou nervoso, decidimos tratá-los com muito carinho e atenção para fazê-los entender que estamos com eles e vamos ajudá-los a superar esses maus momentos.

No entanto, essa é a pior ação que podemos tomar, não somente porque dessa maneira eles interpretarão que estamos tratando-o dessa forma porque está acontecendo algo perigoso, mas também porque eles verão nossos gestos como uma celebração daquele momento de terror que estão vivendo, o que às vezes pode gerar reações violentas de sua parte.

Se você notar que o seu pequeno companheiro está bastante assustado ou nervoso por algo em particular, a melhor ação que se pode tomar é tratá-lo com normalidade, como se nada estivesse acontecendo. Esse naturalidade da nossa parte fará com que ele sinta que nada ruim está acontecendo, e assim ele se sentirá muito mais tranquilo.

Cumprimente quando chegar e diga adeus quando for embora

Uma das atitudes mais comuns que tomamos com os nossos cães é saudá-los com muito entusiasmo quando chegamos em casa e nos despedimos deles carinhosamente quando devemos sair, já que não é segredo pra ninguém que os cães são seres especiais que tornam nossa vida mais feliz e nos enchem de ternura.

O que é surpreendente é que ainda que seja uma coisa que fazemos com as melhores das intenções, é algo que costuma gerar uma terrível confusão nos nossos queridos companheiros, e isso só faz intensificar a tristeza que sentem quando nos ausentamos, o que pode acabar levando à depressão.

Assim como no caso anterior, a naturalidade é a chave para evitar que isso aconteça. Por isso é muito aconselhável a não ser nada efusivo nem na sua saída, nem na sua chegada em casa, já que dessa maneira você estará dando a entender que sua ausência representa uma situação que não deve ser preocupante. 

Repreender quando ele não te responde pode gerar confusão

Golden

Quando é difícil para o nosso pet responder aos nossos chamados, uma das ações que tendemos a tomar é repreendê-los quando eles finalmente vêm, ou buscá-los para também castigá-los quando não nos dão bola, e não temos outra opção que não seja ir até eles.

Diferentemente dos casos anteriores, todos nós sabemos que isso é algo que afetará o estado emocional do nosso cão e não servirá para nada, porém, continuamos fazendo isso por falta de paciência.

O que se deve fazer para não confundir o nosso querido amigo é ajudá-lo a ser mais obediente e premiá-lo cada vez que nos deem atenção, já que esse é um dos melhores incentivos que existem para adestrá-lo adequadamente.

Ao evitar essas ações, você conseguirá emitir efetivamente sua mensagem ao seu cão e conseguirá fazer com que ele não entre em um estado de confusão e desassossego.

Créditos da imagem: Mark.