Um menino trocou seus presentes de aniversário por comida para animais

presentes de aniversário

Amar e respeitar os animais é um dos atos que mais dignificam a raça humana, já que se trata de um reconhecimento à dignidade destes lindos seres que ao longo da história foram vítimas do egoísmo e da extrema irracionalidade do homem, mas também de exemplos de generosidade como a do menino que trocou seus presentes de aniversário por comida para animais.

É que embora existam alguns animais que foram domesticados e transformados em animais de estimação, há outros que continuam sendo vistos como um simples pedaço de carne com o qual se pode realizar diferentes tipos de negócios, sejam estes negócios lícitos ou não.

Felizmente o artigo de hoje não trata deste tipo de histórias, mas sim do oposto, onde se consegue ver como uma pessoa respeita e reconhece a outras espécies como seus iguais, e se solidariza com aqueles que não contam com a mesma sorte de ter um lar onde possam viver tranquilos.

Presentes de aniversário necessários

Menino com seus presentes (ração)

Fonte: http://www.elcolombiano.com

Estamos falando de Sebastian López Soler, um pequeno de 6 anos de idade nascido na Colômbia, que se tornou muito famoso pelas redes sociais, ao pedir como presentes de aniversário algo bastante incomum.

Acontece que longe de exigir ganhar algum brinquedo de ação, um videogame ou qualquer outros tipos de presentes de aniversário que desejam as crianças de hoje em dia, este menino pediu aos seus pais comida para animais, já que conforme ele mesmo comentaria, seria para poder levar essa comida a aqueles animais que não têm casa e nem o amor de um dono que lhes cuide.

Conforme chegaram a dizer seus pais, este foi um pedido que lhes pegou um pouco de surpresa, já que em seus aniversários anteriores o pequeno tinha pedido o que costumam pedir como presente as pessoas de sua idade.

Entretanto, pouco antes de sua festa, solicitou que todos os que fossem presenteá-lo, lhe levassem este tipo de alimento para animais.

Uma vida cheia de animais

O certo é que este verdadeiro amor que expressa Sebastian por estes seres não representa nada estranho, já que em sua vida sempre existiu a presença deles, por isso longe de ser uma manifestação pouco comum, é uma atitude que, de alguma forma, os mais próximos a sua família esperavam.

O fato é que tanto sua mãe como seu pai se caracterizaram por serem pessoas nobres de coração e que se solidarizaram com os animais, até o ponto de passarem grande parte de suas vidas ajudando, resgatando e criando toda espécie de seres que se encontrassem em perigo e que não tinham um lugar onde pudessem viver adequadamente.

Conforme comenta a mãe, este não seria o único motivo pelo qual seu filho desenvolveu este incrível amor, já que sua melhor amiga é uma porquinha chamada Olívia, que é um verdadeiro coração cheio de amor, e que acompanha Sebastian a todos os lugares e é sempre amorosa com ele.

Presenteio a quem verdadeiramente necessita

É indiscutível a admiração demonstrada a Sebastian nas redes sociais, e é muito mais que justificada, já que em uma sociedade onde a frieza é uma de suas maiores características atuais, a inocência de um menino com este tipo de ato é como uma brisa de ar fresco.

Longe de ser uma ocorrência momentânea, este pequenino acomodou sozinho cada um dos alimentos que lhe deram como presentes de aniversário, para logo se dirigir com seu pai à organização “Donatón por los animales”, e assim poder entregar a comida e materializar seu verdadeiro presente de aniversário.

Conforme chegou a declarar Sebastian, ele não podia conceber que em um momento de tanto júbilo como o dia de seu aniversário, houvesse quem não tivesse nada para comer, por isso ele gostaria de aproveitar esse dia para ganhar como presente de aniversário o alimento suficiente para poder encher a barriga de todos aqueles que passassem fome.

Sem sombra de dúvidas, este é um caso que demonstra a maneira como um menino pode desenvolver mesmo com a inocência de sua idade, uma reflexão suficientemente certa para poder mudar a vida de muitos, pelo menos durante alguns segundos.

Ainda que atos como este não mudem as injustiças e o maltrato que dia a dia sofrem outras espécies, o simples ato de que algumas destas espécies possam comer graças a este pequeno gesto de amor é algo que não tem preço.