Um cão com tumor cerebral morre depois de assistir ao casamento de sua dona

cão com tumor cerebral

Estamos acostumados a dizer que a vida é feita de momentos. Momentos que podem nos trazer sentimentos variados e, às vezes, contraditórios. Também se diz que o amor dos animais de estimação por seus donos é incondicional. Pois é disso e de muitos outros temas que falaremos no artigo de hoje. É a história de Charly Bear, um cão com tumor cerebral, que sobreviveu até poder ver Kelly O’Connell, sua dona, se casar.

O encontro entre a estudante de veterinária e o filhote abandonado

cao-com-tumor-cerebral-2

Fonte: Facebook da fotógrafa Jen Dziuvenis

O primeiro encontro entre Charly e Kelly tinha ocorrido 15 anos atrás. Nesse tempo, então, ela tinha 19 anos e estudava Veterinária em Nova Iorque. E também trabalhava em um abrigo para animais sem lar.

Até que lá, um dia, ela conheceu Charly Bear. Com apenas 12 semanas de vida, alguém o abandonou em um carrinho de supermercado, em pleno inverno.

Quando Kelly viu o cachorrinho, uma mistura de Labrador e alguma outra raça, ela soube que tinham sido feitos um para o outro. E o cão também. Então ela decidiu adotá-lo, ainda que não estivesse em seus planos ter um animal de estimação. A vida geralmente tem dessas coisas.

Conheça a emocionante história de Charly Bear, o cão com tumor cerebral que morreu pouco tempo depois de assistir ao casamento de sua querida dona, Kelly O’Connell.

Um diagnóstico de câncer durante a organização de um casamento

A história entre Charly e Kelly foi transcorrendo. Tempos mais tarde, eles se mudaram para o Colorado, um estado no oeste dos Estados Unidos. Lá ela conheceu James Garvin, um colega com quem, mais tarde, em 2010, começou uma relação.

Tudo era felicidade para Kelly e James enquanto planejavam o casamento. Mas de repente, na última primavera, Charly Bear sofreu uma convulsão durante um passeio.

Os exames que fizeram no peludo não trouxeram boas notícias. O cão tinha um tumor cerebral. E o prognóstico não era alentador.

O sacrifício de um animal de estimação, uma difícil decisão

Como as convulsões continuavam e Charly não podia lhe garantir uma melhor qualidade de vida, Kelly e James decidiram sacrificá-lo para evitar maiores sofrimentos.

Aproximava-se o dia do casamento e ter que praticar a eutanásia em um fiel companheiro de tantos anos era um balde de água fria na felicidade deles. Mas ver sofrer o seu amado animal de estimação também partia a alma.

Entretanto, a poucos dias da cerimônia, o bichinho começou a manifestar algumas melhorias e o casal, então, decidiu adiar o sacrifício.

Charly, o cão com tumor cerebral que não quis perder o casamento de sua amada dona

Foi assim que Charly Bear, o cão com tumor cerebral, pôde assistir ao casamento de sua adorada dona.

Kelly está convencida de que o cão fez todo o possível para sobreviver até a data marcada para o seu casamento e assim poder acompanhá-la nesse momento tão importante para ela.

É que poucos dias depois, o cão mostrou graves sinais de deteriorações em sua saúde. E então foi impossível continuar adiando seu sacrifício.

Uma história que se tornou pública e comoveu a muitos

cao-com-tumor-cerebral-3

Fonte: Facebook da fotógrafa Jen Dziuvenis

Mas se não tivesse sido pela câmera da fotógrafa contratada para a festa, esta história de Kelly e Charly teria permanecido anônima, como tantos outros relatos de amor incondicional entre pessoas e animais de estimação.

Jen Dziuvenis se comoveu profundamente ao ver a relação entre a mulher e seu cão, e ao saber dos detalhes da doença que afligia ao bichinho. Por isso ela pediu autorização para publicar algumas fotos em sua página da internet e nas redes sociais.

Foi assim que a notícia do cão com tumor cerebral, que utilizou suas últimas doses de energia para ir ao casamento de sua dona, chegou a diferentes meios de comunicação que divulgaram o fato. É quase impossível não se emocionar com a imagem de Charly, já sem forças, nos braços da noiva e da irmã da noiva, Katie Lloyd.

Fonte das imagens: Facebook da fotógrafa Jen Dziuvenis