Existem cães que não exijam muitos cuidados?

· julho 3, 2017

Uma das perguntas mais comuns entre aquelas pessoas que querem adotar um animal de estimação é se a raça que ele irá adotar não vai exigir muitos cuidados. Ficar muitas horas fora de casa e não conseguir atender às necessidades do nosso amigo de quatro patas pesa bastante na hora de levarmos um para casa. Por isso, neste artigo iremos dizer quais são os cães que não exigem muitos cuidados.

As melhores raças de cães que não exigem muitos cuidados

Se você passa muitas horas fora de casa, se não é daqueles que vai ao parque diariamente ou se tem crianças, você pode escolher cães que não exijam muitos cuidados. Os seguintes cães são ideais, desde que seja atendida a sua cota diária de alimentos, passeios e carinho, já que dispõem de uma boa saúde e não quebram tudo que veem pela frente quando você sai de casa para ir ao trabalho:

  1. Cão da Montanha dos Pirineus

É um cão que não tem problema em passar algum tempo no jardim, já que foi criado para cuidar de ovelhas e não para interagir com as pessoas além do necessário. Esses grandes bichinhos brancos têm um pelo grosso que os protege do frio. A única coisa que você deve levar em consideração é que babam muito. Ele é ideal para aqueles que procuram por um cão independente. Como é obediente e guardião, eles não costumam levar muito tempo para serem cuidados.

  1. Galguinho italiano

É o menor galgo do mundo e, por conta de seu porte, pode viver sem problemas em um apartamento na cidade. Ele é afetuoso, dócil e alegre, além de ser uma excelente companhia para os fins de semana ou para as férias. Quando são filhotes, têm bastante energia e talvez causem um pouco de desordem na casa, mas à medida que crescem vão se tornando mais responsáveis e mais fáceis de cuidar.

  1. Fila brasileiro

É outra raça de cão que foi desenvolvida para o trabalho. Trata-se de um excelente guardião que não exige muito cuidado. Consegue aguentar viver ao ar livre, mas somente no verão, já que sua pelagem é curta (adequada para zonas tropicais). Ele tem um olhar “feroz” e pode ser agressivo se pressentir o perigo. O melhor de tudo é que se trata de um animal que não precisa de cuidados em demasia.

  1. Boston terrier

Uma das principais características é que pode ser facilmente adestrado. Além disso, é muito alegre e um grande companhia (ideal para as pessoas que moram sozinhas, por exemplo). Quanto ao seu porte, é perfeito para os que moram em espaços pequenos, como um apartamento. Não têm pelo longo, assim, você não terá que se preocupar em escová-lo diariamente.

  1. Bluetick Coonhound

Esse cão de caça criado para capturar índios mapuches se adapta muito bem à vida fora de casa e, por isso, usufrui de uma excelente saúde. Devido à sua grossa pelagem e ao seu grande porte, é um animal que não consegue viver em um lugar pequeno. Esse grande atleta somente requer limpeza frequente dos ouvidos para evitar infecções.

  1. Amstaff

Sua natureza sociável não é um impedimento para que esse cão exija poucos cuidados. Ele adora ter a companhia de seus donos, mas não tem problemas em ficar sozinho por várias horas. Não late, a menos que haja um perigo iminente, e quando há alguém em casa, prefere as brincadeiras e receber carinho.

  1. Boiadeiro Australiano

Surgiu do cruzamento entre um cão doméstico e um selvagem (o Dingo australiano) e, por isso, tem cara de “este é o meu território”, isso quer dizer que pode se cuidar muito bem sozinho. Ele pode trabalhar no campo e pastorear, ou então, ficar no pátio fazendo guarda da casa. O cão boiadeiro é de tamanho mediano e desfruta de uma boa saúde até a velhice.

  1. Gorgi Galês

É uma raça pequena e que exige muito pouco cuidado. Mesmo que atualmente ele seja escolhido como animal de estimação, no passado era apreciado por causa da sua natureza rústica, ideal para pastorear o gado. Ele tem médio porte, pelo curto e pode viver até 15 anos de forma totalmente saudável.