Um cão te ajuda a cuidar do coração

Cão ajuda a cuidar do coração

Os diversos tipos de doenças que afetam o coração estão entre os problemas de saúde que mais afetam o ser humano, já que esse é um dos órgãos mais importantes do nosso organismo, exigindo, portanto, um cuidado maior que o habitual. Neste artigo, explicamos por que ter um cão ajuda a cuidar do seu coração.

Por muitos anos, grande parte dos avanços na ciência médica têm se dedicado aos cuidados com o coração. Diversos tratamentos e procedimentos cirúrgicos têm sido a solução para muitos portadores de doenças cardíacas.

No entanto, como existem diversas complicações que não têm permitido a criação de uma forma concreta para combater essas doenças, a recomendação tem sido manter uma vida saudável como forma de prevenção.

Algo que provocou muita surpresa é que, recentemente, um grupo de cientistas definiu essa que parece ser a melhor solução: ter um cão.

Não acredita? Ainda que pareça inacreditável, essa é uma descoberta que pode representar uma mudança decisiva na forma como enxergamos o melhor amigo do homem e a medicina, já que não é surpresa alguma ver cardiologistas pedirem a seus pacientes que adotem um cachorro para auxiliar no tratamento de doenças cardiovasculares.

O cão como um remédio para o coração

Mulher abraçando cachorro

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão depois de muitos estudos realizados pela Associação Americana do Coração, que analisou diversos casos de pacientes que sofreram complicações cardíacas. Eles determinaram, então, que existe uma relação entre viver em companhia de um cachorro e não sofrer com colesterol elevado e obesidade, além de uma pressão arterial normal.

A descoberta significa, em poucas palavras, que aquelas pessoas que têm cães em casa contam uma boa saúde cardiovascular. Vale destacar que essa surpreendente conclusão médica foi publicada posteriormente na revista Circulation.

Ao mesmo tempo, esses mesmos cientistas revelaram, dessa vez em um estudo publicado pelo American Journal of Cardiology, após analisar 424 pessoas que haviam sofrido de diferentes problemas cardíacos, que aquelas que não viviam com cães multiplicavam por quatro a possibilidade de morrer, ao contrário dos que viviam com esses animais.

Exercício e diminuição do estresse

De acordo com o doutor Vicente Arrarte, membro da Sociedade Espanhola de Cardiologia, nossos belos companheiros de quatro patas oferecem uma grande ajuda graças à forma como os donos se exercitam para realizar tarefas rotineiras com eles, ainda que sejam as mais insignificantes, como alimentá-los ou levá-los para passear.

Isso constitui uma grande vantagem em relação a quem não possui animais de estimação. Com a companhia desses animais, o exercício físico que os médicos recomendam aos pacientes é realizado com muito mais facilidade, com diversão e sem tédio. Afinal, para o bem ou para o mal, nem todo mundo gosta de sair para se exercitar.

Além disso, o Dr. Glenn Neville, que trabalha como professor da Baylor College of Medicine, em Houston, nos EUA, afirma que ter um animal de estimação em casa reduz consideravelmente o estresse, graças aos laços emocionais que são estabelecidos com esses animais, ajudando a diminuir a pressão sanguínea.

Em poucas palavras, ter um cachorro é a melhor opção que os cardiologistas têm para que pacientes com doenças cardiovasculares realizem atividades físicas e não sofram com estresse. É claro, sem esquecer das outras recomendações obrigatórias, como reduzir o consumo de álcool, ter uma dieta equilibrada e não fumar.

Quais os melhores cães para cuidar do coração?

Coração e cachorro

Sabendo que os cães podem prevenir e ajudar a combater os problemas cardíacos graças ao exercício físico que exigem que o proprietário faça, existem algumas raças mais recomendadas para essa finalidade, já que não são nem um pouco preguiçosas. Entre elas estão:

  • Border Collie;
  • Pastor Alemão;
  • Dálmata;
  • Golden Retriever;
  • Doberman;
  • Labrador Retriever;
  • Boxer.

Algumas das raças mencionadas acima são mais brincalhonas e inquietas que outras, todas elas se caracterizam por terem muita energia, serem carinhosas e necessitarem de atenção e exercícios físicos para terem uma boa saúde.

Em suma, se você quiser prevenir qualquer tipo de problema cardiovascular, você só precisa contar com a companhia de um cão.