Um Rottweiler salva um Chihuahua de um coiote

As pessoas que não sabem muito sobre os cães escutam a palavra Rottweiler e automaticamente a relacionam com violência ou com medo. O fato de que estes cães eram usados para brigas criou a má fama que eles têm de serem cães agressivos e treinados para matar. Mas, é isso mesmo o que acontece?

A raça Rottweiler nem sempre deveria estar relacionada com uma raça agressiva. Poderíamos conhecer um pouco mais sobre essa raça antes de lhe contarmos a história que trazemos hoje. O que acha?

Personalidade do Rottweiler

Rottweiler

Apesar dos mitos sobre a agressividade da raça não corresponderem, é verdade que a aparência do Rottweiler impõe respeito e até pode dar medo. Mas em seu interior ele esconde algo totalmente contrário a isso.

A personalidade do Rottweiler é tranquila e agradável, ele é valente, independente e um grande protetor, algo que tem de forma instintiva.

Não gosta de estranhos, mas se lhe ensinarmos a socialização, isto será algo facilmente remediável. É muito inteligente e é o cão mais adestrável do mundo. Seu Rottweiler será o que você quiser que ele que seja.

Seu grande instinto protetor o transforma em um cão ideal para estar com os pequenos da família.

Sua grande facilidade para ser treinado é a razão pela qual muitos o escolheram para ser um cão de brigas e o que fez que se criasse essa má fama. Mas a história que vamos contar a seguir deixará claro que isto é apenas um mito urbano e que por trás desta má fama está sua qualidade protetora.

O Rottweiler salvador

Não sabemos nem de onde saiu o Chihuahua, tampouco o Rottweiler, já que como verá no vídeo, a região estava deserta. A história começa quando um Chihuahua cruza correndo uma estrada pouco transitada. Não se sabe onde ele ia e nem de onde saiu.

Alguns segundos depois, um coiote saiu do nada e começou a perseguir o Chihuahua, como se fosse um coelho para comer.

O Chihuahua corria por sua vida, mas não teve êxito. Suas curtas patas lhe impediam de correr mais do que o estava fazendo e o coiote o alcançou rapidamente.

O coiote levou o Chihuahua na boca, tal qual como uma presa para se alimentar. Que propósito ele teria para com o pobre animal? Os coiotes comem cães? Não sabemos, mas não passou muito tempo até que apareceu o anjo da guarda do Chihuahua.

De repente, surgiu um forte Rottweiler que se lançou de forma agressiva contra o coiote, obrigando-o a soltar a sua presa e, desse modo, deixar livre o Chihuahua. O Rottweiler não se conformou com isso. Queria justiça e por isso perseguiu o coiote até o esgotamento. Não se sabe muito mais desta história.

As teorias sobre a história

Chihuahua

Autor: Angie Tarantino

  • Alguns dizem que o Chihuahua fugia do Rottweiler e que este brigou com o coiote por sua “presa”.
  • Outros dizem que o Chihuahua e o Rottweiler viviam na mesma casa e que o Rottweiler foi defender o seu “irmão”.
  • E outros, afirmam que foi um ato instintivo do Rottweiler por seu forte poder de amparo.

Preferimos ficar com as duas últimas afirmações, já que foram várias as ocasiões em que um Rottweiler arriscou sua vida para salvar outra, a de um ser humano ou a de outro cão. Bravo!

Mais uma história que demonstra o quanto as pessoas têm a aprender com os animais. Enquanto matamos uns aos outros por dinheiro, os animais se respeitam e cuidam uns dos outros sem querer nada em troca. Você ainda acha que as pessoas são melhores do que os animais?