Como dar banho no gato corretamente

Se um gato é caseiro, não precisa de banho com frequência. Isso porque os gatos dedicam horas de seu dia para se limpar, se lambendo. Desde sempre, escutamos sobre a aversão que os gatos têm à água e ao banho. É preciso saber se isso é verdade ou se trata de um mito. É necessário dar banho no gato?

A língua dos gatos é o órgão que lhes permite tomar banhos “a seco”. Ela é rugosa por ser coberta por papilas rígidas que têm queratina em sua composição.

Esse ritual de higiene diária limpa a pele e o pelo dos felinos. Por isso, só os gatos que saem na rua ou que passam parte de seu tempo ao ar livre precisam tomar banhos de água e sabão.

O banho, além disso, pode gerar um grande estresse para a maioria dos gatos. Por isso, recomenda-se seguir certas regras para que a experiência seja o menos traumática possível. O pequeno felino acabará aceitando o banho como algo normal, mas é preciso ajudá-lo a se adaptar.

O banho dos filhotes

Se o gato ainda não completou oito semanas de vida, não está pronto para tomar um banho completo. Uma boa alternativa é limpá-lo com um pano úmido. Passado esse período, se o gato for educado para tomar banhos desde pequeno, vai se acostumar e tornará a tarefa muito mais fácil no futuro.

Banho seguro no gato

Antes do primeiro banho, ele pode ir se acostumando à água. Um recipiente para que ele brinque e experimente fará com que a água não seja um elemento estranho para o animal.

O que fazer para que a experiência de dar banho no gato seja boa

Comprar produtos especializados

Em primeiro lugar, deve-se dar banho no gato com um xampu especial para ele. Não se recomendam produtos para humanos nem xampu para cachorros, porque eles podem gerar irritações e até uma intoxicação. É preciso lembrar que sempre deve-se ler as instruções que vêm com o produto.

Cortar as unhas do animal

É uma maneira de se proteger dos arranhões se o gato não está muito convencido na hora de tomar banho. Trata-se de uma defesa natural, e por isso é preciso se prevenir para não sofrer ferimentos.

O momento ideal para cortar as unhas é o dia anterior ao banho. Não é bom somar ao estresse do banho o do corte das unhas. Uma opção para convencê-lo é dar a ele uma guloseima apropriada para sua dieta e, assim, ele deixará que suas unhas sejam cortadas.

Pentear

É um passo muito importante que não deve ser omitido. A razão para pentear o pelo do gato é desfazer os nós. Se há nós e se molha o pelo, a situação vai piorar e podem até causar dor ao animal.

Se o gato gosta de ser penteado, pode ser uma maneira de acalmá-lo, mas se ele não gosta, é melhor deixar um espaço de pelo menos uma hora entre este ato e o banho. Assim, ele terá tempo para se acalmar e, se não der certo, você pode tentar relaxá-lo com música.

Colocar um tapete antiderrapante

Se o gato tenta sair da banheira, o que é bastante provável, pode escorregar. Isso pode perturbá-lo, e por isso um tapete antiderrapante pode ajudar muito.

Gato depois de tomar banho

O banho

Uma vez realizados os primeiros passos para dar banho no gato, é possível continuar. É preciso apenas seguir os seguintes passos:

  • Colocar o gato na banheira ou recipiente escolhido: Se o gato tem aversão à água, o melhor é colocá-lo na banheira seca.
  • Depois, com a ajuda de um recipiente, pouco a pouco vá jogando água morna sobre seu corpo. Não use diretamente o chuveiro, pois isso pode assustá-lo.
  • Os brinquedos podem ajudar a fazer o gato se entreter e se manter calmo.
  • Não se deve exagerar na quantidade de sabonete: se o gato não gosta de água, não é conveniente precisar de muita para enxaguá-lo.
  • O xampu deve ser aplicado suavemente.
  • Não é necessário jogar sabonete no rosto: Pelo contrário, essa substância pode entrar nos olhos e irritá-lo.
  • Deve-se evitar colocar o rosto do gato diretamente debaixo d’água. Isso porque os gatos, nessas circunstâncias, geralmente entram em pânico.
  • Por último, seca-se o gato com uma toalha suavemente. Depois, penteia-se o pelo, se for um gato de pelo comprido.
  • Depois deste grande esforço, o gato merece uma recompensa, como mimos, guloseimas ou um brinquedo.
Recomendados para você