Comportamento dos hamsters: informações úteis

· abril 2, 2018

Cães e gatos são os animais mais escolhidos como animais de estimação. Se decidimos ter outro animal, provavelmente queremos inconscientemente que ele se comporte do mesmo modo que um cachorro ou um gato. No entanto, cada animal de estimação tem seu comportamento. Vamos falar sobre o comportamento dos hamsters para que você conheça um pouco mais sobre essa espécie.

Para entendê-los, vamos analisar várias de suas atitudes, para facilitar nossa compreensão.

Conheça o comportamento dos hamsters

Os hamsters são animais noturnos, o que já os torna muito diferentes de cães ou gatos. Portanto, seu comportamento também é diferente. Vamos ver quais são os movimentos que esse animais fazem e o que significam.

Lambidas

Pode não parecer tão comum, mas sim, os hamsters se lambem. Quando fazem isso, começam com as patas e depois passam para o resto do corpo. Estar limpo e asseado é muito importante para eles. Um hamster que se preocupa em estar limpo, é um hamster seguro e feliz.

Hamster branco

Alongamento

Esticar e bocejar é uma das características mais comuns do comportamento dos hamsters. Quando ele se alonga e boceja, isso significa que está feliz e que se sente muito confortável tanto no lugar onde está quanto com as pessoas ao seu redor.

Sentar

Quando um hamster se senta em suas patas traseiras, meio em pé e com as orelhas apontadas, está ouvindo atentamente o que você está dizendo ou os sons à sua volta.

Marcação

Os hamsters também são animais territoriais. Eles gostam de marcar seu espaço. Possuem uma glândula perfumada que está no centro do corpo, mais precisamente embaixo, na barriga.

É por isso que os hamsters esfregam essa parte do corpo nas coisas em que querem deixar seu cheiro. Dessa forma, o seu território fica marcado.

Sons

Existem sons diferentes que um hamster faz, como silvos. Isso significa que ele está com medo porque está nervoso. Isso ocorre, especialmente, quando chega em um novo lugar, mas irá parar assim que se acostumar com o espaço.

Quando esfrega seus dentes, isso significa que está cansado e prefere ficar sozinho. Recomendamos que você não o pegue nas mãos quando ele fizer isso, porque pode mordê-lo.

Quando um hamster silva, adota uma postura semelhante à de um gato. Ele se curvará, abrirá sua boca e levantará as patas da frente. Isso significará que o hamster está muito assustado ou se sente ameaçado.

Morder as barras

Quando um hamster morde as barras de sua gaiola, é para chamar sua atenção. Normalmente, ele vai fazê-lo à noite, quando se sente mais sozinho. Para evitar que faça isso, coloque papel higiênico entre as barras ou dê algo para ele mastigar.

Se ele morder as patas

Faz parte do comportamento dos hamsters morderem as mãos do dono. Eles geralmente fazem isso porque há restos de comida nelas. Portanto, antes de pegá-lo ou acariciá-lo, lave bem as mãos, especialmente se você manipulou alimentos.

Compreenda que qualquer animal precisa de tempo para ser domesticado. Tenha paciência.

Outras dicas para mudar o comportamento dos hamsters

Os hamsters tendem a fugir. Se fizerem isso, você pode colocar comida em diferentes partes do chão. Claro, lembre-se de ter cuidado ao caminhar, para não pisar acidentalmente em seu pet.

Hamster

Algo que muitos se perguntam é sobre a possibilidade de modificar o comportamento dos hamsters em relação ao banheiro. A resposta é sim. Um roedor pode ser ensinado a ir ao banheiro. Um jeito é colocar um banheiro para hamsters na gaiola. Você pode encontrá-lo em uma loja de animais.

Nele, você terá que colocar sujeira e roupa de cama embebida em urina. Coloque seu hamster no topo, e a natureza fará o resto.

Como você vê, todos os animais são diferentes e o comportamento dos roedores é diferente do de outros animais de estimação. Um animal, por maior ou menor esforço que seus cuidados exijam, é uma responsabilidade. Nunca se esqueça disso.