Cinco personalidades diferentes de cachorros

Cinco personalidades diferentes de cachorros

Última atualização: 24 Dezembro, 2017

Assim como acontece com as pessoas, os animais de estimação têm comportamentos que definem a sua personalidade. Conhecer as diferentes personalidades dos cães pode ser importante na hora de escolher a raça ideal.

O temperamento do animal pode falar muito sobre o seu comportamento. Ou seja, ele revela bastante sobre a sua forma de reagir diante de diferentes estímulos do entorno, além de dizer como aquele cão irá se adaptar ao seu novo lar.

Além disso, quando se sabe com certeza qual é a personalidade do cão, é possível descobrir se ele terá ou não empatia com o seu dono. Por isso, o ideal é conseguir uma relação de complemento e de acompanhamento, para que haja uma convivência tranquila e satisfatória.

Cinco personalidades de cães

Existem cinco tipos de temperamento muito comuns nos cães que, apesar de não serem excludentes, definem grande parte dos traços de comportamento do animal.

dono segurando o cão pela coleira

A primeira coisa que você deve saber é que a maioria das personalidades dos cães têm uma importante carga genética, mas a disciplina e o treinamento ajudam a corrigir e a controlar os impulsos.

1. Agressivo. O cão agressivo é por natureza valentão e impulsivo. Esse tipo de personalidade é comum em raças como rottweiler, doberman e o pastor alemão.

Além disso, existem fatores importantes sobre um cão agressivo. O primeiro é que, de fato, essa é a sua personalidade e que não se trata de uma conduta aprendida. 

Outro fator é o dono. Os cães agressivos costumam ser muito dominantes, por isso, eles precisam de um dono com personalidade, com a capacidade de mostrar quem manda. É preciso que você se imponha diante do seu cão e mostre quem está no comando.

A educação pode influenciar muito nesse tipo de personalidade, podendo reforçar a sua conduta agressiva ou então suavizá-la. Tudo isso dependerá em grande parte do seu entorno e do seu dono. Para conseguir drenar parte da sua agressividade, essas raças de cães precisam praticar muita atividade física. 

2. Tímido. Diferentemente de outras personalidades de cães, a timidez pode ser adquirida e, embora haja a influência de fatores genéticos também, alguns cães se tornam tímidos devido a algum trauma ou falta de socialização. 

Esse tipo de personalidade é comum em cães que foram maltratados, ou que tenham tido pouco contato com seres humanos. Também se dá em cães que conviveram com outras raças mais dominantes.

3. Passivo-agressivo. Podemos dizer que se trata de uma personalidade passiva-agressiva quando o cão reage impulsivamente diante de situações de temor. 

No geral, os cães tímidos se resguardam ou fogem quando sentem medo. Um animal passivo-agressivo está predisposto à ação, pois encontra na agressividade a maneira de pôr fim ao seu medo.

Esse tipo de personalidade pode ser consequência de um mau cruzamento de personalidades de cães. Isso quer dizer que a criação de um cão agressivo e um tímido é um erro comum cometido por criadores inexperientes.

Relação com o seu entorno

4. Sociáveis. Assim como ocorre com outras personalidades de cães, a sociabilidade é hereditária, e é importante dizer que boa parte dos animais são amistosos e carinhosos devido à raça da qual descendem.

Esses cães mostram a sua personalidade tanto com pessoas quanto com outros cães, ou até mesmo com outros animais. Esses tipos de cães são ideais para casas onde haja crianças e idosos.

5. Independentes. Os cães independentes possuem uma atitude desprendida do afeto e dos cuidados. Eles são animais desinteressados no que tange à convivência e, por isso, não precisam de tanto carinho por parte de seus donos. No geral, eles buscam atenção só quando querem ou quando precisam; no restante do tempo, levam uma vida solitária.

mulher passeando com cão por um bosque

Embora esse tipo de personalidade em cães não seja muito comum, existem donos que preferem cachorros assim. Elas são ideais para pessoas que passam o dia todo fora de casa ou viajam com frequência.

Como escolher a personalidade ideal?

Quando decidimos ter uma animal de estimação, é recomendável escolhê-lo de acordo com a nossa personalidadeIsso irá ajudar a estabelecer uma relação mais próxima e de mais empatia com o dono.

Se a pessoa tiver um ritmo de vida acelerado, o ideal é ter um cão pequeno. No geral, eles não requerem passeios longos, nem muitos cuidados.

Se, por outro lado, for uma pessoa inativa, um cão tranquilo é o mais recomendável, com uma personalidade independente. Quando eles estão bem treinados, não precisam de longos passeios, pois conhecem as regras da casa.

Para os amantes de esporte, os cães de grande porte ativos são a melhor opção. Os ideais são um Golden Retriever ou um labrador, além disso, um pastor alemão também é uma ótima alternativa.

Outra forma de escolher a melhor raça é levando em conta as funções que o animal desempenha. Se a pessoa quiser um cão guardião, a sua personalidade deve ser agressiva, mas se a pessoa quiser um cão pra família, o animal deve ser sociável por natureza.

Fonte da imagem principal: Ted Murphy

Pode interessar a você...
Você sabia que a cor da coleira pode alertar sobre a personalidade do seu cachorro?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Você sabia que a cor da coleira pode alertar sobre a personalidade do seu cachorro?

Além da moda ou da escolha da coleira pelos donos, foram lançados alguns acessórios que usam as cores para alertar sobre a personalidade do pet.