Seu cão pode ler a sua mente?

Cão olhando para seu dono

Algumas atitudes do seu cachorro costumam fazer com que você pense que ele poderia ter o poder de ler a sua mente? Como ele pode saber que você vai dar banho nele ou levá-lo ao veterinário antes da hora?

A verdade é que um tempo antes de você manifestar estas intenções, ele costuma desaparecer sem deixar rastros. Ou ele descobre que é o momento de sair para passear, mesmo que seja em um horário diferente. Ou intui que vai sair de casa, por mais que seja algo totalmente fora da rotina. Como ele faz isso? Por acaso o seu cão pode ler a sua mente?

Empatia e observação, chaves para entender por que parece que seu cão pode ler a sua mente

Seu cão pode ler a sua mente?

Na realidade, mais do que adivinhar o que está passando pela sua cabeça, o motivo pelo qual seu cão pode se antecipar às suas ações se resume a duas palavras-chave: observação e empatia.

Os cães são animais muito perceptivos, sobretudo com os humanos com quem convivem e que consideram a sua família.

Além disso, eles têm todo o tempo do mundo para observá-lo e conhecer cada detalhe dos seus movimentos, gestos, atitudes, e são capazes de perceber o seu humor e antecipar as suas próximas ações. É assim que o seu amigo de quatro patas consegue prever seus atos e reagir em consequência deles.

As respostas para entender por que seu cão parece poder ler a sua mente deve ser buscada em duas palavras-chave: observação e empatia.

Os cães compreendem nosso ponto de vista

Se você tem alguma dúvida da empatia que seu cão tem em relação a você, pode fazer um teste simples: boceje na frente dele. Se ele fizer o mesmo, esta é a maior demonstração da empatia que ele sente por você.

Além disso, para demonstrar que os cães podem entender o nosso ponto de vista, foi realizado um experimento em que os pesquisadores pediam ao animal que desse um objeto ao seu dono.

No local havia dois elementos possíveis para que o cão pegasse; um deles estava no campo de visão do seu dono, e outro não. O cão conseguia observar os dois objetos sem nenhum impedimento, mas ele sempre escolhia o que seu dono conseguia ver.

No entanto, quando o dono do cão não tinha a possibilidade de enxergar nenhum dos objetos, o cão escolhia aleatoriamente qualquer um dos elementos.

Como os cães conseguem decodificar o que passa pela cabeça de seus donos

A chave parece estar então no fato de que nossos queridos peludos conseguem ver as coisas desde um ponto de vista humano. É assim que eles conseguem decodificar o que está passando por nossa mente.

Através de um estudo realizado pela investigadora Julianne Kaminski, do departamento de Psicologia da Universidade de Portsmouth, na Inglaterra, tentou-se explicar como os cães podem entender o que estamos pensando.

A seguir compartilhamos algumas das conclusões deste estudo:

Os peludos, estes seres sensíveis e perceptivos

Entre os resultados aos quais Kaminski chegou, podemos ressaltar que os cães:

  • Entendem o conceito de escuridão. É por isso que eles evitam fazer coisas que sabem ser proibidas quando o ambiente está completamente iluminado. Mas quando eles estão no escuro, compreendem que não podem ser vistos e não têm nenhum medo de desobedecer as ordens de, por exemplo, não roubar comida.
  • Aprendem a ler a linguagem corporal de seus donos. Assim, eles sabem exatamente quais serão seus próximos passos. Eles também compreendem o que pedimos a eles, se as palavras forem acompanhadas de sinais.
  • Reconhecem estados de ânimo das pessoas. Eles conseguem fazer isso decodificando a linguagem facial dos humanos, o que, somado a outros comportamentos que nós podemos ter, permite que eles determinem se seus donos estão tristes ou contentes.

Seu cão não pode ler a sua mente, mas…

Cão com seu dono

Além disso, ainda de acordo com Kaminski, os cães se valem de seu ouvido sensível para saber que seus donos estão voltando para casa, ainda que se encontrem a uma distância que não pode ser percebida pela audição dos seres humanos.

Também, os cães utilizam seu poderoso olfato para identificar doenças e gestações. Eles podem inclusive detectar quais pessoas atraem mais os seus donos por meio dos hormônios que eles produzem, e pelas atitudes que têm diante de outros humanos.

Assim, você sabe que o seu animal de estimação não é um vidente, mas tem recursos importantes para saber o que está passando pela sua cabeça.