Sobre cães e lobos

Os lobos são ancestrais dos cães

Você já parou para pensar no que os cães e os lobos têm em comum? Partindo do princípio de que os cães têm uma origem que vem dos lobos, contamos a seguir algumas das semelhanças e diferenças entre estes caninos.

Os ancestrais dos cães são os lobos

Lobo

A origem do cão, como o conhecemos hoje em dia, deve ser rastreada desde muitos anos atrás, em algum momento do paleolítico, quando alguns lobos começaram a se aproximar de assentamentos humanos em busca de alimento.

Ali teve início um processo de domesticação que permitiu passar do antigo lobo “modificado” aos nossos cães de hoje em dia.

Então, apesar da grande quantidade de raças de cães que existem atualmente, e de suas diferenças morfológicas e de personalidade, todas elas têm os lobos como ancestrais.

Semelhanças entre cães e lobos

Embora alguns cães nos lembrem os lobos por causa das suas características físicas, como pode ser o caso do Husky siberiano ou do Pastor alemão, todos os nossos amigos de quatro patas conservam atitudes herdadas de seus antepassados, ainda que se trate de um pequeno poodle.

Como exemplos podemos citar:

  • Cavar para esconder alimentos;
  • Uivar;
  • Gestos corporais para transmitir informação ou emoções a seus colegas, através de sinais visuais (posição das orelhas, rabo, olhos, etc.) ou olfativas (urina, glândulas anais);
  • Sentidos do ouvido e do olfato altamente desenvolvidos;
  • Visão adaptada à escuridão.

Todas as raças de cães que existem atualmente, apesar de suas grandes diferenças morfológicas e de personalidade, têm como origem o lobo. Os cães conservam atitudes e condutas herdadas de seus antepassados, inclusive os pequenos poodles.

Outras características parecidas destes caninos

Além disso, as duas espécies são sociais. Isso significa que precisam de uma relação com um grupo, seja com seus colegas, como é o caso do lobo, ou com as pessoas, como é o caso dos cães.

Então, os cães que têm um menor contato com os humanos são os que manifestam maiores semelhanças com o comportamento de seus ancestrais.

No outro extremo, um animal que passa o dia todo em um apartamento e em permanente relação com seus donos, tende a se afastar cada vez mais das características dos lobos.

Quais são as diferenças entre cães e lobos?

No entanto, também há grandes diferenças entre cães e lobos. Partindo da obviedade de que o lobo é mais desconfiado com os humanos, sem dúvida a seleção genética priorizou nos cães temas como:

  • Capacidade para guarda e defesa;
  • Tamanho;
  • Habilidades sociais.

A evolução determinou também que, em relação aos lobos, os cães:

  • Reduziram o tamanho do crânio e do cérebro;
  • Perderam os dentes de predador;
  • Encurtaram o focinho;
  • Desenvolveram a capacidade de digerir carboidratos.

Nova teoria sobre o surgimento da relação entre cães e humanos

Lobo

Apesar da crença de que a domesticação do antigo cão ocorreu devido à seleção que os humanos fizeram dos animais mais propícios a interagir com eles, pesquisas recentes indicam que, na realidade, a cooperação entre cães e homens surgiu por causa das habilidades sociais dos lobos.

As pesquisadoras Friederike Range e Zsófia Virányi, do Instituto Messerli da Universidade de Medicina Veterinária de Viena, e do Centro de Ciência do Lobo, de Ernstbrunn, também na Áustria, indicam que os lobos, por viverem em grupos, adquirem a capacidade de tolerar uns aos outros mutuamente e aprendem a decodificar as intenções de seus companheiros. Assim, eles podem chegar a ter uma boa coordenação entre eles quando, por exemplo, caçam em equipe.

As cientistas supõem, então, que estas qualidades típicas dos lobos sejam a base da relação atual entre humanos e cães. Dessa forma, não parece ter sido necessária uma seleção adicional com respeito à tolerância diante dos homens e à capacidade de interpretar as suas intenções.

Assim como Range e Virányi puderam determinar, os lobos possuem uma capacidade similar as dos nossos queridos cães para entender as intenções. No entanto, a diferença radica no fato de que os cães cooperam mais facilmente com os humanos, porque aceitam de maneira mais rápida as pessoas como sócios, e porque perdem seu medo mais facilmente.