Uma cadela de rua salvou a vida de uma mulher e ganhou um lar

Mulher e cadela

Quando você adota um cão, não se tem muita clareza sobre quem salvou quem. Mas para a Georgia Bradley, uma estudante do Reino Unido, a resposta é muito clara, uma cadelinha de rua salvou sua vida enquanto ela aproveitava um feriado na Grécia.

De cadela de rua a heroína

Georgia Bradley é uma estudante de 25 anos que viajou para a Grécia com um grupo de amigos em julho, para desfrutar das férias.

Certa manhã, quando ela estava na Ilha de Greta, Georgia decidiu dar um passeio na praia sozinha para relaxar durante seus últimos dias de viagem. Foi quando dois homens a atacaram e tentaram sequestrá-la.

Embora Georgia tivesse tentado evitar, os homens conseguiram rendê-la e, quando ele estava prestes a perder toda a esperança, apareceu uma cadela que começou a latir e a morder os bandidos.

Para a fúria deles, o ruído que o animal fez chamou muita atenção e os homens acabaram fugindo, deixando Georgia na praia, com medo, mas segura. Ela decidiu chamar a cadelina de Papper, que esperou Georgia se reunir com seus companheiros e voltar para o hotel onde estava hospedada.

No entanto, após o regresso ao Reino Unido, Georgia teve de deixar Papper na Gŕecia porque não tinha a documentação e o dinheiro necessários para o transporte da cadela até a casa dela no Reino Unido. 

De acordo com narrado pela própria Georgia, um dos momentos mais difíceis foi ver a cadela ficando para trás quando ela entrou no carro que levava ela e seus amigos para o aeroporto.

Recuperando a Esperança

 

Cachorro de rua

Quando chegou em sua casa no Reino Unido, um sentimento de culpa invadiu Georgia, pois se sentia terrível consigo mesma ao ter deixado Papper para trás, assim ela juntou dinheiro e voou de volta para a Grécia na esperança de encontrar novamente o cadela.

O problema era que, de volta para o hotel, descobriu que Papper tinha ido embora. Assim começou uma busca intensiva apoiada pelas redes sociais para tentar encontrar o paradeiro da heroína.

Ela levou cinco semanas para encontrar Papper, mas estava feliz e aliviada que o cão estava bem. Quando ela encontrou Papper em seus braços ela prometeu nunca mais deixá-la. Curiosamente, a cadela foi encontrada na mesma praia em que o animal havia resgatado Georgia semanas atrás.

No entanto, devido ao processo de imigração, porque a cachorra não tinha passaporte ou cartão de vacinação, Georgia precisou colocar Papper em quarentena como parte do procedimento normal seguido em casos como esse.

Quando Geórgia voltou para pegar o cachorro, passou pela imigração e os veterinários informaram que Papper estava grávida.

No Reino Unido, Papper, finalmente, deu à luz uma ninhada saudável de 6 filhotes, deixando Georgia satisfeita e feliz de ter resgatado não apenas um, mas sete vidas da dura realidade ruas.

Curiosidades neste caso

Cachorro com mulher

Algo particular, neste caso, foi a atitude da cachorrinha, que protegeu Georgia sem conhecê-la, mostrando que os cães ajudam as pessoas quando eles detectam algum perigo, mesmo que eles não sejam membros da família ou conhecidos.

Também é admirável o compromisso da jovem na tentativa de localizar a cadela, porque embora alguns criticassem num primeiro momento os muitos esforços que ela fez, além disso ela não se importou em investir uma grande quantia de dinheiro para localizar o paradeiro do animal.

Esperemos que a Georgia e sua nova família possam desfrutar de dias felizes, muito longe do destino trágico que a jovem poderia ter sofrido se não fosse pela atitude da corajosa cadelinha.