5 raças de cães que têm barba

Os cães, às vezes, têm características muito curiosas. Por exemplo, chamamos de barba a formação de pelos longos que algumas raças de cães têm ao redor do focinho. Essa característica os faz parecer mais velhos e sofisticados, embora possa ser uma dor de cabeça durante a limpeza, você nem imagina a quantidade de coisas que podem ser encontradas lá! 

Então, se você gosta deste look canino, vamos apresentar agora algumas raças de cães que têm barba.

Airdale Terrier

Este é um grande e inteligente cão de caça, com uma linda barba café.

Da família dos terriers, é caracterizado por um corpo atlético e forte, com uma mordida semelhante à do Rottweiler, apesar disso, costuma ser um cão muito calmo e equilibrado.

Sua inteligência o torna ideal para ser treinado, já que ele aprende facilmente e segue instruções simples sem maiores problemas.

Atualmente, ele é muito utilizado para a caça de lontras em grande parte da Europa e, de veados e ursos no Canadá.

Apesar de ser usado para estes fins, o Airdale Terrier tende a ser muito confiante e alegre, raramente reage com agressividade, a menos que ele seja perturbado ou treinado para isso.

Schnauzer

Cachorro da raça Schnauzer

Possivelmente, esse é o cachorro barbudo mais famoso do mundo. Esta animada e energética raça pode ser encontrada em tamanho grande, pequeno e em miniatura. Tende a ser muito carinhoso e amigável, o que o torna um bom cão para a família.

Pode ser um bom cão de guarda, embora ele possa, às vezes, latir muito alto. Eles foram usados anteriormente para a caça, os menores eram usados para guardar estábulos, sendo especialmente persistentes na caça aos ratos.

Hoje em dia é muito comum ver cães desta raça como animais de estimação, eles se adaptam bem a pequenos espaços.

Otterhound

É uma antiga raça de cães de caça. É caracterizada por um manto longo e grosso. O Otterhound deu origem a uma grande quantidade de cães de caça, dentre eles os cães Airdale Terrier.

O olfato do Otterhound é tão poderoso que pode se igualar ao do Bloodhound. Por isso, ele também é usado como um cão de rastreamento.

Foi amplamente usado durante os tempos em que a caça às lontras era popular, embora esta raça nunca tenha sido muito popular.

É um grande nadador, sendo um cão de trabalho, ele é forte e dedicado. Não é recomendável para a vida em apartamentos, porque ele precisa de atividade física constante, bem como de espaços ao ar livre.

Infelizmente é uma das raças em maior perigo de extinção, em 2006, os exemplares dessa raça não excediam mil ao redor do globo, comparando o seu risco de extinção, seria similar ao do urso Panda.

No entanto, foram implementados planos para salvar a raça e, embora ainda esteja em grave perigo, surtiu algum efeito.

Fox Terrier

fox-terrier-3

Foi originalmente usado para ajudar na caça de raposas. Forte e sempre pronto, é um bom cão de companhia e muito apreciado nos círculos da alta sociedade.

No entanto, por causa de seu passado como cão caçador, pode ser agressivo com outros cães, caso não seja socializado corretamente.

Quando o Fox Terrier é bem educado, passa a ser um cachorro muito fácil de se conviver, além de possuir grande inteligência, o que facilita o seu adestramento. Ele vai exigir algum exercício diário para que não desenvolva ansiedade.

Wolfhound Irlandês

Em espanhol, é conhecido como o grande lobo irlandês, é um cão de tamanho gigante, atingindo os 86 centímetros de altura.

Anteriormente utilizados nas fazendas para repelir e caçar lobos, ou presas grandes, estava à beira da extinção durante o século XIX, sendo resgatado pelo cruzamento do Buldogue e do Galgos.

Apesar dO seu tamanho, é um cachorro muito dócil, sendo conhecido como “o gigante gentil”. É ideal para a vida familiar, embora o seu tamanho possa assustar as crianças.

É excelente como cão de trabalho, embora devido à sua nobreza, não é recomendado como um cão de guarda, apesar de seu tamanho para intimidar intrusos.

É um bom cão de pastoreio e tem um alto nível de adaptabilidade à vida com outros animais e crianças.

Você deve ter cuidado com o risco de torção gástrica, alimente-o sempre com pratos em locais altos. Sua expectativa média de vida é de apenas 7 anos, embora com bons cuidados podem superar os 10.