Otite em cães: muito perigosa no verão

otite em cães

O verão, com o calor e a umidade, sobretudo se temos o costume de banhar nossos cães em casa, vai gerar as condições ótimas para que cresçam os microrganismos responsáveis pela otite em cães.

Neste sentido e analisando as diferentes raças, os cães de orelhas largas sofrem mais de otite, já que as orelhas grandes e caídas desses animais atuam como uma barreira que bloqueia a entrada normal de ar. Aprender a reconhecer que o cão tem esta doença e realizar certos cuidados especiais durante o verão são as chaves para evitar infecções mais graves.

Conceito: o que é a otite em cães?

orelha-cães-3

A otite em cães é uma inflamação do duto auditivo, que começa no pavilhão auditivo (orelha) e percorre todo o ouvido do animal, até alcançar o tímpano. Este problema é mais comum no verão, devido à umidade produzida por diferentes fatores, como é o caso dos banhos.

O ouvido de nosso animal de estimação se divide em três partes diferentes: a parte externa e visível, que é a orelha do animal; o ouvido médio, que lhe protege dos sons excessivos; e o ouvido interno, um conjunto de dutos intrincados e cavidades cheias de líquido que lhe conferem a capacidade de ouvir, e também de conseguir o equilíbrio.

Causas da otite em cães

Geralmente, a otite se deve à ação de certos tipos de bactérias e fungos, que alcançam o ouvido do cão e provocam infecção e inflamação. Estes organismos acometem mais os pets em épocas de calor, como é o caso do verão, pois há melhores condições para o desenvolvimento deles.

A umidade no interior do ouvido cria as condições que os fungos e as bactérias necessitam para se reproduzirem em grande velocidade. Por isso é importante secar muito bem o interior dos ouvidos depois de banhar o seu animal de estimação.

Outro tipo de otite frequente em cães quando chega o calor se deve aos espinhos e a algumas folhas que ficam no chão e que até são levadas pelo vento durante a primavera e o verão. Se algum tipo de espinho, por exemplo o carrapicho, se engancha no pelo do cão ao redor de suas orelhas, não é difícil que entre no ouvido do animal e que provoque uma grave infecção.

Orelhas grandes

Os cães que têm orelhas grandes e caídas estão mais propensos a sofrerem uma infecção de ouvido. Os dutos internos do ouvido de um cão formam labirinto de canais que se retorcem. Isto explica porque não é fácil arejar esses dutos. A tarefa de limpeza se complica ainda mais para um cão com orelhas grandes.

Sinais da otite

O momento da limpeza de nosso amigo cão é quando devemos checar se há uma possível infecção nessa área. Um ouvido saudável tem uma cor rosa claro e, além disso, não cheira mal.

Entre os sinais que indicam que o seu animal de estimação sofre de uma infecção de ouvidos está a presença anômala de cera nesta região do pavilhão auricular. Também é frequente que a otite em cães gere um cheiro desagradável e intenso procedente do ouvido.

A inflamação auditiva tem como característica também a coceira, que é frequente quando o cão sofre de otite. Se um cão sacode ou coça suas orelhas com muita frequência, é quase certo que ele tem uma doença nos ouvidos ou algum objeto encravado.

Percebendo os primeiros sinais, é importante aplicar o tratamento adequado para a otite do cão. Uma visita à clínica veterinária o quanto antes evitará que se produzam danos maiores.

A proteção dos ouvidos do cão

cão-lambe-orelha

Foto: Megan Coughlin

Para prevenir a otite em cães, é importante secar bem os ouvidos do animal depois de cada banho na praia, na piscina ou do banho rotineiro. Como vimos, a umidade fará com que os fungos e as bactérias se reproduzam e infectem os ouvidos de seu pet. Simples plugues de algodão bloquearão a entrada de água.

Para prevenir a ação de espinhos e outros corpos estranhos, convém cortar com cuidado os pelos ao redor das orelhas do animal e lhe examinar depois dos passeios.

Como vimos, os cães de orelhas largas e caídas estão ainda mais propensos às infecções de ouvidos, já que o ar circula menos. Se o seu animal de estimação pertence a uma destas raças e suas orelhas são grandes, é necessário que se dê ainda mais atenção à limpeza de seus ouvidos e ante qualquer sinal indicativo de que a otite possa estar se desenvolvendo, que se inicie um tratamento o quanto antes.