Um cão de rua entra em uma delegacia e se torna policial

Cão de rua se torna cão policial

Se alguma vez você já esteve sem trabalho, com certeza você já sonhou muitas vezes em entrar em algum lugar onde te oferecessem um emprego, ou apenas descobrir que eles precisam de alguém e que você podia se candidatar. Bem, hoje vamos contar a história de um cão de rua chamado Gorgi, que fez exatamente o que muitos desempregados sonham.

Esse peludo era um cão de rua que, acidentalmente, entrou em uma delegacia de polícia e que agora é um cão policial.  A seguir, nós contaremos a curiosa e agradável história desse cãozinho.

Gorgi, o cão de rua que se tornou policial

Há centenas de cães que vivem nas ruas e, muitas vezes, eles vêm até nós em busca de afeto. Infelizmente, nem todas as pessoas têm os recursos para ajudar, mas há muitas histórias que mostram que ainda há pessoas com um bom coração.

Era uma manhã em Porto Rico, um dia quente e com um sol ardendo quando Gorgi chegou à porta de uma delegacia de polícia em Bayamon. Os policiais que trabalhavam lá o viram e dizem que ele “estava com medo, desnutrido e aparentava que precisava de um pouco de amor. “

Naquele dia, os policiais lhe deram comida e água. O animal, apesar de ter comido, ficou com eles por um bom tempo e, finalmente, se foi. Os policiais se encantaram com ele e nunca pensaram que um cão de rua que possivelmente tinha sido abusado e/ou abandonado poderia ser tão amável e dócil.

Então, quando Gorgi voltou no dia seguinte à procura de carinho e de comida, os policiais não permitiram que ele se fosse embora e o adotaram.

Gorgi agora ocupa o cargo de “cão supervisor da delegacia de polícia.” Sua condição física não permite que ele faça um treinamento duro como os cães policiais fazem, mas ele pode sim cuidar muito bem da delegacia enquanto ela está fechada, bem como aliviar as tensões e o estresse do trabalho dos policiais.

Na verdade, Gorgi encontrou uma “casa” maravilhosa que irá dar amor a ele enquanto ele viver. Assim, os policiais desta delegacia dizem para o cão Gorgi: “Enquanto viver, aqui você terá tudo o que precisar”.

Petfriendly, um cão de rua pode ser uma alternativa para o estresse no trabalho

Cão policial

Mas o que talvez esses policiais não saibam é que o fato de ter um animal de estimação no local de trabalho para aliviar o estresse é algo que já está estabelecido em diferentes partes do mundo. Esse ato é chamado de Petfriendly e consiste em permitir que as pessoas levem aos seus locais de trabalho os seus animais de estimação e, lá, deixá-los interagir com outros trabalhadores.

Isso tem muitos benefícios para o cão e para os trabalhadores. O cão, estando com seu dono no trabalho, passará muito menos tempo em casa sozinho e, portanto, não se sentirá entediado, ansioso e não terá o estresse que essas situações poderiam gerar.

Por outro lado, o seu dono estará tranquilo sobre onde e o que faz o seu animal de estimação em todos os momentos, melhorando assim o seu nervosismo e ansiedade.

Também, os outros trabalhadores que não podem ter um cão em casa, podem desfrutar de ter um no trabalho. Quando o estresse no trabalho nos esgota ou quando ficamos bravo com um parceiro e até mesmo com o nosso chefe, gostaríamos de chorar e de dar um abraço em alguém, quem melhor do que um peludo para isso?

Foi cientificamente provado que ter um cão por perto aumenta a nossa saúde emocional e mental. Portanto, o Petfriendly está sendo estabelecido cada vez mais e em mais locais de trabalho.

A iniciativa que esses agentes policiais tiveram deveria estabelecer um precedente para dar abrigo a outros animais desfavorecidos, por isso damos parabéns a eles! Temos certeza que eles irão cuidar bem de Gorgi e que ele vai ser muito feliz em sua nova casa, enquanto viver.

E se você ainda não tem um animal de estimação, por que não adotar um que precisa de um novo lar? Estamos confiantes de que com todo o amor e gratidão que ele lhe dará, você nunca irá se arrepender.