O ouriço e o cão. Conheça essa história

o ouriço

Imagine ter como animais de estimação, ao mesmo tempo, dois animais tão diferentes como o ouriço e o cão? Quantas situações divertidas e, às vezes, terríveis isso poderia causar? Você saberá mais através da história do ouriço Bodlinka e do cão Kaemon.

É fácil imaginar o pequeno ouriço fugindo do cão mal-humorado, mas a realidade parece ser o oposto…

O ouriço e o cão. Conheça essa história

Bodlinka chegou ao lar de uma família tcheca quando Kaemon, o cão, já vivia com eles. A situação era um pouco imprevisível, pois dois animais de características tão diferentes, juntos, poderiam gerar mil e uma situações, e a maioria delas poderia não ser muito boa.

Kaemon é um cão da raça Malamute do Alasca, dá para imaginar seu grande tamanho em comparação com o ouriço.

Os donos acreditaram que possivelmente Kaemon reagiria mal à presença de seu novo companheiro, e que o ouriço passaria o dia se escondendo de um lado para o outro.

Mas se pensarmos em como são esses animais, como cada tem uma arma de defesa incorporada em seu corpo, saberemos que nada é muito previsível.

A apresentação de ambos os animais foi bem-sucedida, e tudo parecia indicar que teriam uma amizade. E assim foi, até que… chegou a hora de comer!

Por alguma estranha razão, Bodlinka ama a comida de Kaemon. A questão aqui não é se ele pode ter a mesma comida que seu amigo mas em seu próprio recipiente, não, a questão é que ele quer comê-la no recipiente de Kaemon, sem importar se pode ou não pode. E o pior, desde o começo ele fez todos saberem que ninguém iria impedi-lo.

Segundo o dono de ambos, faz dois anos que Bodlinka se aproximou do prato de comida de Kaemon pela primeira vez; como era óbvio, o cão não gostou. Mas a surpresa foi quando o ouriço, além de assustá-lo, respondeu com um ataque!

Ele lançou uma de suas pontas agudas no animal, fazendo com que o pobre Kaemon fugisse gritando de dor. Desde esse dia, Kaemon tem que ver o ouriço anão comendo diariamente sua comida sem poder fazer nada para evitar. E mais, no vídeo, vocês poderão ver como enquanto Bodlinka come, seu dono o acaricia sem que ele se queixe.

Porém, Kaemon se limita a olhar e a chorar, sabendo que se ele se aproximar receberá um “disparo”.

Os donos tentaram colocar uma vasilha do tamanho de Bodlinka com a mesma comida que a de Kaemon, tentaram também colocar outro comedouro em um lugar diferente para Kaemon. Não importa, ao ouriço nada disso interessa. Ele quer mostrar que quem manda nesta relação e que quem pode comer onde quiser é ele. Veja o vídeo e julgue por si mesmo. Quem disse que o tamanho faz o mais forte? Pois errou…

Amigos, amigos, comida à parte

Além disso, Bodlinka demonstrou que sabe muito bem diferenciar as coisas. Ele apenas quer comer a comida de Kaemon, mas depois desse momento, Bodlinka e Kaemon são amigos inseparáveis

Passeiam juntos pela casa, brincam e às vezes podem, até mesmo, serem vistos dormindo juntos na cama de Kaemon ou no sofá da casa.

O porquê da atitude do ouriço é inexplicável, mas o certo é que cada dia ambos demonstram amor e amizade um pelo outro, nos fazendo ver que a relação entre seres diferentes é possível sim, mas com limites. Kaemon aprendeu uma lição importante no primeiro dia em que o ouriço apareceu em sua vida: o amor e a comida não têm nada a ver um com o outro, alguém pode te amar, mas com a comida não se brinca. 

Fonte da imagem principal: epv.elpais.com