Você acredita que os cachorros sorriem?

São muitos os rumores que circulam sobre certas qualidades dos cachorros, em especial aquelas relacionadas com sua maneira de se comunicar conosco. E, mais que um desejo de humanizá-los, é possível dizer que muitos de seus gestos, especialmente as expressões faciais, são bastante parecidas com as nossas. 

Vamos revisar um desses comportamentos para saber de uma vez por todas se os cães sorriem.

Ao conviver com nosso cachorro, em algumas ocasiões podemos perceber, seja por ele estar animado ou simplesmente por nos contemplar com a boca ligeiramente aberta, que nosso animal de estimação está sorrindo.

Isso ocorre quando chegamos em casa, quando saímos para passear ou brincamos com ele, e vem a partir de uma resposta do cérebro que reflete uma emoção sobre o que o cachorro está sentindo.

Porém, será que se trata verdadeiramente de um sorriso?

Os cachorros possuem uma linguagem corporal muito complexa, igual a todos os mamíferos sociais, e que serve para expressarmos as mais diferentes coisas.

No caso dos cães, o exibir dos dentes pode ter um multiplicidade de significados e devemos envolver todo o seu corpo para poder identificar o que ele está nos tentando dizer.

Dessa maneira, o sorriso não se baseia apenas no ato de se mostrar os dentes. É preciso analisar suas orelhas, seus rosnados e seu movimento corporal.

Quando se trata de uma agressão

Será que os cachorros sorriem?

Normalmente, os cachorros, se não estão proibidos de rosnar, nos dão avisos quando tomam atitudes defensivas que podem derivar em uma agressão. Infelizmente, nem todos sabem identificar esse tipo de gesto.

Em especial, quando se trata de crianças, isso pode terminar em uma situação um tanto amarga. Geralmente o ato de mostrar os dentes, tanto em caninos quanto em felinos e outras espécies de mamíferos predadores, comumente está relacionado com uma atitude agressiva.

Nos mostram os dentes como uma ameaça, sinalizando para que nos afastemos deles, de seus objetos e de seu território.

É possível saber quando o cachorro está lhe intimidando porque seu corpo fica tenso, a pele de seu lombo se eriça, o rabo se levanta, as orelhas se dobram e ele se agacha ligeiramente.

No momento em que ele mostra os dentes caninos, a pele se enruga no tronco. Esse gesto é bastante feroz e vem acompanhado de rosnados.

No momento em que um cão lhe faz esse tipo de advertência, o  mais prudente a fazer é se afastar o mais rápido possível, procurar um lugar para se proteger, não olhar diretamente nos seus olhos e esperar que o animal se tranquilize e se afaste.

Não tente tocar no cachorro quando ele estiver nessa postura, a menos que seja um especialista, pois a situação pode terminar em uma agressão. Tampouco corra, pois isso ativará seu instinto de perseguição.

Quando devemos nos preocupar

Atenção aos sinais

Uma situação muito comum que os donos dos cachorros interpretam como sorriso, é quando um cachorro se encontra esgotado ou a ponto de sofrer uma insolação.

O que muitos entendem como um sorriso de orelha a orelha, nessas ocasiões, se trata de um esforço extra que nosso amigo faz para receber um pouco mais de oxigênio. 

Se você observar, perceberá que ele tem um olhar perdido e sua língua fica roxa (a não ser, naturalmente, que seja de uma raça que já tenha a língua dessa cor). Ajude-o imediatamente, pois ele pode estar a ponto de entrar em choque ou sofrer uma parada respiratória.

Quando efetivamente ele está sorrindo para você

Qualquer pessoa que já tenha tido a experiência de possuir um cachorro conhece perfeitamente essa expressão em  seu rosto quando ele percebe que voltamos para casa.

O visual se relaxa completamente, os olhos ficam iluminados, eles nos olham com a cabeça levantada, movem o rabo, ficam com a boca ligeiramente aberta e mantêm uma atitude brincalhona e atenta. 

Podem até mesmo dar alguns latidos dependendo do nível de animação que o animal de estimação atinja.

Por isso é que é muito importante prestar atenção à sua boca, verificar e analisar sua atitude. Os cachorros nos comunicam muita coisa através de sua linguagem corporal e não é muito difícil de entender.

Eles nos transmitem muitas de suas emoções e, igualmente, também são capazes de interpretar muito de nosso estado de espírito através da nossa energia, postura e voz.

Por isso, aproveite seu animal de estimação, observe-o bem e verá como eles sorriem para você com todo o seu corpo.