Uma empresa espanhola inventa uma pinça de papelão para recolher fezes de cães

recolher fezes de cães

Os passeios diários com seu cão são um bom momento para se distrair e se relacionar com o seu animal de estimação. Mas, como nada é perfeito, você sabe que, mais cedo ou mais tarde, terá que se agachar para recolher as fezes de seu peludo. Para essa tarefa, normalmente usamos sacos plásticos. Mas já foi lançado no mercado uma pinça de papelão reciclado para recolher fezes de cães. Contaremos a você alguns detalhes sobre ela.

Em que consiste o dispositivo de papelão para recolher fezes de cães

Este utensílio se chama Ecopoop e foi criado por uma empresa valenciana, que o define como um “recolhedor de excrementos ecológico.

O dispositivo funciona como uma pinça para recolher fezes de cães. Mas depois se transforma em uma caixinha com alças, que sela seu conteúdo e poderá ser jogada nos contêineres de lixo orgânico para sua total decomposição.

Mas o objetivo de seus criadores também é conscientizar. Por isso, criaram uma forma de fazer com que isso possa ser levado na correia do peludo. É que, nas laterais do “recolhedor de fezes”, pode-se ler a frase “Eu recolho”, como uma forma de convidar todos os donos de animais de estimação a recolherem a caca de seus animais.

Acaba de ser lançado um novo dispositivo para recolher fezes de cães. Trata-se de pinças de papelão reciclado que depois se transformam em uma caixinha que sela a caca e que pode ser jogada nos contêineres de lixo orgânico.

Uma opção ecológica aos sacos plásticos

Ecopoop foi pensado como uma alternativa viável aos sacos plásticos que, de acordo com o estabelecido pela União Europeia, deverão ser reduzidos em uso nos próximos anos.

Entre os benefícios que oferece este dispositivo, de acordo com os seus inventores, se encontram:

  • O papelão é biodegradável e demora entre 4 e 6 meses para se decompor. Os sacos plásticos duram, em média, 150 anos.
  • Melhor sensação ao pegar, já que o papelão atua como uma barreira entre suas mãos e a caca. Com os sacos plásticos, já sabe…
  • Diminui o contato visual com as fezes.

Campanha para conscientizar sobre a coleta de excrementos dos animais de estimação

Só na Espanha, há 5,4 milhões de cães registrados pelo censo. Os dados pertencem à Associação Nacional de Fabricantes de Alimentos para Animais de Companhia (ANFAAC). Se a isso multiplicamos pela quantidade de vezes que eles fazem caca, podemos ter uma perspectiva da importância do assunto de como se desfazer dos excrementos da maneira mais ecológica e civilizada possível.

E não se trata só de um tema relacionado à educação. Porque ainda que ninguém goste de se deparar com as fezes de um cão em espaços públicos, é importante que se tome consciência de que as fezes também são um foco de doenças, sobretudo para as crianças e para os idosos.

Para contribuir na conscientização sobre a importância de recolher as fezes dos animais de estimação, a empresa criadora do Ecopoop também desenvolve campanhas em diferentes municípios espanhóis, sempre sob o lema “Eu recolho”. Entre eles, os municípios de:

  • Dénia
  • Vinaròs
  • Peñíscola
  • Rafelbunyol
  • Tavernes Blanques
  • A Pobla de Vallbona
  • Museros
  • Gilet
  • Massamagrell
  • Alcàsser
  • Albuixech
  • Tais

Com conferências e distribuição de folhetos informativos, dirigidos a toda a população, mas em particular às crianças, a campanha tenta continuar criando consciência sobre a importância de recolher a caca dos cães.

Não se esqueça de recolher as fezes de seu cão

O dispositivo Ecopoop foi recentemente apresentado na Feira Internacional das Soluções Ambientais realizada em Valência. Também já está à venda em pacotes de 60 unidades (para um mês) ou de 180.

No site da empresa, também pode ser acessado um vídeo com instruções para seu uso. Com diferentes formas de se dobrar, o utensílio pode ser levado na correia do peludo, depois transforma-se em uma pinça para recolher as fezes e finalmente se transforma em uma caixa selada para eliminar o cocô.

Sempre são bem-vindas as alternativas ecológicas que contribuem para solucionar problemas que diariamente preocupam, ou deveriam preocupar, os donos dos animais de estimação. A questão é que, utilize você o método que for, que você se responsabilize pela caca de seu peludo. E, se a forma que emprega respeita a natureza, muito melhor.

Fonte da imagem principal: www.elmundo.es