Se você está pensando em castrar um cão, leia este artigo

Castrar um cão

Castrar um cão é uma delicada ação que conta com inúmeras características e consequências que você deve saber antes de decidir se tomará a decisão ou não. A partir deste fato, decidimos fazer com que nossos leitores saibam dos detalhes mais importantes desta intervenção cirúrgica.

Relação entre a castração e o comportamento canino

Embora muitos não acreditem, a castração diminui grandemente o número de hormônios e é extremamente efetiva para controlar qualquer tipo de inconveniente em que a redução dos hormônios sexuais tenha a ver diretamente com o comportamento do animal, como as atitudes agressivas para com outros cães e humanos e a conduta sexual.

Assim mesmo, é importante destacar que este fato é mais notório nos machos do que nas fêmeas, já que quando as fêmeas são castradas, o nível de agressividade delas permanece intacto, enquanto que nos machos ocorre uma diminuição bastante considerável.

Cachorro deitado na grama

O melhor de tudo é que ainda quando ocorram muitas mudanças, coisas como atitudes brincalhonas e carinhosas não mudam absolutamente, por isso estas belas características dos animais não serão afetadas em nem mesmo uma mínima proporção e seu cão continuará a ser o mesmo de sempre.

Portanto, saiba que a natureza do seu companheiro peludo não será alterada, já que a castração não afetará de maneira nenhuma as habilidades de trabalho do cão, nem sua alegria, a simpatia ou a personalidade dele.

Outros comportamentos como a ansiedade por separação, a hiperatividade, os problemas emocionais ou aqueles que são produtos de uma má educação, também não mudarão em nada com a castração de seu cão, o que significa que você não deverá castrá-lo se a sua intenção for a de minimizar ou alterar esses comportamentos.

Mudanças nos machos

Se você for castrar o seu cão, é importante levar em conta que hormônios como a testosterona serão muito diminuídos por essa intervenção cirúrgica, o que significa que todas as atitudes causadas por ele mudarão para sempre, o que pode ser tanto positivo quanto negativo. Isto é o que mais será alterado:

  • Diminuirá grandemente seu desejo de urinar em determinados lugares para marcar seu território;
  • Castrar seu amigo canino fará com que ele perca o impulso de ir para a rua em busca de cadelas que estejam no cio, o que elimina a raiz de numerosos perigos que este ato implica;
  • Em geral, os cães são muito agressivos quando possuem altos níveis de testosterona, o que significa que castrar um cão nessas condições, eliminará este problema.

Para conseguir estes resultados, o mais recomendável é castrá-lo quando ele tiver entre 6 a 8 meses de vida.

Benefícios médicos de se castrar um cão

Uma das características mais atrativas da castração é que ela oferece uma série de benefícios médicos ao cão e que melhorarão a qualidade de vida dele. Estes são os mais importantes:

  • A castração significa a eliminação cirúrgica dos dois testículos (no caso dos machos), assim se eliminará também a raiz da possibilidade de que o seu cão venha a sofrer de câncer testicular, que é uma dolorosa enfermidade e que costuma ser muito comum;
  • No caso das fêmeas, evitará as doenças do útero e os incômodos derivados do sangramento quando ela estiver no cio;
  • Protege o seu cão do câncer de próstata, que é uma enfermidade muito difícil de ser curada;
  • Nas fêmeas, a castração ajuda a evitar a aparição da gravidez psicológica.

Mediante tal operação, seu pet não sofrerá destes problemas de saúde.

Desvantagens da castração

Cachorros na grama

Se você pretende castrar um cão, é importante que saiba que além de algumas vantagens, existe também o lado ruim dessa intervenção cirúrgica, por isso decidimos mostrar algumas das desvantagens mais significativas da esterilização. Estas são as seguintes:

  • Os cães castrados podem crescer além de seu tamanho natural, o que pode ser um incomodo se você tiver problemas com a estatura de seu animal de estimação;
  • As mudanças fisiológicas que ocorrem depois da castração podem afetar o metabolismo do cão e seu apetite, o que poderá se derivar em problemas de obesidade;
  • Os cães castrados têm altas probabilidades de desenvolverem hipotireoidismo;
  • Se você castrar um cão antes dos 5 meses, ele estará mais propenso a desenvolver displasia de quadril e ruptura do ligamento cruzado cranial.

Antes de castrar o seu animal de estimação, não se esqueça de levar em conta todos estes detalhes para que você possa assim vir a tomar a melhor decisão.