É saudável dormir com seu cachorro?

As interações entre humanos e animais influenciam positivamente o desenvolvimento de uma vida saudável. Ainda assim, dormir com um cachorro pode ter vantagens e desvantagens.
É saudável dormir com seu cachorro?

Última atualização: 12 Novembro, 2021

Dormir com seu cachorro se enquadra no que é definido como “interações entre humanos e animais”. Essas interações revelam como os animais de estimação influenciam a vida das pessoas.

Nelas, existem fatores positivos e negativos que devem ser conhecidos. Portanto, você saberia dizer quais são esses fatores e qual a sua importância? Aqui estão alguns dos atributos positivos e negativos de dormir com seu cachorro.

Benefícios de dormir com seu cachorro

Diferentes estudos reúnem os benefícios da relação entre humanos e animais. Essas interações entre humanos e animais têm uma influência positiva, pois causam efeitos psicossociais e psicofisiológicos de longo prazo tanto no animal de estimação quanto no tutor.

Especificamente, diferentes parâmetros como idade ou condições médicas e sua relação com a presença de um animal no ambiente têm sido estudados. Essas pesquisas demonstraram o efeito positivo da presença de animais de estimação nas residências de pessoas com diferentes patologias.

Um cachorro albino dormindo.

Melhora o humor

Foi demonstrado que a presença de animais de estimação influencia o humor de seus tutores. Especificamente, os animais reduzem os níveis de medo, estresse e ansiedade diante das interações sociais, por exemplo.

Portanto, pessoas com problemas cardiovasculares ou mentais podem ter um animal de estimação como tratamento adjunto à abordagem médica pertinente. Assim, ele as ajudaria a se exercitar e a se manter ativo, ao mesmo tempo que aumentaria sua autoestima.

Fonte de calor

De uma coisa não há dúvidas: os mamíferos peludos são uma grande fonte de calor. Contudo, eles também procuram outras fontes de calor, como os humanos, por isso é normal que ambos fiquem mais próximos em épocas de frio.

Redução da dor

Outra pesquisa analisou como os cães ou outros animais de estimação influenciam a percepção da dor. Esses estudos foram realizados através de terapias com animais em pacientes com câncer, mas podem ser extrapolados para a relação entre tutor e animal.

Possíveis desvantagens de dormir com seu cachorro

Embora dormir com seu cão seja uma ideia que parece confortável, você deve levar em consideração algumas desvantagens. Vamos falar sobre elas nas linhas a seguir.

Diminuição da qualidade do sono

Quando o animal dorme na mesma cama que o tutor, o humano pode sentir uma diminuição na qualidade do sono. Entre as causas disso podem ser encontradas as seguintes:

  • Redução do espaço disponível: o animal pode ocupar um espaço significativo e empurrar o outro membro para um canto da cama.
  • Não respeitar as regras: o animal pode entrar embaixo dos lençóis ou adormecer no travesseiro. Cada tutor deve indicar ao seu animal as regras para poder dormir com ele.
  • Ronco: sim, é isso mesmo. Os cães — e até os gatos — podem roncar quando dormem. Isso pode se dever à posição, em que o nariz fica obstruído, ou a outros fatores. Porém, é algo que deve ser valorizado.
  • Movimento durante o sono: tanto o tutor quanto o cão podem se mover durante a noite e empurrar ou esmagar o outro. O tutor pode dormir pior porque fica preocupado com essa possibilidade.

Cuidado com alergias e doenças

Os cães podem levar alguns alérgenos — como pólen ou poeira — para a cama. Se o tutor for alérgico, pode sofrer reações severas ou ataques de asma graves.

Além disso, dormir com o cão aumenta o risco de zoonose, ou seja, os cães podem transmitir doenças. Por esse motivo, são recomendadas visitas periódicas ao veterinário e o uso de produtos de proteção antes de considerar o dormir junto um ato de rotina.

Por outro lado, não é recomendado que os animais durmam ao lado de crianças. Entre as justificativas está a suscetibilidade dos bebês a adoecerem, já que seu sistema imunológico não é tão desenvolvido quanto o de um adulto.

Dicas para dormir com seu cachorro

Por fim, aqui estão algumas dicas que podem ser levadas em consideração ao dormir com seu cão. Assim, o objetivo é que tanto o animal como o tutor fiquem confortáveis.

Exercício

Os cães são animais com muita energia. Portanto, uma opção é fazer exercícios antes de dormir. Dessa forma, você garante que o animal fique cansado e descanse durante a noite.

Regras para dormir com seu cachorro

O animal deve se acostumar a pedir permissão para subir na cama. Ao estabelecer uma série de regras, você evitará que o cão se deite no travesseiro ou na cama, por exemplo.

Dessa forma, cães com um caráter forte também serão controlados. Nesses casos, o tutor deve se impor como um alfa para que o cão não se torne agressivo ou tenha mau comportamento.

Leve o animal ao veterinário regularmente

Embora esse conselho deva sempre ser levado em consideração, nessa situação ele é essencial. Dessa forma, o animal terá seus tratamentos antiparasitários — bem como suas vacinas e medicamentos — atualizados.

Troque a roupa de cama com mais frequência

Manter a higiene torna-se um fator mais importante nessa situação. Por isso, é recomendável trocar frequentemente a roupa de cama — cobertores, lençóis e edredons, por exemplo — para eliminar os pelos e possíveis microrganismos deixados pelo animal.

Dormir com seu cachorro pode ser muito benéfico se você souber como fazer isso adequadamente.

Em suma, o vínculo emocional entre uma pessoa e seu animal de estimação é altamente benéfico. Suas atividades juntos podem incluir dormir com seu animal de estimação.

Se essa atividade for escolhida, é conveniente conhecer seus efeitos, conforme descrito nessas linhas. No entanto, essa rotina também deve ser adaptada às características individuais do animal e do tutor.

Pode interessar a você...
Como escolher a melhor cama para o seu cachorro
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Como escolher a melhor cama para o seu cachorro

Como passam muitas horas dormindo, devemos reservar um tempo para escolher entre as diferentes opções de cama disponíveis para nosso pet. Saiba com...