Azeite, muito benéfico para animais de estimação

Fevereiro 19, 2017

É bem conhecido o uso do azeite de oliva na chamada dieta do Mediterrâneo, bem como suas múltiplas propriedades saudáveis. Porém, ele também pode oferecer muitos benefícios para os animais e, principalmente, para os cães.

Há muitos especialistas que recomendam adicionar esse tipo de óleo na refeição dos cães.

Benefícios do azeite de oliva para os cães

comida-de-cao

O azeite de oliva é rico em antioxidantes, por isso, é ideal para nutrir as células do corpo do cão. Também é rico em vitamina E e ômega 3, ideais para o cuidado de sua pele.

Entre as características desse óleo está o fato de ser monoinsaturado, o que reforça as defesas do animal e aumentam sua longevidade, bem como contribui para a perda de peso.

No entanto, é importante que tenhamos em mente que é não é bom abusar do azeite de oliva, porque ele pode ter um efeito laxante. Por causa desse efeito, ele também é ideal para casos de constipação em cães.

Colesterol saudável

Está provado que este óleo tem o poder de aumentar o bom colesterol e ajudar nas articulações e músculos. Graças a estas qualidades, ele é ideal para o cuidado dos cães idosos que sofrem os efeitos da idade.

Como dar o azeite para seu cão

O tamanho e o peso são as duas grandes condições para calcular a dose que podemos dar ao nosso amigo. Existem algumas orientações:

  • Para cães pequenos (10 kg), 1/2 colher de chá de azeite de oliva ao dia.
  • Para cães médios (de 11 a 30 kg), 1 colher de azeite de oliva ao dia.
  • Para cães grandes (com mais de 30 kg), 1 colher e meia de azeite de oliva ao dia.

Entre as maneiras de oferecermos a ele, podemos misturar a dose diária de azeite com sua alimentação, com suas dietas caseiras comuns ou com ração úmida.

Outra ideia é aplicá-lo em um quitute de farinha de arroz, por exemplo, ou qualquer alimento que contenha um bom cereal para o cão. Não exagere na dose, pois ir além das recomendações pode resultar em diarreia em nosso amigo.

Benefícios a longo prazo

Os benefícios de tomar o azeite são bem notados na pelagem do cão. Pouco a pouco, vamos ver como ela parece melhor, mais brilhante e saudável.

O azeite é um bom regenerador dérmico para áreas da pele mais secas do cão. Seu efeito antioxidante poderoso nutre as células. A desvantagem que podemos ter em aplicá-lo em qualquer área externa do cão, que necessita de tratamento, é que ele pode manchar com o azeite os móveis, o chão, etc.

Que tipo de óleo é o melhor?

Quando há doenças dermatológicas, o melhor é o óleo de Rosa Mosqueta, porque é melhor absorvido pela pele do cão do que o azeite, deixando menos resíduos externos.

O óleo de rosa mosqueta é melhor regenerativo e cicatrizante. É importante que não seja ingerido pelo animal. Ou seja, o cão não deve lamber o óleo de rosa mosqueta.

Embora o azeite de oliva seja um dos melhores óleos vegetais que podemos encontrar, o melhor sem dúvida é o azeite extra-virgem.

O azeite extra-virgem é obtido apenas com processos mecânicos, de uma forma que mantém todas as suas propriedades intactas.

Ajuda para fazer suas necessidades

É normal que os cães façam suas necessidades entre uma e duas vezes ao dia. Se percebermos que ele passa dois dias sem fazê-lo, o azeite é um bom remédio.

Dessa forma, o óleo “engraxa” o intestino do cão e, por sua untuosidade, tira desse cão as fezes que estão estagnadas, fazendo com que elas deslizem para fora do intestino de um modo suave. Sem remédios.

Rachaduras nas almofadinhas das patas por andar

patas-cao

As almofadas das patas dos cães são como os nossos sapatos. São resistentes, mas há momentos em que podem rachar ou se tornar muito ásperas.

Quando isso acontece, uma boa opção para recompô-las é passar os dedos com um pouco de azeite na área, uma vez por dia, por cerca de uma semana.

Recomendados para você