Arranhador para gatos: ensine-os a usar

Os gatos são animais fantásticos, e cada vez mais há adoções de gatos de todas as idades. A internet está cheia de vídeos e fotos de gatos adoráveis, mas em questão de comportamento e educação, ainda sabemos muito pouco sobre eles. Por isso, quando há um problema de comportamento, não sabemos o que fazer nem como consertar. Por exemplo, se nosso animal não usa o arranhador para gatos. Aqui, vamos lhe ensinar os segredos para fazer com que seu gato use o arranhador e não arranhe os móveis.

A educação do gato

Diferente de muitos outros animais, os gatos não aprendem com castigos ou ameaças. Um gato não é capaz de relacionar uma repreensão ou um castigo, mesmo que seja um castigo verbal, como uma ameaça, com um comportamento que deve evitar. No entanto, os gatos respondem muito bem a reforços positivos. Eles relacionam muito facilmente seus comportamentos com situações agradáveis, elogios ou prêmios.

Gatinho usando um arranhador

O comportamento de arranhar, nos gatos, é instintivo e necessário para seu bem-estar. Arranhando, desgastam as unhas, relaxam, expressam emoções e deixam seu cheiro. É preciso que um gato use suas unhas e não podemos evitar que ele faça isso.

Por isso, se seu felino não usa o arranhador para gatos, não brigue nem o castigue. Pense que ele não entende por que você faz isso e vai continuar arranhando os móveis ou as cortinas. É muito mais fácil que você o premie quando ele usar o arranhador corretamente.

O gato vai começar a relacionar o arranhador com os elogios e vai usá-lo cada vez mais, até que crie o costume de buscá-lo para desgastar as unhas.

Escolher um arranhador para gatos

Se o seu gato não usa um arranhador, a primeira coisa a fazer é nos perguntar por que ele não usa. Temos que prestar atenção para saber se não o utiliza porque não gosta do arranhador escolhido para ele.

gatos que gostam de arranhar na posição vertical, outros na horizontal, outros inclinados… Alguns não têm preferência sobre a posição em que se coloca o arranhador.

Antes de deixá-los rasgar as cortinas, observe como e onde seu gato arranha e procure um arranhador que ele possa gostar. O objeto precisa ser estável, ou seja, não pode se mover enquanto o gato o arranha. Não pode ter risco de cair sobre o animal a qualquer momento. E deve estar em bom estado: um arranhador para gatos gasto, quebrado ou sem grandes superfícies para arranhar não é nada atrativo.

O que fazer se o gato não usa seu arranhador

Suponhamos que você já tem uma variedade de arranhadores em casa e seu gato continua preferindo o braço do sofá. Seu gato tem um ou mais arranhadores muito bons, mas parece que nem percebe que eles estão ali, ou não entenderam para que eles servem. Você pode guiá-lo até o arranhador seguindo esses passos:

Gatos dormindo em tocas

  • Ponha o arranhador para gatos perto do lugar preferido dele para dormir. Os gatos arranham para se esticar depois de dormir. Assim, você favorecerá que ele use o arranhador e não outra parte da casa.
  • Ponha o objeto em um lugar visível, acessível, mas não no meio de um quarto. O gato não vai atravessar a casa para ir arranhar, mas também não poderá se relaxar em um local muito concorrido. Uma das esquinas da sala ou ao lado do sofá são lugares adequados, por exemplo.
  • Premie o animal a cada vez que ele usar o arranhador para gatos. Valem elogios, mas ele entenderá melhor se você premiá-lo com algum biscoito. O prêmio deve ser entregue imediatamente depois de arranhar para que ele entenda bem o que você quer dizer.
  • Ignore quando ele arranhar em outro lugar. Chamar a atenção ou ir até ele quando estiver arranhando em outro lugar pode reforçar a conduta do animal, ainda que você não queira.
  • Deixe prêmios perto do arranhador. Se você deixar biscoitos ou prêmios ao redor do arranhador, você não estará só premiando cada vez que ele arranhe. Ele vai receber um prêmio sempre que chegar perto desse lugar. Ele vai passar mais vezes por esse lugar e, já que estará por ali, vai usar o arranhador. Vai começar a ser um lugar divertido em que ele passará bons momentos.

Pouco a pouco, o gato deixará de ir a outras partes da casa para desgastar as unhas e para se esticar depois de dormir. O mais importante é que você use reforços positivos: à base de castigos, os gatos não entendem o que queremos dizer. Passaremos a vida brigando e trocando as cortinas, enquanto o arranhador vai permanecer intacto.

Recomendados para você