Quero ir para a neve com meu cão!

Em muitos de nossos artigos, explicamos como ter férias incríveis com o seu amigo peludo. Também damos dicas para levá-lo para as montanhas ou qualquer outro lugar onde você gostaria de passar alguns dias relaxando e contar com a companhia do seu cão. Pois bem, hoje vamos dar alguns conselhos para você viajar para lugares onde há neve com seu cachorro.

Mas preste atenção, a neve é abrasiva e, antes de decidir levar o nosso amigo de quatro patas, devemos considerar uma série de pontos e tomar algumas precauções.

Coisas a considerar antes de ir para a neve com nosso cão

Autor: Ritmó

Se você quer um dia na neve seja um momento inesquecível tanto para você quanto para seu pet, não podemos simplesmente começar a brincar sobre a neve com ele. É preciso ficar atento a algumas precauções.

Proteja seu cão do frio

Não importa a raça do animal, mesmo se for um husky, você deve protegê-lo do frio. Embora os animais de pelo grande sofram menos com as baixas temperaturas, eles também devem ficar aquecidos. Isso é ainda mais importante para os cachorros de pelo curto.

Em pet shops e até em algumas lojas de esporte você poderá encontrar tudo o que você precisa para proteger o seu mascote do frio se decidir levá-lo para a neve.

Proteja as patas

Você já deve saber que as almofadinhas das patas do seu cão são uma das regiões mais delicadas do corpo dele. Elas devem estar protegidas em ambientes gelados e com neve, evitando acidentes e deixando o animal mais confortável.

Em lojas de artigos veterinários você poderá encontrar reforços para as almofadinhas que devem ser aplicadas na região alguns dias antes de ir para a neve.

Quando já estiverem na neve, aplique vaselina sobre os coxins várias vezes ao dia. Ela agirá como uma película protetora, evitando que o animal se machuque. Além disso, graças ao seu alto nível de hidratação, a vaselina protegerá as patas do seu peludo de cortes e rachaduras que o frio pode causar.

Fique atento à região das almofadas do seu cão, verifique várias vezes durante o passeio e, se encontrar cortes ou outra coisa, aplique vaselina.

Não o perca de vista

Os cães comem tudo o que acham pela frente. Por isso, vigiar o animal durante o passeio será essencial, já que é provável que ele tente comer neve. Ingeri-la pode causar problemas estomacais, como náusea e vômitos.

Vigiar o cão também será vital para evitar que ele não se perca. Lembre-se de que ele pode se perder facilmente em espaços grandes e com muitas pessoas.

Sol

Embora o clima em regiões com neve seja mais frio, é possível que faça sol em algum momento do dia. Os efeitos do astro-rei com a neve são similares ao que ocorre na praia. Por isso, cuide para que o seu cachorro não se exponha à radiação solar durante muito tempo. Ele também pode lesionar os olhos por causa do reflexo do sol na neve.

Mesmo que o corpo do animal esteja protegido, existem regiões muito sensíveis, como o focinho, que podem sofrer com queimaduras.

Não o deixe solto

 

husky siberiano

Fique atento e tenha muito cuidado onde você deixará o seu cão solto. Busque lugares em que haja crianças ou pessoas que simplesmente caminham ou brincam com bolas de neve.

Caso o seu cão se aproxime da zona de esqui ou trenós, poderia causar ou sofrer um acidente. Isso colocaria você em uma situação muito delicada.

Como vimos, não é impossível viajar com o seu cão para um destino com neve. É mais uma opção para levar o seu animal, que ficará encantado com toda a natureza ao redor. Você verá como ele corre pela neve e se diverte com ela. Com certeza isso será motivo para muitas risadas.

Entretanto, não se esqueça das dicas que demos neste artigo para que o dia termine bem e ambos possam aproveitar a viagem.