Dormir com o animal de estimação: prós e contras

novembro 22, 2017

Dormir com o animal de estimação: sim ou não? Este sempre foi um debate entre quem ama os animais, e inclusive entre quem nem é muito fã. Esse se tornou um assunto tão importante que surgiram até pesquisas para se formar uma estatística.

Diz-se que 14% dos cachorros espanhóis dormem com seus donos, assim como 33% dos gatos. Nos Estados Unidos, os números são ainda maiores, já que 56% dormem no quarto e 50% em cima da cama de seus donos.

Ainda que esta seja uma decisão pessoal que só você pode e deve tomar, queremos lhe mostrar os prós e contras de dormir com o animal de estimação.

Dormir com o animal de estimação: sim ou não? Prós

Fortalece o vínculo com o animal

Dormir com o animal de estimação vai estreitar nossa relação com ele, especialmente se passamos muito tempo fora de casa. O animal pode sentir muito nossa falta e ver as noites como uma maneira de passar tempo juntos. Será algo especial que ambos vão aproveitar.

Ajuda a melhorar o sono

Há quem durma abraçado a uma almofada para dormir melhor, mas o que é melhor do que abraçar seu animal de estimação? Dormir abraçado a alguém é a melhor maneira de melhorar o sono e descansar mais relaxado.

Homem dormindo com seu cão

Melhora a pressão arterial

Dizem que o amor cura tudo, e isso faz muito sentido. Trocar carinhos nos faz ter sensações agradáveis que nos ajudam a nos sentir bem. Por sua vez, isso reduz a pressão arterial e ajuda no bom funcionamento do sangue, assim como evita doenças cardíacas.

Dá segurança

Saber que há alguém perto sempre lhe faz se sentir mais seguro. Dormir com o animal de estimação nos faz ter essa sensação. Inclusive, já foi demonstrado que crianças conseguiram lutar contra seus pesadelos ao dormir com o animal de estimação. E isso com o animal dormindo apenas dentro do quarto, mesmo sem ser em cima da cama.

Dormir com o animal de estimação: sim ou não? Contras

Doenças

Vale a pena dizer que dormir com o animal de estimação não é uma boa se ele está doente, se tem incontinência urinária ou se não está bem educado e faz suas necessidades no quarto. Se você decidir convidar seu animal para o quarto, certifique-se de que ele faz o que tem que fazer antes de dormir.

Contágios

Dormir com o animal de estimação nos expõe a contrair doenças parasitárias. Você deve ter em conta a desparasitação do animal assim como recomenda o veterinário, e não deve deixá-lo dormir com você até que esteja totalmente conforme as regras.

Trará transtornos ao sono

Não é igual dormir sozinho ou acompanhado. Seu animal de estimação pode latir, rosnar ou até roncar. Isso pode lhe acordar e fazer com que seu sono seja menos profundo e relaxante. Sem contar que, quando você se move, seu subconsciente lhe lembrará que o animal está ali e que você pode machucá-lo. Ele também pode se mexer e lhe acordar ou até querer lhe derrubar da cama.

Arranhões

Sem querer, ao dormir com o animal de estimação, ele pode arranhar, especialmente se estiver tendo pesadelos. Se você decidir que seu amigo vai dormir com você, corte as unhas dele antes.

Dormir com o animal de estimação: sim? Alguns conselhos

Siga esses conselhos se você decidir dormir com o animal de estimação.

Gato em cima da cama

  1. Você faz as regras: Separe seu espaço para dormir confortavelmente e não deixe que seu animal de estimação o invada;
  2. Não aceite agressões territoriais: Se quando você se mover ele rosnar ou morder, tire-o da cama. Ele deve saber que é você quem manda;
  3. Deixe-o em cima do cobertor.

Esses conselhos serão muito úteis se você decidir dormir com o animal de estimação. Para saber se deve fazer isso, analise os prós e contras que citamos e tome sua própria decisão, mas leve em conta que, uma vez tomada, não poderá voltar atrás.