A resposta de futuros pais para a sugestão de se livrarem de seus cães

· junho 26, 2017

Quando chega o tão esperado momento de uma gravidez e se tem bichos de estimação em casa, sempre surge a pergunta: É possível ter um animal e um bebê em casa? Tudo dependerá do que os donos e pais desejam, assim como da reação do pet com a chegada da criança. A reposta de dois futuros pais ante a sugestão de se livrarem de seus animaizinhos vai surpreender você.

No entanto, vamos ver por que existem pessoas que dão conselhos como esse a futuros pais.

Animal e bebê, uma amizade possível?

Fonte: www.upsocl.com

Existem muitas dúvidas e opiniões a respeito desse assunto. Por um lado, temos aqueles que são contra ter animais em casa junto de crianças pequenas, especialmente bebês. Eles afirmam que ter um bicho de estimação em casa com um filho pequeno é prejudicial porque:

  • O animal lambe tudo com sua língua e pode transmitir doenças mortais ao bebê.
  • O bebê deve ficar em casa protegido de bactérias e da poluição, enquanto que um animal entra e sai e poderia transmitir as impurezas da rua a ele.
  • Os animais ficam com ciúmes quando veem o seu amor ser compartilhado e poderiam atacar o bebê.
  • Enquanto brincam, os pets poderiam não ter a sensibilidade necessária e machucar a criança.
  • Poderiam se apoiar no berço, derrubando-o e machucando o bebê.

Por outro lado, temos as pessoas que amam os animais e que não veem sentido nessas afirmações, sendo totalmente a favor de ter um bicho de estimação e um bebê em casa, pelas seguintes razões:

  • As crianças que crescem com animais têm menos riscos de contrair vírus e doenças. Elas se acostumam a estar em um ambiente menos limpo e isso fortalece o seu sistema imunológico.
  • Os cães são leais e defensores dos bebês, atitude demonstrada em diversos casos.
  • Um animal ensinará ao bebê a ter uma sensibilidade especial à medida que cresce.
  • Ter um bichinho em casa despertará na criança o amor pelos animais e pela natureza.

Sem citar muitas outras, essas são as principais vantagens alegadas por todos que amam os animais. Como dizemos desde o princípio, tudo dependerá do animal e da decisão que os pais queiram tomar. Sempre existirão pessoas prontas para dar conselhos, mas a última palavra depende de nós.

Esta foi a resposta de dois futuros pais

Fonte: www.upsocl.com

Esse foi o embate em que se viram Sanjana e Aditya, um casal da Índia que vive com vários cães em casa. Quando souberam que ela estava grávida, a alegria os invadiu, contagiando toda a sua família e amigos.

No entanto, a felicidade do casal parecia comprometida por causa de todos os animais que conviviam com eles. Rapidamente, sugeriram que se livrassem de seus cães, alegando que deviam se preocupar com o bem-estar do bebê.

Sanjana, que trabalha em uma sociedade protetora de animais, nem sequer pensou em fazer algo assim. Sua atitude foi justamente o oposto do que esperavam que ele fizesse com os seres que amava.

Não posso acreditar que existam pessoas capazes de trazer uma criatura ao mundo enquanto abandonam outra.

-Sanjana-

O casal estava seguro de qual era a sua decisão, mas, para fazer com que os outros soubessem, tiveram uma ideia maravilhosa e original.

Hoje em dia, são muitas as formas de anunciar a chegada de um bebê, assim como os sentimentos que surgem na família que o espera. Uma das soluções é um realizar um ensaio fotográfico, e foi justamente isso que o casal indiano fez. Uma resposta fantástica de futuros papais para uma situação como essa.

A resposta de futuros pais para a chegada do bebê: fotos maravilhosas

Assim, a sessão de fotos teve protagonistas muito especiais: sua família canina. Para demonstrar que eles também são sua família, fizeram uma sessão em que seus cachorros foram retratados como irmãos mais velhos, mostrando que também estavam ansiosos pela chegada de um novo membro ao lar.

Sanjana está muito agradecida aos seus cães, porque afirma que teve uma gravidez muito difícil, em que não podia sair de casa. Dessa forma, cuidar de seus peludos foi sua motivação e entretenimento para não culpar o seu bebê ou o seu marido pela situação em que se encontrava. Como poderia abandoná-los?

Maravilhosa a resposta desses futuros pais ante esta situação. Tudo pode ser compatível, como criar um bebê e ter cães, desde que se cuide da higiene e cada um saiba o lugar que ocupa em casa, não é mesmo?

Fonte das imagens, www.upsocl.com