Uma senhora lê para cães de um abrigo para que eles não se sintam sozinhos

Senhora lê para cães

É pouca a importância que a leitura tem em muitos países, mas é sabido que recomendam, por exemplo, que se leia para as crianças, incluindo os recém-nascidos e até para os bebês na barriga de suas mães. Assim, são motivados desde pequenos a continuar fazendo isso durante a vida, já que a leitura traz enormes benefícios. Mas, que efeito poderia ter a leitura nos animais? Esta senhora lê para cães, mas isso serve para alguma coisa? Veremos a seguir.

É óbvio que, como animais que são, eles não sabem ler e possivelmente não poderão entender, mas se por trás disto há bons sentimentos, sempre haverá bons resultados. Hoje lhe falaremos de Sandy, uma senhora que queria fazer algo a mais pelos animais em necessidade.

Sandy, a senhora que lê para cães de um abrigo

Filhotes

Sandy sempre foi amante dos animais, de fato, teve um cão durante vários anos, Angus. Angus foi o apoio de Sandy durante toda sua vida até que, aproximadamente há dois anos, ele faleceu.

Isso, como todos aqueles que amam os animais saberão, é um duro golpe da vida. Mesmo assim, essa mulher com um bom coração não deixava de pensar em quanto amor ela recebeu de Angus e o que poderia fazer para retribuir isso. Sem dúvida, a resposta estava clara: passar adiante o amor recebido. Mas, como fazer isso?

Uma senhora lê para cães de um abrigo

Perto da casa de Sandy há um abrigo de cães chamado “Western Pensylvannia Human Society”. Nesse abrigo há dezenas de cães que esperam em solidão para serem adotados por novos donos que lhe deem todo o amor e carinho que necessitam e que eles mesmos possam amar.

Entretanto, ao longo da espera, Sandy acalma a solidão destes bichinhos com uma nova iniciativa: lendo.

Todas as semanas, a senhora lê para cães desse abrigo durante o dia todo. Com um conto infantil e um coração repleto de amor, Sandy se transforma em uma amiga e em um motivo para fazer estes bichinhos “sorrir”.

Além da leitura, ela tenta ensinar os cães a dar a pata, sentar ou ficar de pé, algo que poderia facilitar a adoção. Também brinca com eles, os acaricia e lhes dá todo o carinho que pode.

Porém, Sandy reconhece que não foi fácil tomar essa iniciativa, pois ela tem que lutar contra seus sentimentos e pensamentos que a fazem pensar em como há pessoas capazes de fazer mal aos animais.

Ela sabe que seu trabalho não vai dar um lar a nenhum deles, e que muitos possivelmente nem saibam por que foram parar lá, mas vê-los contentes quando ela chega, para ela já é uma recompensa.

Os integrantes do abrigo agradecem muito o trabalho de Sandy, pois quando ela chega eles veem a alegria que os cães demonstram. Os cães são animais são muito gratos e qualquer pequeno gesto para com eles significa muito.

Mas o exemplo de Sandy não tem que ser um caso isolado. Há centenas de abrigos cheios de animais que estão esperando que alguém tenha um gesto amoroso para com eles. Como você poderia colaborar em um?

Como ajudar em um abrigo

Cachorros de rua

Todos podemos imitar Sandy, a mulher que lê para cães de um abrigo. Estes locais necessitam de apoio econômico, mas entendem que nem sempre está em nossas mãos fazê-lo, por isso também agradecem muito se alguém toma uma iniciativa como a da Sandy.

Dar um pouco de amor e esperança a estes animais que não tiveram uma vida fácil é uma linda maneira de demonstrar que queremos fazer um mundo melhor para os nossos amigos.

Também pode-se colaborar com comida ou atenção veterinária, limpando ou, inclusive, dando de presente alguns brinquedos aos “inquilinos”.

Seja o que for que você puder fazer para contribuir, será bem agradecido pelos trabalhadores e também pelos “hóspedes” e certamente você sentirá a satisfação de fazer o bem para os outros.

Não se detenha em fazer o bem a outros sempre que estiver ao alcance de suas mãos fazê-lo.

-Provérbio Bíblico-

Se você tiver a oportunidade de ajudar de forma voluntária em um abrigo, faça isso, você não se arrependerá! Essa senhora lê para cães, é certo que ela recebe bem mais do que dá, siga o exemplo dela.

Fonte da imagem principal: peru.com