Dicas para acalmar um cão assustado por ruídos

Fevereiro 19, 2017

Há barulhos diferentes que causam ansiedade em nosso cão e até mesmo geram taquicardia. Uma ambulância, chuva, um estrondo, fogos de artifício… Alguns permanecem impassíveis a estes sons. No entanto, outros acham que irão morrer em consequência deles. O que se pode fazer com um cão assustado por ruídos?

Há alguns truques para tentar ajudar um cão assustado. Sabemos que você, como seu pai ou mãe humano, com certeza deve se sentir mal ao vê-lo sofrer assim.

Seu cão está assustado com o barulho? Confira esses truques!

Na Internet, circula um vídeo que mostra um cão relaxado depois de ser envolto em algumas faixas de algodão, de uma forma determinada, por todo o corpo. Parece que esse truque funciona, mas não com aqueles cães mais sensíveis ao ruído.

Dizemos isso porque, dentro os medos que os cães podem ter devido ao barulho, há alguns mais ou menos intensos. E isso sem esquecer as fobias que devem ser tratadas por veterinários e psicólogos.

Lembre-se de que seu sentido da audição permite-lhes até mesmo antecipar o ruído. Por isso, é normal que ele tenha medo e então tente fugir ou se esconder.

Passos a seguir com um cão assustado

Estes são os passos a seguir:

  1. A primeira coisa que você deve fazer é ter a certeza de que o medo do seu cão não é uma fobia. Estas devem ser tratadas de maneira diferente. A fobia é algo sério, no qual terão que intervir médicos e profissionais específicos da área.
  2. Crie uma área segura. Quando seu cão ouve ruídos que despertam medo, o normal vai ser que ele queira fugir ou se esconder. Lembre-se de que os animais não pensam, mas agem por instinto. Lembre-se de que, se houver móveis ou outras coisas que impeçam o caminho do seu cão durante a fuga ou tentativa de se esconder, que isso poderá causar ferimentos nele. Se você acha que, por exemplo, vai ter fogos de artifício, abra caminho para que seu cão se esconda debaixo da cama ou em qualquer lugar que ele costuma fazê-lo.
  3. Se você acha que seu cão correrá para a sua caixa de transporte, é melhor remover a porta e deixar a caixa em um local em que ele pode vê-la. Claro, sem qualquer objeto que obstrua a passagem.
  4. Escolha algum lugar em uma área de segurança. Se você já prestou atenção em seu cão, sabe onde geralmente ele se esconde quando sente medo de ruídos. Portanto, prepare a área. Cubra as janelas com cobertores para tentar reduzir os sons. Pense com antecedência e seja precavido, assim é bem provável que seu peludo passe menos mal.
  5. Tenha calma. Brigar com seu cachorro quando ele entrar em pânico só vai gerar mais tensão sobre ele. Nem lhe mime nesses momentos, porque isso só encorajaria a ideia de que o que ele está fazendo é normal, quando na verdade não é.
  6. Companhia. Se a zona de segurança que você criou não for no mesmo lugar onde você está, você poderia ir até lá e fazê-lo se sentir acompanhado. Mas lembre-se: não para reforçar a ideia de que ter medo é correto.
  7. Não force-o a sair. Mesmo se os sons se acalmarem um pouco, dê tempo para o seu cachorro sair, ele sabe quando deverá fazê-lo. Você não deve forçá-lo, porque isso só vai piorar as coisas.

O que fazer com um cão assustado: conclusão

Se seguir essas dicas, você ajudará o seu cachorro a atravessar da melhor maneira possível os fogos de artifício das festas, por exemplo. Você não pode se antecipar a outros ruídos, como outros fogos de artifício, ambulâncias ou algum estrondo, mas prepará-lo durante os eventos programados fará com que ele se sinta mais seguro e confiante sempre.

E, acima de tudo, não se preocupe. Medo de barulho é algo inato em cães e ainda não sabemos bem o porquê. Talvez, incomode-os por ouvirem com muito mais precisão do que nós. O medo deve ser causado por algo que, talvez, um dia nós iremos descobrir.

Recomendados para você