Dar comida aos animais no zoológico é perigoso?

março 23, 2019
Tal como acontece com os cães e chocolate, dar comida aos animais no zoológico pode ser prejudicial para os bichos. Afinal, o organismo do animal não está adaptado a grande parte da comida dos seres humanos.

Quando visitamos um zoológico, uma reserva ou um parque natural, percebemos as famosas placas que dizem “proibido alimentar os animais”. Mas, certamente, muitos de nós ainda se perguntam se é tão perigoso assim dar comida aos animais no zoológico.

Não é difícil entender por que, em princípio, o ato de alimentar os animais parece inofensivo. Os animais geram empatia e nos sentimos mal por lhes negar um pedaço de sanduíche ou um biscoito.

No entanto, devemos entender que esse ato representa um risco para a saúde deles.

Por que é tão perigoso dar comida aos animais no zoológico?

A principal razão pela qual nossa comida parece tão atraente para os animais é que ela não faz parte da dieta natural.

Em outras palavras, o corpo deles não está biologicamente preparado para digerir e assimilar todos os alimentos que consumimos.

Logicamente, nem todos os alimentos humanos são ruins para os animais. Por exemplo, existem muitas espécies que geralmente consomem frutas, legumes ou cereais para complementarem sua dieta, assim como fazemos.

Animais da áfrica

Na verdade, alimentos industrializados, condimentos, embutidos, frituras e bebidas açucaradas não são recomendados e podem ser tóxicos para muitos animais. O mesmo se aplica ao álcool e a muitos outros produtos que usamos no nosso dia a dia.

Cães e chocolate: um exemplo esclarecedor

Para entender os riscos da alimentação humana para os animais, pense nos cães que muitos de nós escolhemos adotar.

Embora possamos oferecer certos alimentos humanos aos nossos amigos, muitos alimentos que consumimos diariamente podem gerar problemas para a saúde dos cães.

Seguindo os exemplos, vamos dar uma olhada no chocolate, um dos doces mais amados e consumidos pelos humanos.

Cães, gatos e muitos outros animais são incapazes de digerir esse alimento. Entre outras coisas, porque o corpo dos cães não produz as enzimas necessárias para assimilar todos os componentes do chocolate.

Consequentemente, o consumo de chocolate – mesmo em pequenas doses – pode causar efeitos adversos ​​em animais.

As consequências mais frequentes são distúrbios digestivos, vômitos e diarreia, que geralmente aparecem algumas horas após a ingestão.

Cachorro com cupcake de chocolate

Taquicardia e alterações comportamentais, como a hiperatividade, também podem se desenvolver devido à cafeína presente no chocolate.

Já o consumo de doses mais altas pode chegar a intoxicar o animal. Entre as principais consequências, estão: problemas respiratórios e o risco de insuficiência cardíaca.

Riscos de dar comida aos animais no zoológico

Como mostra o exemplo anterior, há muitos riscos “ocultos” no hábito aparentemente inofensivo de dar comida humana aos animais. Inclusive, quando falamos de animais de estimação, que estão adaptados à convivência com os seres humanos.

Agora, vamos pensar em animais selvagens que nunca passaram pelo processo de domesticação. Nesse caso, a comida humana para eles é completamente estranha, mas potencialmente atraente.

Como muitas vezes usamos condimentos e muitos ingredientes, nossa comida é uma mistura completamente nova de aromas para os animais.

Portanto, é muito comum que eles mostrem curiosidade e se sintam atraídos para experimentar os lanches que oferecemos.

Mãe e filho alimentando girafa no zoológico
Alguns riscos que devem ser levados em conta

No entanto, o hábito de alimentá-los tem os seguintes riscos:

Muitos animais podem reagir negativamente à presença humana ao se sentirem ameaçados. Então, aproximar-se para oferecer-lhes comida é um perigo potencial para ambos.

Habituar os animais a se alimentarem de maneira tão especial pode promover uma dependência em relação ao homem. Como resultado, a capacidade de sobreviver por conta própria em um ambiente selvagem é reduzida.

A alimentação de aves migratórias pode interferir em seus ciclos de vida, o que prejudicaria sua reprodução e a conservação das espécies.

O consumo de alimentos inadequados pode favorecer o desenvolvimento de doenças, como obesidade, diabetes ou hipertensão, entre outras.

A incorporação de novos alimentos na dieta animal pode gerar uma rejeição da dieta diária. Por fim, isso prejudicará a nutrição do animal e, consequentemente, seu estado de saúde.

Muitos alimentos humanos podem gerar alergias, problemas digestivos e até envenenamento em animais.

Alimentar bode em zoológico

Também é perigoso alimentar os animais nos parques?

Vimos que as espécies selvagens não são biologicamente preparadas para consumirem comida humana ou tornarem-se dependentes dos homens. Portanto, nunca devemos dar comida aos animais no zoológico.

A questão é: também é perigoso alimentar os animais que estão nos parques urbanos? Isto é, pombos, patos, cisnes ou até cães e gatos. E a resposta é sim.

Embora esses animais estejam habituados à presença humana, o organismo deles não mudou biologicamente por esse motivo.

Ou seja, eles devem seguir uma dieta adequada às necessidades nutricionais de suas espécies para preservarem a boa saúde.