Como saber se o seu cão tem sarna

agosto 10, 2018
Coceira, fedor, perda de pelos, manchas vermelhas ou falta de apetite são os sintomas desta doença.

A sarna pode ser muito irritante para o nosso cão e, com a coceira obsessiva que causa, ele pode até mesmo causar danos em sua pele; a ponto de fazer feridas. Se você quiser para saber se o seu cão tem sarna e o que deve fazer para ajudá-lo, não deixe de ler esta informação valiosa.

O que é sarna?

É uma doença que afeta a pele dos cães. Ela é causada por pequenos ácaros que se alojam na pele e nos pelos de nossos animais. Uma vez lá, eles começam a se desenvolver, o que inclui sua reprodução.

Eles põem ovos de onde nascerão mais ácaros; que por sua vez continuam colocando mais ovos, a menos que o tratamento adequado seja dado. Estes ácaros agem como parasitas. Eles se alimentam, neste caso, da pele e dos pelos do cão; o que fará com que sua aparência piore rapidamente.

Esses ácaros sempre coexistem com animais de estimação; mas quando o sistema imunológico do cão é forte, é capaz de mantê-los à distância. O problema surge quando o cão está com suas defesas baixas e seu sistema imunológico não tem força suficiente para combatê-los.

cão com sarna

Existem diferentes tipos de ácaros, e cada um deles causa diferentes sintomas e diferentes tipos de sarna. Estes são os mais comuns:

Demodicose

Os parasitas têm forma alongada, como um verme microscópico; e são introduzidos pelo folículo piloso. Quando se reproduzem, inundam os folículos, eles inflamam e os pelos caem.

Sarna comum

A sarna comum é uma doença causada por um parasita redondo que entra na pele e começa a cavar pequenos túneis para depositar suas fezes e ovos.

Sarna vermelha

Existe outro tipo de parasita que causa a sarna vermelha; que provoca severa vermelhidão na pele.


cão sarnento

Como saber se seu cão tem sarna?

Como sempre dizemos, observar nosso animal de estimação é um passo importante quando se trata de querer saber se algo funciona ou não. No caso da sarna, haverá certos comportamentos que lhe permitirão ver se o seu cão tem sarna.

  • Coceira. A sarna produz uma coceira intensa que fará seu cão coçar compulsivamente várias partes do corpo. Geralmente, a sarna ocorre nas áreas mais gordas do corpo; assim você pode perceber que seu cão não para de coçar a coxa, a barriga ou atrás das orelhas. A coceira será quase insuportável, o que fará com que o animal pare para se coçar, mesmo quando estiver andando.
  • Perda de pelos. O animal pode ter perda de pelos excessiva; que até cria zonas calvas em algumas áreas. No início, uma área específica pode ser acometida; mas com o tempo esse problema se espalha pelo corpo.
  • Manchas vermelhas. Esse pode ser um sintoma de sarna vermelha.
  • Perda de apetite. O animal se mostra mais nervoso do que o normal, parece irritado e apático e, além disso, perde o apetite. Esse é um sinal inequívoco de que seu cão tem sarna.
  • Muda o cheiro. Se a sarna estiver em um estado muito avançado; o odor do animal pode mudar para um odor rançoso ou desagradável.

Tratamento para cães com sarna

Embora a sarna possa causar grandes e sérios problemas ao nosso animal; se diagnosticada a tempo, pode ser curada sem sequelas. O tratamento que o veterinário irá prescrever tem a ver com lactonas macrocíclicas, como a invermectinamoxidectina ou milbemicina. Estes podem ser aplicados via oral ou atopicamente.

Além disso, antibióticos serão utilizados, bem como géis ou xampus que ajudam a eliminar os restos da pele prejudicada do animal. Para a coceira, o veterinário prescreverá o oclacitinib; pois os corticosteroides podem enfraquecer o sistema imunológico e piorar a situação.

Fique tranquilo; pois embora os efeitos da sarna possam parecer devastadores à primeira vista, eles podem ser remediados e seu cão pode ter o pelos e a pele em perfeitas condições novamente.

Recomendados para você