Truques para iniciar o adestramento do Yorkshire

Os Yorkshires são, possivelmente, uma das raças mais populares e desejadas neste momento. A razão disto se deve ao fato de eles serem cães pequenos e de aspecto terno, no entanto, eles são cães muito ativos e cheios de energia, que podem chegar a nos enlouquecer se não os educarmos adequadamente. Por esta razão, hoje daremos a vocês alguns truques para iniciar o adestramento do Yorkshire.

Pontos importantes que você deve ter em mente

  • Não existe um treinamento para cada raça. Os cães recebem um treinamento similar sem importar se são grandes, pequenos, de pelos curtos ou longos, etc. Isso é um mito que tem que começar a cair por terra. Absolutamente, todos os cães precisam das mesmas bases de adestramento, que são obediência, submissão, socialização e entretenimento. O que deve ser considerado são as características de personalidade da cada raça para melhorar o processo de aprendizagem.
  • Os Yorkshires são cães muito dóceis, no entanto, você terá que se manter muito firme para que não termine com um cão desobediente.
  • Esta é uma raça muito territorial, de forma que a socialização é fundamental para eles.
  • O Yorkshire ocupa o posto de número 30 na escala de inteligência canina. Não se ofenda diante desta posição na lista: isto não quer dizer que o seu animal de estimação é menos inteligente do que os outros. O que realmente esta escala mede é a velocidade com que um cão responde a uma indicação humana e a quantidade de palavras que ele pode entender. Os Yorkshires são uma raça muito independente, por isto não será muito difícil que ele siga as suas instruções, pois ele irá querer fazer a sua vontade. Não se preocupe, com constância, ele aprenderá.

Aspectos específicos em sua educação

A educação da raça

Os Yorkshires são reconhecidos por serem muito brincalhões, portanto, você deverá aproveitar ao máximo os momentos em que ele presta atenção em você, já que eles tendem a se distrair facilmente.

É comum os donos de cães desta raça referirem-se a eles como indomáveis, no entanto, isto não verdade. O processo demandará paciência e muitas repetições, mas com paciência ele obedecerá.

Além do mais, a aparência e ingenuidade do Yorkshire poderá fazer com que o seu coração amoleça no momento de repreendê-lo, mas isto é um grave erro que muitos donos de cães pequenos cometem.

Através da convivência, os cães aprendem a reconhecer os pontos fracos de seus donos, sendo assim torna-se cada vez mais fácil manipular as situações para sua conveniência, por exemplo, para receberem petiscos, pedir alimentos, se livrarem de serem repreendidos, dentre outros.

Portanto, recomendamos que você que seja firme, pois desta maneira obterá resultados duradouros dentro de seu processo de educação. Tenha em mente que seu cão crescerá e que não é fácil conviver com animais que desenvolveram maus hábitos.

Por serem muito territoriais, um dos principais problemas desta raça é o fato de urinarem em lugares inadequados. Você deverá ensinar, através de uma postura assertiva, que você é o alfa ou o líder, portanto, ele não deverá marcar um território dentro de sua casa.

O melhor para evitar que ele urine ou defeque onde não deve é estabelecer um horário para a alimentação, da mesma forma que designar um lugar que seja acessível, onde ele possa fazer suas necessidades em caso de dar vontade fora do horário dos passeios.

Yorkshires

Eles também precisam de muita atividade física, já que são cães incrivelmente energéticos. Mantendo-o ocupado e, em especial, cansado, você evitará que ele desenvolva transtornos de personalidade, como hábitos destrutivos ou latidos excessivos.

Igualmente, com esta raça funciona melhor o reforço positivo. Premie-o quando ele fizer algo certo ou quando fizer o que você pediu. Isto fará que com que ele entenda quais são as atitudes que você aprova e facilitará muito o adestramento.

Para este cão, a melhor recompensa é a afetiva. Isso também ajudará você a estabelecer um vínculo com ele, pois devido a sua independência, ele tende a se tornar desconfiado caso você não estabeleça com ele algum contato físico.

Sugere-se começar o treinamento dos cães tão logo ocorra o desmame. É melhor quando isto ocorre prematuramente, pois sempre é melhor educar do que corrigir.