Um gato pode comer a comida de um cão?

Um gato pode comer a comida de um cão?

Cães e gatos são muito diferentes entre si e ambos possuem necessidades muito distintas. Sejam essas diferenças médicas, emocionais, nutricionais ou de outro tipo, cães e gatos não podem ser colocados em um mesmo balaio, por assim dizer. Muitas pessoas acreditam que a comida de cães e gatos são semelhantes e ambos podem comê-las, mas isso é verdade? Há várias razões pelas quais é uma má ideia dar comida de cachorro a um gato.

Comida de cães vs comida de gatos

A comida de cães é composta basicamente por Beta Caroteno, um composto que o organismo canino é capaz de transformar em Vitamina A.

Os gatos, por sua vez, não possuem essa capacidade, precisando de um alimento que contenha Vitamina A, Além disso, os felinos também precisam de Taurina, um aminoácido que os cães são capazes de produzir.

O alimento canino é pobre em gorduras e em proteínas e rico em vitaminas, já que cães são mais propensos a terem sobrepeso. Os gatos, por sua vez, precisam de grandes quantidades de proteína e gordura. Alimentar um gato com comida de cão pode causar desnutrição e graves doenças.

Gato comendo

Naturalmente, isso só acontece se você o alimentar assim de forma frequente. O seu gato não irá morrer se, em um domingo em que todo o comércio está fechado e a comida para gatos tenha acabado, você ofereça um pouco da comida que dá ao seu cachorro. O mais recomendável seria oferecer de sua própria comida, salsichas ou atum, mas se não há outra opção, não pode deixá-lo sem comer.

Ainda que seu gato passe a gostar da comida para cães, esqueça, não é o que ele necessita. O mesmo acontece com os cães: nada de oferecer a eles comida para gatos.

Conselhos para que seu felino coma comida para gatos

Pode ser que você tenha um gato e um cão e que ambos se confundam com a comida. Ou talvez um goste do cheiro e do sabor da comida do outro. Se você não pode ensinar que cada um deles coma sua própria comida, pode tentar uma das sugestões a seguir:

  • Trocar o recipiente. Não use dois recipientes iguais, pois isso pode confundir ambos os animais. Escolha formas e cores diferentes e mostre qual é a tigela de cada um.
  • Ponha os recipientes em locais diferentes. Faça com que cada um coma em lugares diferentes da casa. Se necessário, guarde a comida em algum lugar que ambos não alcançam até que eles peçam.
  • Estabeleça horários. Se você deixar a comida sempre à disposição, é provável um dos animais coma a comida do outro.
  • Ensine comandos. Ainda que isso funcione mais em cães, os gatos também podem aprender comandos como “deixe isso” ou “não”. Isso pode ajudar quando seu gato se aproximar da comida alheia.

Receitas de comida caseira para gatos

Menina e gato na cozinha

Claro, pode acontecer que a comida do gato acabe justamente em um dia em que você não quer ou não pode sair de casa. É melhor se prevenir e falar com seu veterinário para saber quais alimentos você pode dar ao seu felino caso isso aconteça. Abaixo, deixamos algumas ideias de receitas que seu gato pode saborear.

  • Almôndegas. Cheias de proteína, são um ótimo alimento para o seu gato.A carne pode ter um pouco de gordura, mas tome cuidado para que não tenha muito, já que os gatos também sofrem com sobrepeso. Adicione legumes e vegetais, pois os gatos também necessitam de vitaminas, especialmente a A.
  • Atum com vegetais. Fácil como pegar uma lata de atum na prateleira. Escorra bem a água e misture o atum com pedaços de cenoura e outros vegetais. Não adicione sal ou outros condimentos.
  • Salmão. Seu gato ficará louco com um pedaço de salmão grelhado. Não há nada que ele mais goste no mundo do que peixe. Se você não tem salmão, pode substituir por outro pescado.

Essas são algumas ideias, mas somente você, melhor do que ninguém, conhece seu amigo felino e sabe o que ele gosta. Por fim, não se esqueça que só deve oferecer a ele outro tipo de alimento em emergências.