Como denunciar maus tratos animal na internet?

maltrato animal na internet

As chamadas redes da rede são generosas ao nos proverem diariamente com ternas imagens de animais de estimação ou de divertidos vídeos nos quais os bichinhos são protagonistas. Entretanto, também podem ser o lugar onde algumas pessoas, as quais nos absteremos do qualificativo, mostram deliberadamente situações onde se exerce violência com cães, gatos e outros seres indefesos. Por isso é importante que você saiba como denunciar o maltrato animal na internet.

O maltrato animal na internet, um conteúdo em ascensão

maltrato animal na internet

Fonte: cribeo.lavanguardia.com

YouTube, Facebook e outras plataformas são os veículos que alguns usuários se valem para se gabarem de suas “façanhas” contra seres indefesos, ou para tornarem conhecidos os atos de violência contra animais realizados por outras pessoas.

E, embora não se tenha dados oficiais, tanto associações protetoras como organismos estatais destacam que o material sobre crueldade contra os animais nas mais diferentes redes sociais está em franca expansão.

Se alguma vez você já topou com alguma imagem ou vídeo de maltrato animal na internet, certamente a indignação tomou conta de você, como acontece com a maioria das pessoas que amam e respeitam a esses seres inocentes. Mas como devemos proceder para que retirem esse conteúdo da Web e, além disso, que os responsáveis sejam punidos?

O caminho mais direto é denunciar o fato ante as autoridades pertinentes ou para associações protetoras que podem difundir o caso e te assessorarem sobre os passos a seguir para que a denúncia seja ouvida.

As redes da rede podem ser um espaço virtual amável ou um lugar onde também podemos nos deparar com fotos ou vídeos que mostram crueldade com os animais. Por isso devemos saber quais os passos a seguir para denunciar o maltrato animal na internet.

Atitude ante a violência contra os animais na Web

Conforme afirmam os peritos, as pessoas que colocam na internet este tipo de material, fazem isso para chamar a atenção e inclusive para se gabarem do fato.

Por esse motivo, controle a irritação que a situação irá te causar, não deixe mensagens mostrando seu desacordo e nem compartilhe com outras pessoas para que elas tomem conhecimento do fato. Leve em conta que os comentários negativos não surtem efeito para conscientizar quem comete estes atos de crueldade com os animais.

Interagindo com essas imagens, você fará com que elas se difundam ainda mais, que é um dos objetivos de quem as colocou na internet. Mas também pode acontecer que o responsável por estes atos se sinta intimidado com tanta exposição, retire o material colocado na internet e, assim, apague as provas para julgá-lo por seu delito.

O que se deve fazer para denunciar casos de maltrato animal na internet

Os passos que se deve seguir para denunciar casos de maltrato na internet são os seguintes:

  • Não divulgue as imagens, vídeos ou sites onde se evidencia a crueldade com os animais.
  • Reúna a maior quantidade de provas possíveis: fotos, links, endereços de páginas Web, perfis do Twitter ou Facebook, etc.
  • Faça com que toda a informação, a mais detalhada possível, chegue à Polícia, aos órgãos de proteção animal ou a alguma associação protetora de animais de sua confiança.

Saiba que é possível apresentar a denúncia tanto por telefone como por e-mail ou pessoalmente, dependendo da instituição a que irá recorrer.

Denunciar para fazer com que a lei se cumpra

maltrato animal na internet

A partir do momento em que você apresentar a sua denúncia por maltrato animal na internet, a autoridade responsável irá avaliar o conteúdo e descartar se:

  • Se tratar de um caso já julgado ou prescrito.
  • For material procedente de um país estrangeiro e, portanto, fora da competência das autoridades nacionais.

Descartadas essas questões, é muito provável que, com uma exaustiva análise das imagens e de outros dados oferecidos, se possa identificar o criminoso, colocá-lo a disposição da justiça e fazer com que ele retire os conteúdos denunciados da internet.

Portanto, não desanime, sua ação e indignação certamente contribuirão para que este tipo de delito seja devidamente punido pela lei.