A coruja-das-neves, um animal majestoso

junho 30, 2018
Esta espécie de coruja é adaptada a um habitat extremamente frio, no qual o alimento não é muito abundante. Quando caça, armazena comida para guardar reservas.

Existem animais que, com sua beleza, surpreendem e nos causam admiração. A coruja-das-neves é um deles. Esse animal majestoso faz qualquer um se encantar com sua elegância, seus belos olhos e sua pelagem magnífica. Você quer conhecê-la mais a fundo?

Todas as corujas são animais peculiares. Disso não resta dúvida, já que seus olhos, sua forma de vida, e por sua vez, sua formosura, sempre atraíram nossa atenção. Pois bem, se uma coruja comum parece atraente para você, espere para conhecer a coruja-das-neves, ou a coruja-do-ártico.

Características da coruja-das-neves

Ela mede entre 53 e 65 centímetros de largura e tem uma altura que varia de 1,25 a 1,5 metros. Além disso, seu peso varia entre 1,8 quilo e os 3 quilos. A natureza de novo brinca com o dimorfismo sexual, já que as fêmeas têm a pelagem com algumas manchas escuras que lhes permitem se camuflar com sucesso quando fazem o ninho no solo, enquanto que o macho é de coloração branca pura.

Essa é a única das espécies de corujas que têm tons brancos, embora muitos atribuam esse fato à evolução. Dizem que a evolução é sábia e que a única explicação para a sua beleza peculiar se encontra no fato de que teve que se adaptar aos climas frios, onde a neve é protagonista. Essa espécie de coruja desenvolveu uma plumagem mais espessa para se proteger do frio e com cores claras que lhe ajudam a se misturar à paisagem.

coruja-das-neves voando

Com as asas abertas, pode alcançar facilmente dois metros e meio de altura

Habitat da coruja-das-neves

É curioso pensar que uma ave com tais características possa viver em climas gelados. No entanto, esse é o caso da coruja-do-ártico, que se originou na tundra do Alasca. Ela também habita as regiões frias dos Estados Unidos, Canadá, Eurásia e Rússia.

Não resta dúvida de que é um animal preparado para o frio, embora no inverno costumem migrar para o Sul. Quando chega esse momento, estima-se que suas migrações aconteçam para o Golfo do México, Norte da China, Caribe e no Sul da Rússia.

Personalidade da coruja-das-neves

As corujas, e essa espécie também, são animais solitários, muito tranquilos e tímidos. Não é fácil se aproximar deles, pois têm a tendência de se manter camuflados e não costumam emitir sons. Na verdade, acredita-se que apenas fazem isso para chamar a atenção de outras corujas por algum motivo desconhecido.

coruja-das-neves

Quando estão no cio costumam ficar muito agressivas e as corujas fêmeas, inclusive, chegam a fingir lesões para que as deixem em paz. Quem vai negar que a natureza é sábia? Esse sim é um dos momentos em que as corujas emitem sons com uma voz grave, mas quando os machos recebem resposta das fêmeas, o tom se torna mais agudo e mais alto.

Dieta da coruja-do-ártico

Uma das perguntas que passa pela nossa cabeça ao pensar nesse animal e no habitat em que vive é o que come. Como o resto das corujas, é um animal carnívoro e come qualquer presa que encontrar, como ratos, coelhos e outros.

Uma das peculiaridades em relação a outras espécies de corujas é que quando caça, o faz em grandes quantidades, armazenando a caça para comer no futuro. Porque no fundo, quem sabe quando ela vai encontrar outra presa na neve fria?

Ela é capaz de perseguir sua presa sobre a neve ou, até mesmo, debaixo dela, pois tem a capacidade de “se embrenhar” sob o manto nevado para conseguir o alimento. Isso também lhe permite mergulhar na água de algumas regiões e capturar os ovos de algumas espécies aquáticas.