Um cão, o melhor companheiro de viagem

Mal as férias começam e já começamos a pensar em viajar. Todo ano nós nos preparamos com entusiasmo para recebê-las e relaxar, cada um do seu jeito. Na praia, nas montanhas, em uma área de camping ou em qualquer outro lugar. O importante é estar perto da família e ter muita diversão. Claro, se este ano a família aumentou com a chegada de um cão, podemos estar nos perguntando o que fazer com ele.

Uma opção seria deixá-lo com um membro da família ou amigo, mas nem sempre é fácil. Também podemos optar por deixá-lo em um canil, mas, nesse caso, a viagem pode ter deixado o orçamento apertado.

Então, por que não o levar o cão conosco? Vamos ver como um cão pode ser o nosso melhor companheiro de viagem.

Levar o seu cão em uma caixa de transporte

Quando você for viajar com seu cão é desejável ter uma caixa de transporte, com o tamanho certo para ele. Se a caixa for muito grande, talvez você venha a ter alguns problemas.

Deixe que ele entre por si só nela. Não pense que vai ser difícil. Normalmente, eles entram e ficam facilmente. Claro, deixe-o fazer alguns exercícios antes, de modo que ele fique cansado.

Seria bom que ele se familiarizasse com a caixa de transporte, dias antes, para evitar que ela seja uma novidade para ele, quando chegar o momento da viagem.

Escolhendo o destino mais adequado para o seu cão

Viajando com animais de estimação

Se você já decidiu incluir o seu animal de estimação em suas férias, de alguma forma, você terá que se adaptar a ele. Busque um destino que seja adequado para viajar com um cão.

A primeira coisa a se pensar, é que, se você estiver indo para um hotel, que ele seja “Pet Friendly”. Atualmente, muitos já se especializaram neste tipo de acomodação.

Certifique-se de que você poderá encontrar, nos arredores, lugares para fazer uma caminhada com o seu cão. Você também deverá verificar, previamente, se na área você poderá comprar comida para o seu cão, caso não seja possível, leve o suficiente de casa.

Não se esqueça que você deverá garantir que o animal não perturbe os outros hóspedes. Se você escolher qualquer outro tipo de alojamento, albergue, casa de campo ou uma casa particular, faça controles semelhantes.

Ao chegar ao seu destino, entre primeiro na acomodação para que o ambiente fique imbuído com o seu cheiro, e também, para que o cão entenda que você ainda está no comando. Aproveite estes dias e melhore o seu relacionamento com o seu cão.

Se você for viajar de avião com seu cão

É imperativo que você entre em contato com a companhia aérea para saber quais são os requisitos estabelecidos para animais de estimação.

Observe que cada uma poderá ter regras diferentes, portanto não pense que você já conhece as regras e procure se informar bem para evitar surpresas de última hora no aeroporto. Seu cão, com toda a certeza, irá viajar em uma caixa de transporte, em uma área da aeronave habilitada para ele.

Não se esqueça de alimentá-lo algumas horas antes de iniciar o voo. Permita que ele faça as suas necessidades antes de colocá-lo na jaula e verifique se há água o suficiente para a viagem toda.

Se o seu destino for fora do país, este artigo pode ser útil: O passaporte europeu para os animais de estimação.

Quando decidimos viajar de carro com o nosso cão

Viajando de carro com os cães

Embora nem todo mundo faça isso, o mais conveniente, quando viajamos de carro, é levar o nosso cão em uma caixa de transporte.

Isso evitará que ele nos distraia enquanto estivermos dirigindo. Além disso, é estatisticamente provado ser mais seguro em caso de acidente.

Seu animal de estimação estará mais protegido e, portanto, haverá menos risco de ser ejetado para fora do carro com o impacto. Além disso, se você precisar de alguém para lhe socorrer, o cão não será um obstáculo.

Você sabe que o instinto de seu cão é o de proteger você e, por isso, provavelmente, ele não vai deixar ninguém chegar perto de você. Mas esperamos que isso nunca aconteça.

Faça o possível para que o animal esteja confortável durante a viagem. É importante que você o alimente algumas horas antes de sair, pelo menos duas horas antes, para evitar vômitos no carro.

Quando você parar, leve-o para uma caminhada e dê água a ele, e também alguns petiscos, mas lembre-se que os cães nunca devem comer doces. Nunca o deixe sozinho no carro, o calor poderá sufocá-lo.

Se você decidiu sair de férias com o seu cão, você escolheu o melhor companheiro de viagem. Solucione com o seu veterinário quaisquer dúvidas que poderão surgir e desfrute da melhor experiência.