Uma cadela pode ter gravidez psicológica?

gravidez psicológica

Ao escutarmos o termo gravidez psicológica, podemos acreditar que é algo que acontece apenas com os humanos, pois sempre relacionamos isso com emoções e pensamentos. Porém, para a surpresa de muitos, isso é algo que pode acontecer também com cadelas.

Hoje vamos falar sobre o que é uma gravidez psicológica, como e por que as cadelas a desenvolvem e se há alguma forma de preveni-la.

O que é uma gravidez psicológica

A gravidez psicológica não é uma doença, como a maior parte das pessoas pode pensar. É um transtorno hormonal que causa os mesmos sintomas de uma gravidez, mas sem existir uma.

Assim, mesmo que a fêmea não esteja grávida, pode apresentar o ventre inchado, leite nas mamas, náuseas e cansaço, tal e como se estivesse grávida.

cadela-prenha

Acredita-se que a gravidez psicológica nas cadelas seja algo instintivo e que atua como um mecanismo de sobrevivência da espécie, pois caso aconteça algo com uma mamãe cadela, outra cachorrinha poderia cuidar e amamentar seus filhotes, mantendo-os com vida.

De fato, isto se vê até hoje nos lobos. Quando a loba dominante está prenha, as outras lobas da alcateia apresentam sintomas de gravidez, de modo que se algo acontecer à futura mamãe, qualquer uma delas poderá se responsabilizar pelos filhotes, preservando assim a espécie.

Embora saibamos que é possível que este sentido de alerta não seja necessário no caso das cadelas domésticas, isso é algo instintivo e, portanto, inato e que continuará acontecendo.

Sintomas da gravidez psicológica

Os sintomas da gravidez psicológica são os mesmos de uma gravidez real:

  • Aumento de mamas
  • Leite nas mamas
  • Náuseas
  • “Cuidar” de brinquedos e objetos como se fossem bebês. Sua cadela pode começar a utilizar um de seus bichinhos de pelúcia como se fosse um bebê, protegendo-o, aproximando-o de suas mamas para alimentá-lo ou não permitindo que ninguém se aproxime dele. Mesmo que não se perceba outros sinais visíveis de uma gravidez psicológica, este tipo de comportamento será um alerta que deverá impulsioná-lo a levar o seu animal de estimação ao veterinário.

Tratamento de uma gravidez psicológica

Quando você perceber sinais que indiquem que sua cadela está sofrendo com este problema hormonal, deverá ir sem falta ao veterinário. Uma acumulação de leite nas mamas poderá causar uma mastite, que terá possíveis complicações e inclusive transtornos de comportamento.

Por isso o tratamento se centrará precisamente neste sinal. Para isso será dado ao animal um medicamento antigalactogênico, que diminuirá a geração do hormônio prolactina, que é o que faz com que suas mamas se encham de leite.

Se uma acumulação de leite ou uma mastite ocasionou problemas graves de comportamento na cadela, ela poderá ser tratada com ansiolíticos, mas lembre-se, sempre sob supervisão médica. Nunca medique por conta própria o seu pet.

Pode haver casos em que o veterinário não ache conveniente realizar um tratamento, mas há algumas medidas que podem ser tomadas em casa. Por exemplo:

morder-os-brinquedos

  • Evitar a autoestimulação das mamas com a língua. Isto pode fazer com que ela continue gerando leite e, se a cadela ainda não tem uma mastite, poderá vir a apresentar uma.
  • Tire seus brinquedos até que passe. Se sua cadela passar a ver seus brinquedos como se fossem seus bebês, tire-os dela, pois tê-los só fará com que ela continue alimentando em seu subconsciente sua gravidez psicológica e fazendo com que sua recuperação demore ainda mais.
  • Aumente o exercício. O exercício ajuda ao organismo a agir corretamente e também manterá sua cadelinha distraída, o que pode fazer com que os sintomas, pouco a pouco, desapareçam.

O mais normal é que este desajuste hormonal, que leva as cadelas a terem sintomas como os de uma gravidez real, dure três semanas. Enquanto isso, dê carinho a seu animal de estimação, pois embora saibamos que ela realmente não está grávida, ela se sente como uma futura mamãe e necessita de sua compreensão.