Engolir sem mastigar: o mal de muitos cães

É certo que você já viu muitas vezes o seu cão engolir a comida como se nunca tivesse comido na vida. Este é um problema muito comum que muitos cães têm: engolir sem mastigar.

Embora pareça ser algo intrínseco de sua espécie, o certo é que você terá que fazer algo para evitar este comportamento, já que a continuidade disso poderá trazer consequências mais graves depois.

Como consequências imediatas, isto poderá causar uma má digestão, assim como a necessidade iminente de vomitar a comida, a qual sairá inteira por ele não tê-la mastigado e isto poderá machucar a garganta e as cordas vocais de seu cão.

Mas por que eles agem assim? Por que engolem sem mastigar?

Sobrevivência

cão-mastiga-mal-a-comida

Os cães descendem dos lobos, por isso mantêm algumas características de seus ancestrais. Uma delas é a de engolir sem mastigar, por uma questão de sobrevivência.

Fazer isto permitia aos lobos comer mais e mais rápido e saciar-se quando tinham uma presa, já que não sabiam quando poderiam ter a seguinte.

Embora esta seja uma tendência desnecessária quando o animal é o único na casa, o certo é que está tão arraigada que será difícil eliminá-la por completo. Por outro lado, os cães não entendem de boas maneiras, por isso, para eles, agirem desta forma é a coisa mais natural do mundo.

Por que não adoecem?

O sistema digestivo dos cães está melhor preparado que o nosso para engolir partes grandes de comida sem que adoeçam. Isto acontece graças à capacidade assombrosa de seu esôfago para se dilatar e se expandir.

Infelizmente isto também poderá ocasionar problemas como a obesidade.

É difícil, embora não impossível, diferenciar quando o cão pode engolir sem mastigar por natureza, de quando o cão é um guloso.

Também devemos levar em conta que, ingerir muito, sem gastar muita energia, ocasionará um excesso de peso que desencadeará outros problemas nos ossos, nas articulações, no sistema respiratório e no coração.

Conselhos para evitar engolir sem mastigar

O engolir sem mastigar não significa que o seu cão esteja superalimentado ou em sobrepeso. Mas, como esta não é uma boa atitude, é melhor fazer algo para desencorajá-la. Vamos ver alguns práticos conselhos que ajudarão nisso:

  • Combinar a ração com alimentos naturais como ovos ou frango. Estes alimentos poderão contribuir com serotonina, um neurotransmissor que consegue reduzir o nervosismo e evitará que o seu cão queira engolir sem mastigar.
  • O estresse e a ansiedade pode aumentar a ingestão de alimentos. Fique atento aos sinais que te indicam que o seu cão está estressado.
  • Faça longos passeios e o estimule o cão a fazer exercícios. Caso ocorra um desgaste físico, não haverá problema se, algumas vezes, o seu cão engolir a comida rapidamente.
  • Fique atento a quantidade de calorias que você dá ao seu cão, para que não seja superior à energia que ele gasta.

Outras recomendações

cão-comendo-maça

No mercado há inúmeras variedades de artigos para animais de estimação e, quando necessitamos de ajuda para lutar contra os maus costumes de nossos pets, também há. Por exemplo:

  • Comedouros “anti-gulping”. Estes comedouros, conhecidos como comedouros “anti-gulping” impedem que o animal coloque todo o seu focinho nele e evitam que ele possa engolir muito rápido.
  • Brinquedos recarregáveis Kong. Estes brinquedos têm uma abertura que poderá ser preenchida com a ração diária que o seu cão necessita e, enquanto ele brinca, poderá ir tirando os grãos de ração.

Isto ajudará o seu cão a desenvolver a paciência enquanto ele se diverte e a não engolir a comida rapidamente.

  • Espalhe a comida pelo chão. Não faça uma montanha, mas a distribua pelo chão. Assim o animal se verá obrigado a comer a ração, uma a uma, ao invés de engolir uma grande quantidade de uma só vez.

Você deverá estar disposto a fazer uma faxina depois, para retirar os restos de comida e de baba do chão.

Assim como nós, os cães também trazem marcas da infância, de seus antepassados, de seus genes e de sua criação. A tendência de engolir rapidamente a comida pode parecer impossível de controlar, mas estamos certos de que, se você seguir os nossos conselhos, logo o seu animal estará mais calmo na hora de comer.