Como um cão expressa a dor

Como um cão expressa a dor

Os cães parecem não demonstrar a dor tão explicitamente como os humanos. Ou é isso o que nós preferimos acreditar porque não sabemos interpretar literalmente a linguagem deles. Um cão expressa a dor de diferentes maneiras. Algumas são mais evidentes do que outras, pois há algumas maneiras mais sutis. Alguns animais, por herança genética, escondem que estão feridos ou doentes para evitarem apresentar fragilidades. Você sempre deve prestar muita atenção ao seu peludo, pelo bem dele.

Um cão expressa a dor com diferentes sinais, aprenda a identificá-los

Algumas das maneiras que um cão expressa a dor que está sentindo são:

Cachorro olhando para a câmera

Autor: Luann Snawder Photography

  • Se manifesta vocalmente mais do que o habitual: gemidos, uivos, grunhidos, latidos
  • Lambe uma parte do corpo de forma constante: embora não apresente uma ferida visível, tenha em mente que ele pode estar tentado aliviar uma dor interna.
  • Modifica alguns de seus hábitos: dorme mais, perde o apetite, ingere maior quantidade de água.
  • Respira de maneira alterada: por exemplo, ofega apesar de não ter estado se exercitando.
  • Adota posturas diferentes para defecar ou urinar.
  • Tem dificuldades para se sentar ou para deitar ou, ainda, é incapaz de encontrar uma posição em que se sinta confortável.
  • Apresenta alterações em seus movimentos: cambaleio, rigidez, dificuldades para apoiar as patas, claudicação, etc.

Além disso, suas pupilas estão dilatadas, salvo se o cão sinta dor ocular. Neste caso, ele cerrará os olhos e as pupilas dele ficarão menores.

Embora os cães não falem o nosso idioma, eles têm diferentes formas de manifestar o que acontece com eles. Por isso é importante que sejamos observadores e aprendamos a decodificar os diferentes sinais que eles emitem. Hoje lhe diremos como um cão expressa a dor.

Mais indícios de que o seu peludo está com dor

Outros comportamentos que um cão utiliza para expressar a dor podem incluir:

  • Se esconde e foge de você ou, ao contrário, não sai do seu lado;
  • Se mostra agressivo e inclusive pode tentar morder quem se aproximar;
  • Evita ser acariciado;
  • Parece deprimido;
  • Está desinteressado e não se esforça para sair para passear;
  • Não recebe com entusiasmo os membros da família ou não responde quando chamado.

Como saber se seu cão está com dores

Para comprovar que as mudanças no comportamento habitual de seu cão são uma forma de expressar a dor, você deve tentar verificar em que área de seu corpo essa dor se localiza, em caso de ele não apresentar uma ferida aparente. Para fazer isso você deverá tocar as diferentes partes de seu corpo cuidadosamente, mas com firmeza.

Tenha cuidado pois a dor de seu cão pode torná-lo agressivo. Lembre-se que possivelmente ele tentará te morder, principalmente quando você tocar o local de seu corpo afetado pela dor.

De qualquer maneira, o importante é que se está acontecendo algo com o seu bichinho que você não consegue determinar, mas que está alterando o comportamento dele, você deve levá-lo imediatamente ao veterinário.

Principais causas de dores nos cães

Entre os principais motivos que podem estar ocasionando alguma dor em seu cão, podemos assinalar:

  • Doenças nas articulações;
  • Problemas dentais;
  • Diferentes tipos de câncer;
  • Processos pós-operatórios.

Mulher beijando seu cachorro

Por isso é importante que você leve o seu animal de estimação ao veterinário. O quanto antes forem determinadas as causas da dor que ele está sentindo, mais rápido o animal poderá se recuperar ou, pelo menos, você poderá aliviar o sofrimento de seu animalzinho e obter uma maior qualidade de vida para o seu peludo.

De maneira nenhuma tente medicá-lo por sua conta e, muito menos, com medicamentos humanos para conter a dor. Caso seja necessário, o especialista determinará quais os medicamentos deverão ser administrados e indicará também a dose adequada.

Seja um dono responsável e observador

Agora você já sabe que, embora seu cão possa não ser muito expressivo na hora expressar a dor, se você observar bem notará, mais cedo ou mais tarde, que algo anormal está ocorrendo com ele.

Entre as suas responsabilidades como dono está a de velar pela boa saúde de seu animal. Não perca mais tempo e busque as formas mais adequadas para aliviar a dor de seu pet.