Cães deficientes: berços, cadeiras de rodas e fraldas

Sempre há pessoas de bom coração que dão todo o amor e ajuda aos animais que mais precisam. Vejamos esta história.
Cães deficientes: berços, cadeiras de rodas e fraldas

Última atualização: 17 Setembro, 2021

Poucas vezes ouvimos dizer que cães deficientes recebem cuidados dos seus tutores. Geralmente, esses cães são abandonados na rua, sofrem acidentes e ficam em uma situação muito mais vulnerável a todos os tipos de abusos.

Sem dúvida, os cães deficientes requerem uma atenção especial que nem todo mundo está disposto a oferecer. No entanto, existem pessoas de bom coração que fazem todo o possível para lhes proporcionar o bem-estar de que precisam, e não é segredo que quase ninguém adota esses peludos.

Em geral, são abrigos e fundações que abrem suas portas exclusivamente para atender aqueles que convivem com graves sequelas após terem sido vítimas de um acidente. Vamos falar de um desses lugares agora, porque as boas ações merecem reconhecimento, além de servir para inspirar outras pessoas a salvar vidas, independentemente da raça, de serem animais de grande porte ou de serem filhotes.

 

Milagros perrunos: um abrigo para cães deficientes

Existem muitas histórias que nos emocionam quando se trata de animais em situações extremas. O abandono e o abuso são algumas das variáveis mais frequentes, mas sempre há pessoas dispostas a ajudar. É o caso desse abrigo para gatos e cães deficientes localizado na cidade de Lima, no Peru.

Milagros Perrunos é o nome dessa casa onde vivem atualmente mais de 120 cães e gatos resgatados. Muitos deles são encaminhados para adoção, enquanto outros, mais afetados, vivem permanentemente no local, recebendo os cuidados necessários.

 

Foi assim que tudo começou

Sara Morán Calderón é a fundadora da Milagros Perrunos, que desde 2015 movimentou centenas de pessoas ao revelar ter resgatado um grupo de cães deficientes que se encontravam ao ar livre, deitados na calçada com sinais claros de terem sido atropelados.

Vários portais digitais relataram o acontecimento na época, destacando que a mulher havia levado ao veterinário sete cachorros para cuidar de sua situação e posteriormente lhes forneceu um teto em casa. Foi assim que ela criou a casa que hoje funciona graças às doações recebidas e aos sorteios vendidos para adquirir os materiais necessários no dia a dia. Isso foi revelado em uma entrevista, além da divulgação das informações nas redes sociais.

“Deus tocou meu coração para ajudar esses cães. Eu os amo e admiro porque, apesar de seus infortúnios e da indiferença das pessoas, eles nunca perdem a vontade de viver “

-Sara Morán-

 

A Milagros Perrunos se destacou pelo trabalho de Sara Morán, que disponibilizou berços especialmente para os mais afetados, cadeiras de rodas e fraldas para os animais que perderam uma perna, têm deformidades e não sentem vontade de urinar.

Além de atender cães deficientes e vítimas de abusos, ela também forneceu abrigo para outros cães e gatos portadores de doenças como câncer, glaucoma e diversas condições. O abrigo se sustenta ativamente oferecendo”uma pata” para promover a adoção e coletar suprimentos para a manutenção de todos os peludos.

 

MUlher cuida de cães deficientes

Outros abrigos para cães deficientes

Assim como os animais acolhidos em Milagros Perrunos têm suas cadeiras de rodas, muitos cães também fazem uso desse complemento que seus tutores adquirem quando os animais de estimação envelhecem e sofrem de alguma doença.

  • Na Tailândia, foi anunciada uma fundação que abriga cães deficientes, enfermos, idosos e paralíticos em seu espaço El Santuario, proporcionando cuidados como hidroterapia e fisioterapia canina, além de alimentação e atendimento adequado para que os animais tenham uma boa qualidade de vida.
  • Na Argentina soube-se de um abrigo chamado Las Renatas, onde também são acolhidos cães com deficiência motora e oferecidos todos os cuidados e intervenções veterinárias para mantê-los vivos.

 

Como cuidar de cães deficientes

Como os nossos exemplos, deve haver várias casas dirigidas por pessoas nobres que doam grande parte de suas vidas para contribuir com a proteção da vida animal. Você conhece alguma casa para animais em condições extremas na sua cidade? Certamente esses fiéis amigos apreciariam seu apoio.

Como posso ajudar?

Nas redes sociais existem dezenas de contas, perfis e páginas que você poderá encontrar de acordo com a sua localização. Colaborar com uma associação de proteção animal, um abrigo ou uma fundação próxima é uma maneira simples e agradável de ajudar.

Você pode participar das atividades realizadas para a arrecadação de suprimentos ou pode fazer doações para o bem-estar de cães ou gatos com necessidades especiais. Além disso, se você tem estabilidade, tem tempo para dar amor a um peludo e torná-lo parte da família, você pode dar a ele uma vida decente adotando-o.

Pode interessar a você...
Primeiros socorros a um gato: tudo que você precisa saber
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Primeiros socorros a um gato: tudo que você precisa saber

O preparo para qualquer situação atípica é fundamental. Aqui contamos o que você deve saber sobre prestar os primeiros socorros a um gato!



  • Videla-Díaz, M. (2014). Interacción humano-animal: ¿Por qué la gente no ama a sus mascotas?. Revista de Psicología GEPU, 5 (2), 164-179.
  • Holt, P. E. (1985). Urinary incontinence in the bitch due to sphincter mechanism incompetence: prevalence in referred dogs and retrospective analysis of sixty cases. Journal of Small Animal Practice, 26(4), 181-190.
  • Giménez-Candela, M. (2017). La descosificación de los animales. Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM, 12(1), 298-313.