Como se formam os nós nos pelos dos cães?

04 Dezembro, 2020
É preciso evitar as tesouras comuns para cortar os nós nos pelos dos cães, pois elas podem machucar o animal.

Embora a sua formação possa parecer espontânea, na verdade, os nós nos pelos dos cães surgem como resultado de uma higiene inadequada. Assim, proporcionar o cuidado específico de acordo com a raça é fundamental para o bem-estar desses animais.

A tendência do pelo canino para se embaraçar é uma realidade, principalmente no caso dos pelos longos, cacheados e finos. No entanto, a formação de nós nos pelos dos cães é uma combinação da falta de escovação com a poeira. O problema desses característicos nós nos pelos do animal vai além do fator estético, pois eles podem causar infecções cutâneas a longo prazo.

Causas para a formação de nós nos pelos dos cães

Um nó é definido como um conjunto de pelos emaranhados e enrolados em torno de si mesmo. Embora possam aparecer em qualquer parte do corpo, o mais comum é encontrá-los em áreas que sofram algum atrito. Entre as áreas mais propensas estão o pescoço, devido à presença da coleira, atrás das orelhas, sob o queixo, nas axilas ou na parte inferior das patas traseiras.

Além disso, foi observado que cães que gostam de nadar, ou que tomam banho sem serem escovados posteriormente, geralmente apresentam mais nós. Isso ocorre porque a umidade faz com que os pelos se enrolem, o que, juntamente com o atrito corporal e a poeira, terminará em uma série de nós.

os nós nos pelos dos cães

Embora qualquer cachorro possa ter nós nos pelos, eles são mais comuns no poodle, no bichon frisé, no collie barbudo ou no colli de pelo longo. Ao mesmo tempo, é válido destacar que existem algumas raças específicas cujo pelo tem uma aparência característica, naturalmente enrolada. Algumas delas são: puli, komondor e pasto-bergamasco.

Como prevenir os nós

A principal medida para evitar a formação de nós nos pelos dos cães é garantir a escovação adequada. Para isso, é preciso não só estabelecer uma frequência adequada, que vai depender do tipo de pelo e se está na época da sua troca, como também se certificar de escovar além da parte superior do pelo.

Para evitar erros na escovação, o melhor a fazer é perguntar ao veterinário que tipo de pente é mais conveniente, uma vez que existem desde pentes de dentes largos para cães de pelo duplo até modelos com cerdas do tipo alfinete.

O uso da ferramenta certa pode ser combinado com cremes ou condicionadores que facilitem a remoção dos nós quando o pelo está úmido. Tudo isso deve ser acompanhado por uma higiene adequada e regular, para a qual é preciso que os pelos sejam aparados, com a frequência necessária, por um esteticista canino.

os nós nos pelos dos cães

Apesar dos cuidados indicados, se os nós aparecerem, existe uma maneira adequada de retirá-los sem ter que recorrer a uma tesoura normal, que poderia machucar o animal. Além disso, deve-se evitar que o nó seja escovado para que ele não aumente de tamanho e não cause puxões dolorosos.

Os especialistas concordam que o instrumento adequado para eliminá-los são os cortadores de unha, no caso dos nós pequenos, além de máquinas de barbear ou tesouras especializadas. No entanto, antes de usá-los, é preciso que o nó esteja completamente isolado do restante da pelagem do cachorro. Também é aconselhável ter um antisséptico à mão para o caso de um pequeno corte inesperado.

Em resumo

Para evitar que os nós nos pelos dos cães se tornem um problema de pele maior, eles devem ser eliminados o mais rápido possível. Um acúmulo de nós apertados pode impedir o fluxo de ar, prendendo piolhos ou outros parasitas em seu interior, além de causar dor e irritação.

  • Madson, C. (2019). PreventiveVet. Why Your Dog’s Coat Gets Matted and What You Can Do About It. Recuperado de https://www.preventivevet.com/dogs/why-your-dogs-coat-gets-matted-what-to-do-about-mats
  • Schofield, L. (2017). PetsOnMom.com. How to remove dreads from a dog? Recuperado de https://animals.mom.me/how-to-remove-dreads-from-a-dog-12569744.html