Você sabe como acontece o parto dos gatos?

A gestação dos gatos até o parto dura, normalmente, entre 57 e 63 dias, acontecendo sempre em torno de 60 dias. O parto dos gatos é geralmente confortável e tranquilo, no entanto, é importante aprender sobre os diferentes aspectos deste momento, pois assim, você poderá suprir todos os cuidados de saúde exigidos para o seu gato de estimação e dos futuros filhotes. 

A primeira coisa que você deve ter em mente é o tempo, por isso é importante que você se lembre de quanto tempo é a gravidez da sua gata. Na nona semana (tal como as cadelas), as gatas começam a reduzir a atividade física. Elas vão procurar um lugar quente, escuro e solitário para terem seus filhotes.

Você poderá identificar que está perto da hora do nascimento porque a gata começa a mostrar sinais de estresse, especialmente derivado do volume de seu estômago, que terá aumentado consideravelmente, causando dificuldades de locomoção (e até mesmo para manter-se deitada na mesma posição).

Você também irá perceber o aumento da mama, e você poderá ver o movimento dos filhotes no abdômen da gata, enquanto a área perianal ainda está flácida.

A hora do nascimento dos gatos 

gatinhos-2

Quando chegar o momento do parto, a gata maculará um pouco mais do que o habitual, ela sentirá um pouco de dor por causa das contrações. Então ela vai tomar uma posição semelhante à que tem quando defeca e parirá o primeiro gatinho.

O nascimento do primeiro gatinho pode durar até meia hora e é normalmente, e imediatamente, seguido pelo segundo nascimento. Os próximos nascimentos, a partir do terceiro gatinho, poderão acontecer com intervalos de até uma hora entre um e outro. 

Um parto normal pode levar até 24 horas, porém isto pode variar de acordo com os intervalos entre o nascimento de cada gatinho. Por esta razão, é preferível deixar um prato de comida e água perto da mãe, assim ela poderá se alimentar e retomar às forças que deverá ter para continuar a dar à luz.

Uma vez que terminam as contrações do parto, a gata aproxima os filhotes das mamas e começa a tomar conta deles. Normalmente, as placentas saem para fora com os filhotes, ou pouco depois do parto, e as gatas tendem a comer.

Ela poderá ter um pouco de diarreia no dia seguinte, mas não se assuste. A hidratação da mãe deve ser monitorada.

gatinhos

A gata não exigirá qualquer tipo de apoio para ter um parto bem sucedido, no entanto, existem algumas coisas que você deverá prestar atenção, porque são motivo de alarme:

Passar mais de quatro horas e o nascimento do gatinho não ocorrer. Talvez, um ou mais gatinhos ficaram presos no canal uterino, impedindo a saída dos outros. Esta situação é muito perigosa e você deve ir imediatamente ao veterinário para salvar a vida dos filhotes.

Certifique-se de que a gata tenha expelido todos os filhotes durante o parto, às vezes os filhotes estão alojados no trato uterino, podem ser produtos de um possível aborto ou qualquer outro tipo de dificuldade que tenha sido apresentada durante o nascimento.

Aparecimento de secreções escuras e fétidas dias depois do parto. Isto pode significar que a sua gata desenvolveu alguma infecção, ou que algum filhote morto ainda está em seu útero.

Se seu gato estiver com febre no dia antes do parto, é possível que tenha algum tipo de infecção. A melhor coisa que você pode fazer é levá-la ao veterinário para avaliação do risco de contágio para os filhotes ou para saber se a gata é capaz de suportar o parto.

Se a gata estiver muito quieta durante o parto é uma indicação de que está acontecendo algo errado, pode ser que ela esteja muito exausta para dar à luz, pode estar doente, ou pode ser que alguma situação esteja gerando muita dor

A gata tende a reconhecer os filhotes doentes e abandoná-los, ou, depois de cortar o cordão umbilical, devorar os filhotes doentes. Você terá de ficar atento aos gatinhos rejeitados para evitar que a mãe os coma.