Um cão surdo aprende a língua de sinais

Um cão surdo aprende a língua de sinais

As capacidades dos seres humanos são muito diferentes. No entanto, existem pessoas que dão a impressão de que fazem quase qualquer coisa sem muito esforço. Parece que tudo é fácil.

No entanto, a maior parte das pessoas têm que lutar para melhorar as capacidades enquanto tentam melhorar aquelas facetas em que somos menos hábeis. Com animais, é a mesma coisa. Eles também têm que superar vários obstáculos.

Vamos contar a história de um cachorro surdo que aprendeu a língua de sinais.

Adotar um cão surdo?

Quando decidimos adotar um cão, que é sempre a melhor opção, pensamos sobre quais as características gostaríamos que o animal tivesse. Escolhemos a raça, se preferimos um cão grande ou talvez um pequeno.

Pensamos se ele  vai conviver com as crianças, as atividades que queremos fazer com ele… Enfim, consideramos muitos detalhes.

Mas e se invertermos a abordagem? Se pensarmos sobre o que podemos fazer para o animal e não o que ele pode fazer por nós. Ou seja, há animais que têm determinadas características desde o nascimento ou por acaso e que, num primeiro momento, parecem ser menos atraentes.

Se você escolher um destes animais vai ver que, embora seja verdade que você vai ser um grande apoio para ele, em troca irá receber todo o amor do mundo e conseguirá criar um vínculo maravilhoso.

Apesar do que foi dito, nem todos estão abertos para a possibilidade de adotar um cão nessas circunstâncias. Isso é o que aconteceu com Gordon, um cão surdo que ainda não encontrou uma família, ainda que não lhe falte amor.

Um cão surdo muito doce

Labrador deitado na grama

Gordon passou um ano vivendo em um abrigo a espera de alguma família que o levasse para casa. É verdade que, infelizmente, há muitos cães na mesma situação, por isso nem sempre é fácil para eles deixar os abrigos.

No entanto, para o nosso protagonista é ainda mais complicado.

Como mencionado, Gordon é um cão surdo. Claro que isso não o impede de ser um animal muito doce e amigável, que gosta de dar e receber amor. Para isso, os cuidadores do refúgio em que ele vive têm sido sempre muito carinhosos e incentivam outras habilidades que ele tem.

No final do dia, esses profissionais, que são, naturalmente, grandes amantes dos animais, têm estado profundamente apaixonados por Gordon, então eles vão tentar encontrar a melhor família e fazer com que ele chegue bem preparado para a convivência.

Ensinar a língua de sinais para Gordon

Por esse motivo eles decidiram ensinar a linguagem de sinais para que Gordon possa se comunicar com mais facilidade tanto no centro como quando sai dele. Claro que, para atingir este objetivo louvável é essencial ser criativo e realizar o trabalho com muita paciência.

O refúgio tem o nome de The Mayhew Animal Home e um dos responsáveis, Raffy Hamid, comentou que o trabalho que eles estão fazendo no abrigo com o cão surdo:

“Nossa equipe está lhe ensinando a se comunicar e recompensa ele com petiscos. Ele responde balançando a cauda com entusiasmo, pula para receber carinho e tapinhas na cabeça quando ele faz a coisa certa, como sentar, deitar, ficar de pé ou andar. Além disso, ele é muito afetuoso.”

Um cão surdo que necessita da família certa

Cachorro com família

Mencionamos que a equipe do abrigo se encantou por Gordon, mas, apesar do fato de que o cãozinho já tem no abrigo pessoas que cuidam dele, os cuidadores consideram que o melhor para ele é o de encontrar uma família.

Na página do Facebook do The Mayhew Animal Home é possível encontrar uma publicação que diz que Gordon já está no abrigo por um tempo longo. Ele é inteligente, muito amoroso e ser um cão surdo não significa que ele não pode beijar todo mundo e mover a cauda de tanta felicidade durante todo o dia.

Eles ensinaram diferentes ordens por meio de gestos para que as pessoas que adotarem Gordon não tenham problemas para se comunicar com ele.

Então, falta apenas este animal encontrar uma família ideal.

E assim todos ficarão felizes.