Um dia na vida de um ouriço

Existem por volta de 16 espécies de ouriços. Eles são divididos em cinco gêneros e algumas espécies podem ser tóxicas. Originários da Espanha, África do Norte e do Sul da França, esses pequenos animais foram domesticados. Um exemplo é o tipo de ouriço pigmeu Africano, que se tornou bastante popular nos últimos anos e que é frequentemente encontrado em algumas lojas de animais.

O ouriço pigmeu Africano é classificado como animal de estimação. Eles costuma medir, na melhor das hipóteses, cerca de 16 centímetros de comprimento e pesar mais de 400 gramas.

Embora seja geralmente solitário, busca interação. Eles são muito tranquilos e ternos e as crianças não resistem em tocá-los.

Alguns dados

Ouriços, animais domesticados

Os ouriços têm um grau de inteligência semelhante ao hamster. Eles geralmente atendem quando você os chama e buscam ativamente a interação humana.

A nível básico, estes pequenos animais podem aprender certos comportamentos através de reforço positivo e condicionamento. A personalidade deles é moldada através da interação com seu dono.

Leve em conta que estar ciente da necessidade destes pequenos peludos é fundamental para a o sucesso da socialização.

Devem ter seus espaços muito limpos e não devem ser expostos ao ruído porque, para eles, isso tende a ser uma tortura.

Uma vez que o ouriço chega à sua nova casa, certamente ele ficará um pouco estressado. A mudança de ambiente não é geralmente algo simples, por isso é aconselhável ser paciente até que ele possa se adaptar.

Ouriços não são roedores, mas têm uma propensão a morder, mastigar, ou quebrar o seu ambiente. Eles não são agressivos.

Seus espinhos são usados ​​como uma defesa apenas quando eles se sentem assustados, nervosos, ou sentem que têm alguma razão para se proteger.

As fêmeas têm um período de gestação de 35 a 43 dias. A média é de quatro filhotes, podendo chegar a sete.

Filhotes e mamãe não devem ser tocados até que tenha se passado uma semana. Depois de ter concluído um mês e meio de idade, eles podem ser colocados para adoção.

Como cuidar de um ouriço?

Cuidados com ouriços

Os ouriços têm espinhos, provavelmente, nas primeiras tentativas de contato que você tiver com eles terá a impressão que estará manuseando um cacto. Mas isso é só até até você se acostumar, você deve acariciá-lo gentilmente.

Ouriços não latem ou emitem qualquer ruído. Talvez você possa vê-lo brincar em sua roda, mas geralmente são animais muito tranquilos, um pouco tímidos.

Eles são noturnos e, durante o dia, tendem a se acomodar em forma de bola.

A limpeza da gaiola deve ser feita semanalmente, alguns ouriços são mais desorganizados, podendo exigir uma limpeza mais frequente.

A sua gaiola não precisa ser muito ampla, um espaço de cerca de 26 centímetros de comprimento é adequado para este tipo de animal de estimação.

Estes animais, ao contrário de gatos e cães, são uma boa opção como animal de estimação para aqueles que sofrem de alergias. Não exige vacinações de rotina ou consultas ao veterinário, apenas anualmente, como prevenção.

Ouriços comem insetos. Mas eles podem viver sem isso, você poderá substituir os insetos por uma lata de comida de cachorro ou de gato.

É melhor sempre mudar o seu alimento para que sejam cumpridas todas as suas necessidades nutricionais. Este tipo de animal requer muita água fresca. Use um bebedouro suspenso para que ele não inunde a gaiola.

Eles não precisam de muitos exercícios. Eles gostam de brincar em sua roda e não devem tomar banho com frequência. Alguns ouriços exigem banhos se as fezes se acumularem em seus pés. Mas a maioria dos ouriços se banham com a língua.

Dicas para viver com um ouriço

Quanto mais você souber sobre ouriço, mais fácil será para você entender seus hábitos e ser capaz de atender as suas necessidades, para isso, a melhor maneira é observá-los.

Assim, você poderá reconhecer suas necessidades e suas formas sutis de comunicação.

Como mencionado, ouriços são animais muito tímidos, mas uma vez que começam a confiar, muitas vezes, eles interagem sem problemas. Mas para isso você deve ser muito gentil e paciente com ele.

Você tem que estar disposto a aceitar o que o seu ouriço tem para oferecer. É muito provável que, por vezes, ele siga suas ordens, e a afeição que ele poderá compartilhar com você pode torná-lo encantador.

Impeça que o seu ouriço seja utilizado como brinquedo por outros animais de estimação que você possa ter em casa, como cães ou gatos. Supervisione como eles interagem e garanta que a sua pequena gaiola esteja sempre trancada.